conecte-se conosco


URGENTE

Prefeitos tentam evitar lockdown e querem barrar festas familiares

Publicado

Destaque

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga tem orientando os prefeitos de todas as regiões do estado, para que tomem medidas mais restritivas e eficazes no combate á propagação do novo coronavírus nos municípios. Após a edição do Decreto do Governo do Estado, na última quinta-feira, Neurilan tem conversado com mais de 100 prefeitos sobre o assunto.

De forma unânime, os gestores municipais são contra a adoção do ‘lockdown’. Fraga explica que, por conta disso, é que está discutindo com os gestores a implementação de outras ações com o objetivo de evitar que os municípios façam a quarentena com o fechamento de atividades econômicas.

Na sua opinião, os prefeitos não precisam adotar o ‘lockdown’ propriamente dito, com o fechamento. Mas podem executar ações pontuais como, a proibição da venda de bebidas alcoólicas em qualquer estabelecimento comercial nesses próximos 15 dias. “No entanto, sabemos que tem prefeito que, não tem outra alternativa a ser adotar a quarentena de imediato, como Cáceres, que enfrenta uma  situação extremamente delicada, com as suas unidades de saúde colapsadas e com um grande número de contaminados e de óbitos”, exemplificou.

O presidente da AMM chama a atenção para o fato de que as pessoas compram bebidas e fazem festas, seja em casa, nas chácaras, beira de rios e outros lugares. Ele recomenda aos gestores que o ideal agora, seria proibir a realização de festas de qualquer natureza, mesmo que seja familiar.

Veja Também  Agência Reguladora prorroga suspensão de corte de energia de famílias de baixa renda

Segundo ele,  terminam se aglomerando, pessoas que vivem em bairros diferentes, trabalham e convivem com outras pessoas fora do ciclo da familiar. Fraga defende, para que essas medidas surtam resultados, torna imperiosa uma fiscalização ostensiva, envolvendo as polícias militares e civil, polícia rodoviária federal e as forças armadas através das suas unidades com sede no estado, Procon estadual e municipal juntos com a vigilância sanitária dos municípios.

Ele alerta que nesse momento é preciso frear o crescimento assustador do número de pessoas contaminadas e de óbitos, além da alta taxa de ocupações dos leitos das Unidades de Terapia Intensiva. “Hoje temos um fila de quase 200 pessoas, aguardando por um leito de UTI, ou mesmo leito de enfermaria. Diariamente, são registrados casos de pessoas que estão morrendo por falta de um atendimento adequado, provocado pelo colapso da rede hospitalar” disse.

Fraga pontua ainda que os líderes religiosos devem evitar nesse momento, a realização de cultos, missas e outros eventos de forma presencial. “Podem usar outros mecanismos, como por exemplo: as  videoconferências, lives  e outras  ferramentas tecnológicas, que vem sendo utilizadas com frequência nesse período da  pandemia. Medidas que tanto o setor econômico como os órgãos públicos devam seguir para evitar as aglomerações, mesmo que estejam adotando as medidas de biossegurança em eventos ou nos  locais de trabalho”, assinalou.

Veja Também  Mulher e amante mataram servidor público para ficar com os bens dele

Na avaliação do presidente da AMM, nenhuma das medidas que estão sendo implementadas pelas prefeituras, terão os efeitos desejados, se não houver a participação e a colaboração das pessoas, dos empresários e de outros segmentos que compõem a sociedade. A população de uma forma em geral e, principalmente os empresários que pressionam os prefeitos para não fecharem o comércio e outras atividades, exceto as essências, nesse momento, devem fazer um esforço em conjunto com o poder público local, no sentido de conscientizar ou até mesmo ajudar a fiscalizar e fazer valer as medidas de biossegurança, pela população.

Ele frisa também que o exemplo tem que vir de casa, inclusive na orientação dos colaboradores e familiares. “Se vocês não querem que seja adotado o ‘lockdown’, então ajude o seu município a não entrar ou permanecer na tabela de classificação de risco muito alto, pois se assim persistir, será inevitável” alertou.

Nesse sentido a AMM tem encaminhado para as prefeituras uma série de recomendações, com um rol de medidas de biossegurança, que se cumpridas pela população, diminuirá significativamente a contaminação do vírus em todo o estado. “Enquanto não tivermos uma vacinação em massa da população, teremos que seguir rigorosamente as recomendações sanitárias e de distanciamento social, emitidas pelos órgãos, como a Organização Mundial da Saúde-OMS, Ministério da Saúde, Secretaria de Estadual de Saúde, e pelas Secretarias de Saúde dos municípios”, finalizou.

Comentários Facebook

Destaque

Várzea Grande confirma que instalará radares e comprará “semáforos inteligentes”

Publicado

O secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes, afirmou que em breve será lançado um processo licitatório para instalação de radares, lombadas eletrônicas e semáforos inteligentes nas principais avenidas de Várzea Grande. O objetivo é auxiliar na fiscalização e punição de motoristas infratores.

“Acreditamos que em breve, ou quem sabe no próximo mês, será lançado este processo licitatório. Tudo que é de moderno no processo de fiscalização pretendemos adquirir. Semáforos inteligentes, radares e lombadas eletrônicas. Para isso foi feito um estudo dos pontos estratégicos para instalação destes equipamentos”, disse Breno.

Os equipamentos serão instalados nas localidades que apresentam maior fluxo como Avenida FEB, Couto Magalhães, Filinto Muller, Arthur Bernardes, Gonçalo Botelho, Alzira Santana, Governador Júlio Campos, João Ponce de Arruda, Capão Grande, 31 de Março, Ulisses Pompeu e Dom Orlando Chaves.

Segundo o secretário, a prefeitura também pretende adquirir novos pontos de ônibus, que devem ser interligados com a plataforma do BRT. “Não iremos adquirir containers como a Prefeitura de Cuiabá. Os nossos serão modernos e mais confortável”,  garantiu.

Veja Também  Pinheiro destaca articulação para não perder recurso e garantir duplicação da Av. Dante Martins de Oliveira

O secretário também confirmou que as principais avenidas da cidade terão mudanças em virtude do modal de transporte. “O que posso assegurar que nestas mudanças está a nova configuração nas avenidas 31 de Março e da FEB em virtude do novo modal do transporte o BRT”, concluiu Gomes.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Pinheiro destaca articulação para não perder recurso e garantir duplicação da Av. Dante Martins de Oliveira

Publicado

 

Em entrevista concedida à imprensa nesta semana, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, destacou todo trabalho de articulação feito para garantir a continuidade na duplicação da Avenida Dante Martins de Oliveira, popularmente conhecida como Avenida dos Trabalhadores. Conforme lembrado por ele, quando assumiu o primeiro mandato como chefe do Executivo, em 2017, esse foi um dos processos encontrados paralisados.

“Recebemos a obra paralisada há cerca de 8 meses. Pegamos um processo com muitos problemas técnicos e burocráticos, que fizeram com que levássemos cerca de dois anos de muita articulação para poder resolvê-los e salvar o recurso que estava direcionado para aplicação nessa via. Tivemos problemas também no projeto básico da obra, que precisou ser refeito por nossa equipe”, explicou Pinheiro.

O prefeito relatou ainda que após conseguir concluir todos os trabalhos administrativos, visando assegurar o investimento, o Município teve ainda que realizar um novo processo licitatório para contratação da empresa responsável pela execução da obra. A concorrência pública foi finalizada no ano passado e teve como vencedora a Construtora Nhambiquara. Na duplicação, a Prefeitura de Cuiabá investe o valor de R$ 2.329.558,39.

Veja Também  Pinheiro destaca articulação para não perder recurso e garantir duplicação da Av. Dante Martins de Oliveira

Segundo o projeto, o trecho alcançado pela duplicação está situado entre o Residencial Santa Inês e o entroncamento com a Travessa Vicente, no bairro Planalto. O percurso compreende uma extensão de mais de dois quilômetros de duplicação com nova pavimentação, construção de rede de drenagem de águas pluviais, meio-fio, calçada, sinalização horizontal e vertical, além de uma nova iluminação.

“Uma obra iniciada pelo diretor-presidente da Limpurb, Vanderlúcio Rodrigues, que passou o bastão para o atual secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa. Depois de todo esse trabalho administrativo, conseguimos fazer o lançamento e vamos entregar dentro do prazo planejado, que está definido para o fim deste ano. Essa é uma intervenção que representa toda a dedicação da gestão Emanuel Pinheiro”, completou o prefeito.

No trecho entre o Residencial Santa Inês e a rotatória do Planalto, já foi feita a instalação da tubulação da rede de drenagem de águas pluviais e agora a equipe atua na construção das caixas de passagem, terraplanagem e compactação do solo. Também foi finalizada a fase de desassoreamento do córrego que passa pela via e, agora, é executado o levantamento do muro de gabião nas paredes laterais.

Veja Também  Homem é esfaqueado pela ex enquanto bebia em bar

“Essa duplicação vai ser uma maravilha para os milhares de moradores, que trafegam por essa que é uma das vias mais movimentadas de Cuiabá e liga as regiões Leste e Norte ao centro da Capital. É válido lembrar que já recuperamos todo o trecho que inicia na rotatória do bairro Planalto e finaliza na rotatória de acesso aos bairros CPA IV e Dr. Fábio, assim como a Avenida Coxipó Mirim, também na região”, concluiu Emanuel.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana