conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil localiza mais R$ 150 mil em defensivos agrícolas em região de mata em Diamantino

Publicado

Policial


Camila Molina/Polícia Civil-MT

Mais uma grande quantidade de defensivos agrícolas de origem ilícita foi encontrada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (08.04), no município de Diamantino (208 km a médio-norte de Cuiabá), em continuidade ao trabalho investigativo da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCC0).

O material, avaliado em aproximadamente R$ 150 mil, foi encontrado escondido em uma região de mata, nas proximidades da fazenda que foi alvo da operação realizada na última terça-feira pela gerência.

Na ocasião, a equipe da GCCO apreendeu aproximadamente seis mil litros de defensivos agrícolas roubados de uma fazenda do município de Sapezal no dia 08 de março.

Em continuidade as investigaões, na manhã desta quinta-feira (08), os policiais da GCCO receberam informações de que haveria mais produtos de origem ilícita abandonados em uma região de mata nas proximidades da fazenda.

Com base na denúncia, as equipes foram até o local e conseguiram realizar a apreensão dos produtos. Ainda não é possível afirmar a origem do produto e se foi subtraído de alguma propriedade da região.

Veja Também  Polícia Civil prende integrante de associação criminosa e recupera carga de soja avaliada em R$ 300 mil

Segundo o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, há indícios de que parte do defensivo encontrado seja falsificado e outra parte possivelmente roubado de alguma fazenda da região.

“As investigações estão bem avançadas para identificar e prender esse grupo criminoso que vem atuando na região de Diamantino, Sapezal, Campo Novo e outras cidades do interior. O material apreendido será trazido para Cuiabá e vamos checar lote por lote e confrontar com registros de ocorrências de furtos ou roubos na região”, disse.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil cumpre buscas em 14 pontos investigados por tráfico de drogas na Capital

Avatar

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Quatorze mandados de busca e apreensão domiciliar em pontos de tráfico de drogas na Capital são cumpridos pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (14.04), em mais uma operação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

As ordens judiciais foram expedidas pela 9ª Vara Criminal da Capital em pontos denunciados como possíveis comércios de entorpecentes. As ações policiais são realizadas nos bairros Pedra 90, Parque Ohara e Jardim Industriário, todos em Cuiabá.

A operação conta com um efetivo de 80 policiais civis das Diretorias de Atividades Especiais e Metropolitana, entre delegados, escrivães e investigadores de polícia, além do apoio do Canil do SOE.

Segundo a delegada titular da DRE, Juliana Chiquito Palhares, a operação é resultado de levantamentos realizados pela especializada, após inúmeras denúncias e informações contra os alvos apontados, ensejando investigações preliminares, que embasaram os pedidos e deferimentos das ordens judiciais.

“As ações regionalizadas de combate ao tráfico local é compromisso da DRE com a comunidade e uma das frentes de trabalho da unidade policial”, disse a delegada.

Veja Também  Polícia Civil prende integrante de associação criminosa e recupera carga de soja avaliada em R$ 300 mil

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Mais de 200 baterias furtadas de estações de telefonias são recuperadas pela Polícia Civil em depósito, na Capital

Avatar

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (DERF) recuperou na nesta terça-feira (13.04), 226 baterias estacionárias que foram furtadas de estações repetidoras de telefonia das empresas OI, Vivo, TIM e Claro. O material recuperado está avaliado em aproximadamente R$ 250 mil.

Conforme apuração da equipe da DERF Cuiabá, as baterias foram furtadas em diversos municípios do interior do estado e na região metropolitana de Cuiabá e foram localizadas em uma distribuidora de baterias localizadas na Capital.

O gerente de depósito foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada e após procedimentos policiais na delegacia, foi encaminhado para audiência de custódia.

As baterias foram devidamente reconhecidas e devolvidas às empresas de telefonia. As investigações da DERF continuam para identificação dos autores dos furtos e pretensos receptadores.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também  Força Tática descobre casa usada para aplicar golpe de compra e venda pela internet em Rondonópolis
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana