conecte-se conosco


Saúde

Governo reduz previsão de entrega de doses da vacina contra Covid-19 em março

Publicado

Saúde


source
Ministério disponibilizará 30 milhões de doses para estados e municípios neste mês
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Ministério disponibilizará 30 milhões de doses para estados e municípios neste mês

O Ministério da Saúde divulgou neste sábado (06) um novo cronograma de entrega de doses de vacinas e confirmou uma nova redução na expectativa de entrega de imunizantes neste mês de março. A nova previsão é de apenas 30 milhões de doses, descartando a distribuição de 8 milhões de doses da Covaxin , do laboratório indiano Bharat Biotech, que nem sequer pediu ainda autorização para uso emergencial à Agência Nacional de Vigilância Sanitária . Na quarta-feira (03), a pasta ainda previa distribuir esse imunizante e já tinha reduzido a estimativa de doses entregues de 46 milhões de doses para 38 milhões.

O governo federal vem sendo pressionado a adquirir mais imunizantes, mas encontra dificuldades para dar ritmo à campanha de vacinação, iniciada em fevereiro. Atrasos na importação de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), matéria-prima para a confecção de vacinas, já provocou postergação de entrega de doses da Coronavac , desenvolvida pelo instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, e da Covishield, desenvolvida pela Fiocruz junto com a Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca. Estas são as únicas vacinas já disponíveis no Brasil até agora. 

Veja Também  Covid-19: Brasil registra 3.321 mortes e 69,3 mil casos em 24 horas

Reportagem do GLOBO mostrou que o país contratou até agora doses que seriam suficientes para imunizar somente 65% da população e que se o ritmo lento da vacinação persistir somente em abril de 2022 seria atingido o índice de 70% da população vacinada, considerado um limiar mínimo para garantir a imunidade de rebanho contra o vírus.

A distribuição das doses previstas para março será iniciada na próxima semana. Segundo nota do Ministério da Saúde, “as previsões de entrega são enviadas à pasta pelos fornecedores dos imunizantes e estão sujeitas a alterações, de acordo com a disponibilidade dos laboratórios e a real quantidade de doses entregues, que pode variar conforme o ritmo de produção dos insumos”.

Você viu?

O governo federal prevê distribuir durante o mês 23,3 milhões de doses do Instituto Butantan, enviadas em remessas semanais. Outras 3,8 milhões da vacina da AstraZeneca/Oxford , previstas para a segunda quinzena do mês, provenientes do primeiro lote produzido no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com matéria-prima importada. Também são esperadas mais 2,9 milhões de doses do mesmo imunizante, adquiridos via consórcio Covax Facility.

Veja Também  Vacinação para idosos de 65 e 66 anos começa nesta quarta em SP

A partir de recebidas as doses, o Ministério da Saúde informou que organizará a divisão de forma proporcional e igualitária aos estados e Distrito Federal. Posteriormente, a doses são enviadas aos estados, responsáveis pela distribuição dos imunizantes a todos os municípios brasileiros, que aplicarão as vacinas em 38 mil salas de vacinação.

A lentidão nas negociações da pasta para a compra de vacinas emperra ainda a aquisição de 161 milhões de doses pelo governo federal. A pasta está em tratativas, mas ainda sem fechar contrato, com quatro laboratórios: União Química, Pfizer, Janssen e Moderna.

Segundo a pasta, das vacinas contratadas, devem ser entegues 112 milhões de doses pela Fiocruz até, enquanto o Instituto Butantan forneceria 100 milhões de doses até setembro. Pelo consórcio da Covax Facility, viriam mais 6,1 milhões de doses até maio e a previsão é de 42,5 milhões de unidades no total, até dezembro. Em relação à Covaxin, a estimativa é de entrega de 20 milhões de doses no primeiro semestre.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook

Saúde

São Paulo vacina público de 65 e 66 anos e retoma sistema drive-thru

Avatar

Publicado


A cidade de São Paulo retomou nesta quarta-feira (21), feriado de Tiradentes, os 20 pontos de vacinação contra a covid-19 em sistema drive-thru. O objetivo é imunizar, apenas em primeira dose, 205 mil pessoas com idades entre 65 e 66 anos. Os postos funcionam entre 8h e 17h.

De acordo com a prefeitura paulistana, os espaços drive-thru são fechados quando 85% da vacinação do público-alvo de cada etapa são atingidos. A reabertura ocorre quando são recebidas doses para uma nova faixa etária.

Além dos drive-thrus, é possível se vacinar contra o novo coronavírus, neste feriado, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Assistência Médica Ambulatorial (AMA) e UBS Integradas e postos volantes (farmácias, igrejas, supermercados, escolas e praças).

Para agilizar o atendimento, é importante preencher o pré-cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço completo, telefone e data de nascimento.

Endereços dos postos drive-thru:

Arena Corinthians

Av. Miguel Ignácio, 2.492 Curi, Portão E4 – Itaquera

Igreja Boas Novas

Rua Marechal Mallet, 535 – Vila Prudente

Veja Também  Pandemia faz expectativa de vida cair um ano em São Paulo

Autódromo de Interlagos

Rua Jacinto Júlio, Altura Do Nº 589, Portão 9, Entrada Krf – Interlagos

Clube Hebraica

Rua Ibiapinópolis, 781 (parte Superior Do Clube) – Pinheiros

Memorial da América Latina

Rua Tagipuru, 500 (referência Portão 2) – Barra Funda

Estádio do Morumbi

Av. Giovanni Gronchi, 1.920 – Portão 15 – Morumbi

Complexo Esportivo Do Ibirapuera

Rua Marechal Estenio Albuquerque Lima, 413

Parque Villa-Lobos

Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 1.025 – Portão 3 – Alto De Pinheiros

Clube Atlético Monte Líbano

Rua do Gama, 261 – Jardim Luzitânia

Shopping Aricanduva

Av. Aricanduva, 5.555, Estacionamento Auto Shopping Acesso Pelo Portão P4 – Aricanduva

Centro de Exposições do Anhembi

Rua Olavo Fontoura, Portão 38 – Santana

Club Athletico Paulistano

Rua Honduras, 1.400 – Jardim América

Shopping Anália Franco

Av. Regente Feijó, 1.739 – Tatuapé

Hospital Dom Alvarenga

Av. Nazaré, 1.361 – Ipiranga

Shopping Interlagos

Av. Interlagos, 2.255 – Estacionamento Subsolo, Portão 5 – Interlagos

Subprefeitura de M’boi Mirim

Veja Também  Prefeitura do Rio amplia vacinação para pessoas com comorbidades

Av. Guarapiranga, 1.695 – Parque Alves De Lima

Subprefeitura de Itaim Paulista

Av. Marechal Tito, 3.012 – Itaim Paulista

Mais Shopping

Rua Padre José Maria, sem número, estacionamento G2 Mais Shopping – Santo Amaro

Subprefeitura Da Penha

Rua Mandu, 451 – Penha

Shopping Campo Limpo

Estrada do Campo Limpo, 459, Vila Prel

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Vacinação para idosos de 65 e 66 anos começa nesta quarta em SP

Avatar

Publicado


source
Vacinação para idosos de 65 e 66 anos começa nesta quarta-feira (21) no estado de São Paulo
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Vacinação para idosos de 65 e 66 anos começa nesta quarta-feira (21) no estado de São Paulo

Começa nesta quarta-feira (21), feriado de Tiradentes, a vacinação contra Covid-19 para pessoas de 65 e 66 anos em São Paulo . Em todo o estado, a meta do governo paulista é imunizar 760 mil idosos dessa faixa etária.

Na capital, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estarão abertas neste feriado nacional apenas para a vacinação contra a Covid-19 . Postos drive-thru, postos volantes das farmácias parceiras e os centros-escolas também funcionarão nesta quarta para a imunização.

Após o feriado, toda a estrutura de vacinação na cidade de São Paulo voltará a funcionar normalmente a partir de quinta (22), com os mais de 600 postos de imunização abertos.

Na sexta-feira, 23 de abril, idosos de 64 anos serão os próximos da fila da vacina . A expectativa é imunizar 420 mil pessoas desse grupo.

Novo cronograma de vacinação divulgado nesta terça-feira (20) inclui pessoas a partir de 60 anos, com comorbidades e profissionais do transporte público. Confira o calendário detalhado das próximas semanas:

  • 65 e 66 anos: 21 de abril;
  • 64 anos: 23 de abril;
  • 63 anos: 29 de abril;
  • 60, 61 e 62 anos: 6 de maio;
  • Pessoas com síndrome de down (de 18 a 59 anos): 10 de maio;
  • Pacientes renais em diálise (de 18 a 59 anos): 10 de maio;
  • Transplantados imunossuprimidos (de 18 a 59 anos): 10 de maio;
  • Metroviários e ferroviários: 11 de maio; e
  • Motoristas e cobradores de ônibus: 19 de maio.

Somando todos esses grupos, até 19 de maio a expectativa é vacinar 3,29 milhões de paulistas. O governo do Estado recomenda que a ida aos locais de vacinação seja feita de maneira gradual, evitando aglomerações nos postos, e com realização de pré-cadastro no site Vacina Já , para reduzir o tempo de atendimento.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana