conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende padrasto por homicídio e ocultação de cadáver de adolescente desaparecido em Paranatinga

Publicado

Policial


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Paranatinga solucionou o crime de homicídio e ocultação de cadáver que vitimou o adolescente Kauã Vinícius de Jesus Dourado, de 17 anos, que estava desaparecido desde o dia 1º de abril no município.

 As investigações levaram a prisão o padrasto da vítima que diante das evidências, confessou o crime. O corpo do adolescente foi localizado na quinta-feira (07.04) enterrado em uma região de mata na saída da cidade de Paranatinga.

Após o registro do boletim de ocorrência de desaparecimento de Kauã, imediatamente a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações para localização da vítima. Segundo as informações iniciais, o adolescente havia sido deixado pelo padrasto na praça central da cidade, na tarde de 1º de abril, onde iria comprar uma motocicleta.

Os primeiros trabalhos investigativos apuraram o envolvimento do adolescente com alguma facção criminosa que pudesse ter praticado o crime, porém a teoria não foi confirmada.

Após várias diligências investigativas, oitivas de familiares, os policiais de Paranatinga  identificaram como principal suspeito o padrasto da vítima  e após técnicas de interrogatório conseguiram com ele entregasse o local em que ele enterrou o corpo da vítima, que foi localizado na quinta-feira (07.04).

Veja Também  Polícia Civil prende em MS homem que matou ex-companheira a facadas em Rondonópolis

O adolescente foi enterrado em área de zona rural, cerca de 20 km de distância da cidade, saída da bica d’água, sentido Nova Mutum. Para praticar o crime, o padrasto conduziu a vítima até o local, efetuou disparos de arma de fogo e em seguida enterrou o corpo em local de mata.

Estelionato

A equipe de investigação aponta que este foi um caso de difícil solução uma vez que a todo momento surgiam novas hipóteses sobre o que poderia ter acontecido com adolescente, passando por situações de envolvimento com organizações criminosas e sequestro.

Ao longo da semana, uma associação criminosa de estelionatários entrou em contato com a família da vítima, simulando um sequestro, alegando que o adolescente estaria com eles e que seria necessário o depósito do valor de R$ 2 mil para que ele fosse libertado.

Para comprovar o sequestro, a quadrilha apresentou uma foto falsa, com as mesmas características da vítima, aumentando ainda mais a confusão quanto a autoria delitiva.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Policiais recuperam madeira furtada e detém motorista sem habilitação em Feliz Natal

Avatar

Publicado


Uma equipe do 4º Pelotão de Feliz Natal (a 536 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia nesta terça-feira (13.04), um rapaz de 21 anos, por furto e transporte ilegal de madeira.

O proprietário de uma fazenda procurou os policiais dizendo que tinha chegado a sua propriedade e encontrado pessoas extraindo madeira.

No local, os policiais encontram vestígios de derrubada de árvores e em uma área aberta 36 toras de madeira, além de rastros de  tratores e caminhões. Nenhum suspeito foi localizado na área.

 Em diligência pela região, os policiais identificaram um caminhão semelhante ao denunciado pelo dono da fazenda. Parado, o motorista alegou não ter habilitação e nem guia de transporte florestal, muito menos a origem das 14 toras de madeira que carregava. Disse que a madeira seria de um homem dono de uma madeireira na cidade para onde ia levar e descarregar.

Cópias do boletim de ocorrência foram encaminhadas à Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e ao Ministério Público Estadual para conhecimento e providências.

Veja Também  Polícia Civil prende integrante de associação criminosa e recupera carga de soja avaliada em R$ 300 mil

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Homem é preso por injuria e ameaça em Rondonópolis

Avatar

Publicado


Um homem de 47 anos foi preso na noite desta terça-feira (13.04), por injuria, ameaça e desacato, no bairro Jardim Esmeralda, em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá).

A equipe do 5º BPM foi acionada via 190 e, ao chegar ao local, um hotel, foi informada pela equipe do estabelecimento que o homem que é hospede teria ofendido com palavras preconceituosas a cozinheira do estabelecimento.

Logo em seguida, quebrou garrafas de cerveja e entrou no quarto de outro hospede e se recusava sair. Ele ainda teria xingado outra hospede e ofereceu dinheiro a recepcionais para ter relações com ela.  

Rendido, o homem também ofendeu e ameaçou os policiais. Foi necessário o uso de algemas devido à resistência. Ele foi entregue na delegacia da cidade.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Polícia Civil prende em MS homem que matou ex-companheira a facadas em Rondonópolis
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana