conecte-se conosco


Internacional

Biden determina que estados priorizem vacinação de professores

Publicado

Internacional


O presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, determinou nessa terça-feira (2) que os estados priorizem a vacinação de professores para garantir que as crianças possam voltar às escolas mais rapidamente e com segurança. Pediu ainda que os estados apliquem pelo menos uma dose de imunizante em cada educador até o fim de março.

Biden anunciou que a farmacêutica MSD irá ajudar a fabricar a vacina da Johnson & Johnson de dose única contra a covid-19, uma parceria semelhante às que foram vistas durante a Segunda Guerra Mundial. 

Com três vacinas disponíveis, ele afirmou que está confiante de que haverá vacinas suficientes para cada adulto dos Estados Unidos até o fim de maio. 

O presidente disse ainda que confia em atingir a meta de aplicação de 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 em seus primeiros 100 dias de governo.

“Os anúncios de hoje são um passo gigantesco em nossos esforços para vencer essa pandemia”, disse Biden em pronunciamento na Casa Branca, transmitido pela televisão. “Mas eu tenho que ser honesto com vocês. Essa luta está longe do fim.”

Veja Também  Covid-19: contágio não garante aos jovens imunidade para reinfecção

Para o democrata, o aumento da produção de três vacinas vai impulsionar os esforços para reabrir escolas. Ele lembrou as preocupações crescentes com a saúde mental e as disparidades cada vez maiores causadas pelos desafios do ensino a distância. 

Segundo o presidente, mais de 30 estados estão tomando medidas para garantir que seus educadores sejam vacinados. Biden disse que está utilizando a autoridade do governo federal para direcionar os estados remanescentes a seguirem o exemplo.

“Meu desafio é esse: queremos que todo educador, funcionário de escola ou cuidador de crianças receba pelo menos uma dose da vacina até o final de março”, anunciou Biden, acrescentando que muitos pais estariam saindo do mercado de trabalho “em números espantosos” para ajudar seus filhos a estudarem remotamente.

Comentários Facebook

Internacional

Tiros em Austin, no Texas, deixam ao menos 3 mortos, dizem autoridades

Avatar

Publicado


Pelo menos três pessoas foram mortas neste domingo, em um incidente com tiros em Austin, no Texas, disseram autoridades.

A polícia de Austin afirmou que seus agentes estavam “na cena de um incidente ativo com tiros” na região noroeste da cidade, capital do Texas.

O Departamento de Serviços Médicos de Emergência do Condado de Austin-Travis afirmou que “três pacientes adultos” morreram no local em que os tiros ocorreram, pouco antes do meio-dia, horário local, segundo relatos.

“Nenhum outro paciente foi registrado ou localizado neste momento”, afirmou o departamento, pelo Twitter, cerca de uma hora depois das primeiras notícias do incidente.

A polícia pediu que moradores evitem a área.

Comentários Facebook
Veja Também  Tiroteio em Indianapolis deixa oito mortos e vários feridos
Continue lendo

Internacional

Rainha Elizabeth fica sozinha enquanto Philip é sepultado

Avatar

Publicado


A rainha Elizabeth e sua família prestaram suas últimas homenagens ao príncipe Philip em um funeral neste sábado (17) que exaltou seu legado internacional e sete décadas de serviço, e deu aos netos William e Harry a chance de falar em público, pela primeira vez, desde que as alegações de racismo geraram uma crise na família.

Elizabeth, vestida de preto e com uma máscara preta com bordas brancas, ficou sozinha enquanto seu marido por 73 anos foi rebaixado para o Royal Vault em um funeral com a presença de membros da realeza, incluindo o príncipe Charles.

O príncipe Harry, que voou dos Estados Unidos para comparecer ao funeral, caminhou e conversou com seu irmão William e sua esposa Kate no final da cerimônia – a primeira vez que eles falaram em público desde que Harry e sua esposa Meghan deram uma entrevista explosiva a Oprah Winfrey no mês passado.

Essa crise veio quando Philip estava no hospital. Oficialmente conhecido como duque de Edimburgo, Philip morreu aos 99 anos em 9 de abril.

Veja Também  OMS: taxa de infeção por covid-19 está próxima do valor mais alto

Homenagem

“Nós nos lembramos hoje de ti, Philip, duque de Edimburgo, rendendo graças a ti – por sua fé e lealdade resolutas, por seu alto senso de dever e integridade”, afirmou o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, em uma oração.

Philip, que se casou com Elizabeth em 1947, ajudou a jovem rainha a adaptar a monarquia aos tempos de mudança da era pós-Segunda Guerra Mundial, quando a perda do império e o declínio da deferência desafiaram a família real mais proeminente do mundo.

A rainha em 1997 descreveu Philip como sua “força” ao longo de décadas de casamento. O arcebispo elogiou a “vida de serviço de Philip à nação e ao Commonwealth, pela coragem e liderança inspiradora”.

Depois que a nação observou um minuto de silêncio em dia de sol brilhante, Harry e William ocuparam seus lugares no lado oposto da capela no Castelo de Windsor.

O quepe naval e a espada de Philip estavam em cima do caixão, que foi coberto com símbolos pessoais do duque de Edimburgo, assim como da família Mountbatten. Uma coroa de rosas brancas, lírios e jasmim da rainha de 94 anos também adornou o caixão.

Veja Também  Princípe Philip é sepultado neste sábado em cerimônia restrita

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana