conecte-se conosco


A PONTE CAIU

Casal é preso pela PM por roubos em Várzea Grande

Publicado

Destaque

 

Policiais do 4º Batalhão prenderam um homem (18 anos) e uma mulher (30) por roubo a um estabelecimento comercial, na noite de sábado (03), em Várzea Grande. Com os suspeitos, a polícia apreendeu dois simulacros de arma de fogo utilizados no crime.

Por volta das 22 horas, a equipe da Polícia Militar em rondas avistou um casal em uma motocicleta em atitude suspeita na Avenida Filinto Muller. Os policiais abordaram o homem e encontraram na cintura do suspeito um simulacro de pistola.

Os policiais identificaram que o casal que estava sendo abordado por eles, era o mesmo que teria aparecido em imagens de monitoramento de câmeras de uma mercearia que foi roubada no dia 30 de março, no bairro Canelas.

Durante a diligência, os policiais foram até a residência do casal e apreenderam mais um simulacro de arma de fogo semelhante a uma pistola; a falsa arma estava em cima do guarda-roupa. Uma mochila listrada foi encontrada na casa, os policiais identificaram que a mulher que participou do roubo a mercearia utilizava a mesma bolsa no dia do roubo.

Veja Também  Líder comunitário e sobrinho morrem em grave acidente na Rodovia da Morte em Várzea Grande

Um celular foi encontrado e o homem confessou que teria roubado o aparelho no dia na tarde de sábado (03) nas proximidades de um supermercado, no bairro Água Limpa. O proprietário da mercearia assaltada no dia 30 de março reconheceu o casal ter sido os autores do roubo.

Os simulacros, a mochila e a motocicleta foram apreendidas na ação da PM. O homem e a mulher foram presos e conduzidos à delegacia. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Os suspeitos foram filmados pelas câmeras de segurança da mercearia no dia do roubo no bairro Canelas. 

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 08000.65.3939. Nesse número sem custo de ligação, qualquer cidadão por informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Destaque

Líder comunitário e sobrinho morrem em grave acidente na Rodovia da Morte em Várzea Grande

Avatar

Publicado

O sobrinho que estava na garupa foi socorrido em estado grave, mas não resistiu.

O líder comunitário do Bairro Parque do Sabia popular Nelson, morreu após bater a moto que conduzia em uma carreta na BR-070, Rodovia dos Imigrantes, mais conhecida como (Rodovia da Morte),  em Várzea Grande, nesta terça-feira (20).

As duas vítimas foram parar embaixo da carreta, sendo que a sobrevivente, sobrinho de Nelson ficou com as pernas presas e foi levado em estado grave para o Pronto Socorro de Várzea Grande, mas não resistiu e morreu.

O motorista da carreta não teve ferimentos e passa bem.

O abandono e as más condições da Rodovia podem ter contribuído para mais uma tragédia neste trecho  da Imigrantes.
Nelson era morador do parque Sabia deixa esposa e filhos, e um grande trabalho comunitário em prol da população.

 O site lapada lamenta profundamente a partida deste grande líder comunitário, aos familiares e amigos pedimos a Deus conforto neste momento tão difícil.

Até quando a justiça e o poder público irão deixar a Rota do Oeste impune, por não cumprir com suas obrigações? São várias vidas perdidas por este descaso. #ForaRotadoOeste

Comentários Facebook
Veja Também  Mulher alcoolizada é presa após ser flagrada agredindo os filhos
Continue lendo

Destaque

Jovem que se negou a fazer sexo a três com namorado morre em Cuiabá

Avatar

Publicado

Um jovem de 17 anos morreu queimado após discussão com o namorado. O companheiro, de 21 anos, é suspeito de jogar álcool e atear fogo em Jean Alexandre dos Santos, que teve queimaduras graves e ficou internado por 13 dias. O caso aconteceu em São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá.

O crime aconteceu no dia 6 de abril. No entanto, Jean ficou internado até essa segunda-feira (19), quando não resistiu e faleceu.

A Polícia Civil investiga o crime. O suspeito foi preso em flagrante.

De acordo com polícia, o suspeito, de 21 anos, e um homem de 37 anos estavam na residência dele, no bairro Vila Érica, ingerindo bebida alcóolica, quando Jean chegou no local.

Em determinado momento, houve uma discussão entre o suspeito e vítima, que mantinham um relacionamento.

Segundo o relato, o homem de 37 anos que estava na residência tentou intervir para cessar a discussão, porém, o suspeito disse para ele não interferir na briga.

Em seguida, dentro do banheiro da casa, o suspeito pegou álcool, jogou na cabeça do adolescente e ateou fogo usando um isqueiro.

A testemunha tentou ver o que estava ocorrendo e, de acordo com declaração prestada à Polícia Civil, ficou com medo do que aconteceu e saiu da residência.

Veja Também  Suspeito de tentativa de latrocínio contra segurança de hemocentro é preso em flagrante pela Polícia Civil

No entanto, depois ele retornou e tentou prestar socorro à Jean, informações que foram confirmadas em depoimento pelo suspeito.

O rapaz conseguiu caminhar até um vizinho e pedir socorro, sendo encaminhado ao hospital de Juscimeira, com graves queimaduras na região da cabeça.

Em entrevista a policiais militares que foram acionados pela unidade de saúde, o rapaz, ainda consciente, conseguiu informar a identidade do suspeito.

A Polícia Civil foi comunicada e iniciou a apuração para localizar o autor do crime. Em busca na residência dele, os policiais chamaram pelo rapaz por diversas vezes, sem que ele atendesse a porta.

Ele declarou depois, na delegacia, que se trancou dentro da casa, sem fazer nenhum ruído, na tentativa de ludibriar os investigadores e a equipe desistisse de procurá-lo.

O suspeito foi foi autuado em flagrante por homicídio qualificado na forma tentada, cometido por meio cruel.

Diante da gravidade do crime, o delegado Ricardo Franco representará à Justiça pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

A testemunha de 37 anos, que estava na casa no momento do crime, foi investigada também a suspeita de participação. O homem foi ouvido e liberado pelo delegado.

Veja Também  Durante roubo bandido afunda crânio de vitima com barra de ferro

Não foi verificada nenhuma comprovação de envolvimento dele no crime. Inclusive, ele tentou socorrer a vítima, de acordo com declaração do próprio suspeito do homicídio.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana