conecte-se conosco


CORONAVÍRUS

Botelho volta a cobrar participação do agronegócio no combate à fome

Publicado

Destaque

 

 

Para ajudar Mato Grosso, que está entre os estados brasileiros com alta no número de contaminados pela covid-19, o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), voltou a cobrar a participação dos grandes produtores do agronegócio no enfrentamento à pandemia, com a arrecadação de recursos que ajudem, por exemplo, no combate à fome.

Para ajudar, os deputados aprovaram durante a sessão ordinária, desta segunda-feira (05), o requerimento da Mesa Diretora para a alocação de recursos financeiros e adoção de procedimentos para aquisição de 200 cilindros de oxigênio, após análise de preços e legalidade da iniciativa.

Em seu discurso, Botelho disse que é inconcebível que apenas os pequenos empreendedores, especialmente, os do setor de eventos, se esforcem para o combate à pandemia, com a suspensão das suas atividades, sem a devida atenção para que superem a crise econômica causada em decorrência à covid-19.

Ele conclamou a comissão especial do Observatório Socioeconômico Social, presidida pelo deputado Carlos Avallone (PSDB), para formar uma força-tarefa com os produtores rurais para ajudar.

“Quem está sofrendo mesmo com essa pandemia são os comerciantes, são aqueles do setor de eventos. Esses, sim, estão pagando por todos. Ora, se estão fechados, se estão parados, não é para o bem de todos? É! Então, não é justo que todos paguem essa conta? Ou é só eles e as pessoas que vão perder empregos que vão pagar, enquanto outros estão nadando em berço esplêndido? Não! Temos que fazer justiça. É preciso fazer uma distribuição de renda para o bem de todos. É hora de essas pessoas [grandes produtores] virem à frente e fazer uma grande campanha para arrecadar recursos e ajudar os pequenos empresários e as pessoas que passam fome.  É preciso um grande debate contra a fome em Mato Grosso”, disse Botelho, ao lembrar a força do agronegócio, inclusive, quando há interesse de eleger algum representante político.

Veja Também  Policiais encontram mais de R$ 7.5 mil em dinheiro enterrados no quintal de suspeito

Botelho reconheceu o empenho dos deputados para ajudar, mas alertou que a ALMT mesmo tendo recursos, esbarra na legislação e o Ministério Público Estadual pode entrar com ação. Ele defende a atuação incisiva da ALMT na área social para contribuir com milhares de cidadãos que estão sendo penalizados, seja pela falta de atendimento hospitalar ou pela falta de alimentos à mesa.

“A fome assola o povo, no estado mais rico da federação, proporcionalmente, que teve ganhos nessa pandemia, ganhos para poucos, apenas uma parcela de empresários e, sobretudo, os que atuam no agronegócio, mas a grande maioria está passando fome sim. Será que não é hora de entrarmos nisso? Temos recursos na Assembleia e podemos comprar. Agora, o sistema de atendimento das prefeituras está colapsado, não estão fazendo isso de forma eficaz. A Assembleia poderia fazer esse trabalho social. Mas, esbarramos no Ministério Público, estamos fazendo uma consulta no Tribunal de Contas para a compra de cilindros de oxigênio e sacolões. Vamos enfrentar essa luta!”

Veja Também  Durante roubo bandido afunda crânio de vitima com barra de ferro

Avallone informou que alguns empresários já manifestaram a vontade de doar cilindros de oxigênio através do projeto Oxigênio Solidário. “Vamos doar 200 cilindros porque em 24 horas conseguimos 238 doações de empresários”, explicou Avallone, durante a sessão.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Destaque

Líder comunitário e sobrinho morrem em grave acidente na Rodovia da Morte em Várzea Grande

Avatar

Publicado

O sobrinho que estava na garupa foi socorrido em estado grave, mas não resistiu.

O líder comunitário do Bairro Parque do Sabia popular Nelson, morreu após bater a moto que conduzia em uma carreta na BR-070, Rodovia dos Imigrantes, mais conhecida como (Rodovia da Morte),  em Várzea Grande, nesta terça-feira (20).

As duas vítimas foram parar embaixo da carreta, sendo que a sobrevivente, sobrinho de Nelson ficou com as pernas presas e foi levado em estado grave para o Pronto Socorro de Várzea Grande, mas não resistiu e morreu.

O motorista da carreta não teve ferimentos e passa bem.

O abandono e as más condições da Rodovia podem ter contribuído para mais uma tragédia neste trecho  da Imigrantes.
Nelson era morador do parque Sabia deixa esposa e filhos, e um grande trabalho comunitário em prol da população.

 O site lapada lamenta profundamente a partida deste grande líder comunitário, aos familiares e amigos pedimos a Deus conforto neste momento tão difícil.

Até quando a justiça e o poder público irão deixar a Rota do Oeste impune, por não cumprir com suas obrigações? São várias vidas perdidas por este descaso. #ForaRotadoOeste

Comentários Facebook
Veja Também  Mulher alcoolizada é presa após ser flagrada agredindo os filhos
Continue lendo

Destaque

Jovem que se negou a fazer sexo a três com namorado morre em Cuiabá

Avatar

Publicado

Um jovem de 17 anos morreu queimado após discussão com o namorado. O companheiro, de 21 anos, é suspeito de jogar álcool e atear fogo em Jean Alexandre dos Santos, que teve queimaduras graves e ficou internado por 13 dias. O caso aconteceu em São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá.

O crime aconteceu no dia 6 de abril. No entanto, Jean ficou internado até essa segunda-feira (19), quando não resistiu e faleceu.

A Polícia Civil investiga o crime. O suspeito foi preso em flagrante.

De acordo com polícia, o suspeito, de 21 anos, e um homem de 37 anos estavam na residência dele, no bairro Vila Érica, ingerindo bebida alcóolica, quando Jean chegou no local.

Em determinado momento, houve uma discussão entre o suspeito e vítima, que mantinham um relacionamento.

Segundo o relato, o homem de 37 anos que estava na residência tentou intervir para cessar a discussão, porém, o suspeito disse para ele não interferir na briga.

Em seguida, dentro do banheiro da casa, o suspeito pegou álcool, jogou na cabeça do adolescente e ateou fogo usando um isqueiro.

A testemunha tentou ver o que estava ocorrendo e, de acordo com declaração prestada à Polícia Civil, ficou com medo do que aconteceu e saiu da residência.

Veja Também  Policiais encontram mais de R$ 7.5 mil em dinheiro enterrados no quintal de suspeito

No entanto, depois ele retornou e tentou prestar socorro à Jean, informações que foram confirmadas em depoimento pelo suspeito.

O rapaz conseguiu caminhar até um vizinho e pedir socorro, sendo encaminhado ao hospital de Juscimeira, com graves queimaduras na região da cabeça.

Em entrevista a policiais militares que foram acionados pela unidade de saúde, o rapaz, ainda consciente, conseguiu informar a identidade do suspeito.

A Polícia Civil foi comunicada e iniciou a apuração para localizar o autor do crime. Em busca na residência dele, os policiais chamaram pelo rapaz por diversas vezes, sem que ele atendesse a porta.

Ele declarou depois, na delegacia, que se trancou dentro da casa, sem fazer nenhum ruído, na tentativa de ludibriar os investigadores e a equipe desistisse de procurá-lo.

O suspeito foi foi autuado em flagrante por homicídio qualificado na forma tentada, cometido por meio cruel.

Diante da gravidade do crime, o delegado Ricardo Franco representará à Justiça pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

A testemunha de 37 anos, que estava na casa no momento do crime, foi investigada também a suspeita de participação. O homem foi ouvido e liberado pelo delegado.

Veja Também  Policia procura motorista que fugiu sem prestar socorro à empresário de Várzea Grande em acidente

Não foi verificada nenhuma comprovação de envolvimento dele no crime. Inclusive, ele tentou socorrer a vítima, de acordo com declaração do próprio suspeito do homicídio.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana