conecte-se conosco


CORONAVIRUS

Botelho debate hoje com governo criação de centro de triagem da Covid-19 em Várzea Grande

Publicado

Destaque

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) debateu a possibilidade de transformar o Hospital São Lucas, de Várzea Grande, em um centro de triagem para Covid-19. Botelho vai recorrer ao governo do estado para a firmação de uma parceria que consolide essa proposta, já que a doença avança cada vez mais no estado e sobrecarrega o atendimento da Arena Pantanal e Pronto Socorro. Para isso, ele agendou uma reunião com o governador Mauro Mendes, no Palácio Paiaguás, hoje (3), às 14 horas.
Pela manhã, Botelho visitou a unidade hospitalar, onde foi recebido pelos diretores do hospital, os médicos Hilton Taques e Augusto Cesar da Mota Menezes, além do secretário interino de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros.
“Estamos aqui preocupados com a situação da Covid, está super lotado, nos disseram que há atendimento até do lado de fora, na calçada e estamos procurando uma solução. Vamos falar hoje com o governador que certamente irá nos atender para amenizar a situação, pois precisamos criar mais estrutura para atender os pacientes com Covid e esse hospital foi colocado como uma possibilidade. Então, vim aqui com o secretário de Saúde conhecer e levar a proposta ao governador para ver se conseguimos encampar essa ideia para ajudar a população”, afirmou Botelho.
Barros destacou a importância do centro de triagem da Covid no Hospital São Lucas. Disse que vai desafogar as unidades e alertou que o número de leitos disponíveis está esgotado e que o trabalho em conjunto é fundamental. “Com o apoio direto do deputado Botelho, que é muito humano, do governo do estado e entendimento do prefeito Kalil, poderemos montar o centro de triagem com capacidade de monitorar e estender com medicação nos moldes do que vem acontecendo na Arena Pantanal, obviamente, com capacidade bem menor, mas seria neste momento em que a situação está se agravando, muito importante não só para Várzea Grande, mas todo estado. O município não dispõe de recursos financeiros e precisamos desse apoio do estado”, esclareceu o secretário.

Veja Também  Mulher alcoolizada é presa após ser flagrada agredindo os filhos
Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Destaque

Líder comunitário e sobrinho morrem em grave acidente na Rodovia da Morte em Várzea Grande

Avatar

Publicado

O sobrinho que estava na garupa foi socorrido em estado grave, mas não resistiu.

O líder comunitário do Bairro Parque do Sabia popular Nelson, morreu após bater a moto que conduzia em uma carreta na BR-070, Rodovia dos Imigrantes, mais conhecida como (Rodovia da Morte),  em Várzea Grande, nesta terça-feira (20).

As duas vítimas foram parar embaixo da carreta, sendo que a sobrevivente, sobrinho de Nelson ficou com as pernas presas e foi levado em estado grave para o Pronto Socorro de Várzea Grande, mas não resistiu e morreu.

O motorista da carreta não teve ferimentos e passa bem.

O abandono e as más condições da Rodovia podem ter contribuído para mais uma tragédia neste trecho  da Imigrantes.
Nelson era morador do parque Sabia deixa esposa e filhos, e um grande trabalho comunitário em prol da população.

 O site lapada lamenta profundamente a partida deste grande líder comunitário, aos familiares e amigos pedimos a Deus conforto neste momento tão difícil.

Até quando a justiça e o poder público irão deixar a Rota do Oeste impune, por não cumprir com suas obrigações? São várias vidas perdidas por este descaso. #ForaRotadoOeste

Comentários Facebook
Veja Também  Durante caça de porcos amigo mata outro com arma de pressão
Continue lendo

Destaque

Jovem que se negou a fazer sexo a três com namorado morre em Cuiabá

Avatar

Publicado

Um jovem de 17 anos morreu queimado após discussão com o namorado. O companheiro, de 21 anos, é suspeito de jogar álcool e atear fogo em Jean Alexandre dos Santos, que teve queimaduras graves e ficou internado por 13 dias. O caso aconteceu em São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá.

O crime aconteceu no dia 6 de abril. No entanto, Jean ficou internado até essa segunda-feira (19), quando não resistiu e faleceu.

A Polícia Civil investiga o crime. O suspeito foi preso em flagrante.

De acordo com polícia, o suspeito, de 21 anos, e um homem de 37 anos estavam na residência dele, no bairro Vila Érica, ingerindo bebida alcóolica, quando Jean chegou no local.

Em determinado momento, houve uma discussão entre o suspeito e vítima, que mantinham um relacionamento.

Segundo o relato, o homem de 37 anos que estava na residência tentou intervir para cessar a discussão, porém, o suspeito disse para ele não interferir na briga.

Em seguida, dentro do banheiro da casa, o suspeito pegou álcool, jogou na cabeça do adolescente e ateou fogo usando um isqueiro.

A testemunha tentou ver o que estava ocorrendo e, de acordo com declaração prestada à Polícia Civil, ficou com medo do que aconteceu e saiu da residência.

Veja Também  Líder comunitário e sobrinho morrem em grave acidente na Rodovia da Morte em Várzea Grande

No entanto, depois ele retornou e tentou prestar socorro à Jean, informações que foram confirmadas em depoimento pelo suspeito.

O rapaz conseguiu caminhar até um vizinho e pedir socorro, sendo encaminhado ao hospital de Juscimeira, com graves queimaduras na região da cabeça.

Em entrevista a policiais militares que foram acionados pela unidade de saúde, o rapaz, ainda consciente, conseguiu informar a identidade do suspeito.

A Polícia Civil foi comunicada e iniciou a apuração para localizar o autor do crime. Em busca na residência dele, os policiais chamaram pelo rapaz por diversas vezes, sem que ele atendesse a porta.

Ele declarou depois, na delegacia, que se trancou dentro da casa, sem fazer nenhum ruído, na tentativa de ludibriar os investigadores e a equipe desistisse de procurá-lo.

O suspeito foi foi autuado em flagrante por homicídio qualificado na forma tentada, cometido por meio cruel.

Diante da gravidade do crime, o delegado Ricardo Franco representará à Justiça pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

A testemunha de 37 anos, que estava na casa no momento do crime, foi investigada também a suspeita de participação. O homem foi ouvido e liberado pelo delegado.

Veja Também  Durante roubo bandido afunda crânio de vitima com barra de ferro

Não foi verificada nenhuma comprovação de envolvimento dele no crime. Inclusive, ele tentou socorrer a vítima, de acordo com declaração do próprio suspeito do homicídio.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana