conecte-se conosco


VÁRZEA GRANDE

Kalil baixa novo decreto endurece medidas mas flexibiliza ações e promete fiscalizar

Publicado

VÁRZEA GRANDE


Legenda:

Seguindo determinação do prefeito Kalil Baracat, a Prefeitura de Várzea Grande, através do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19), que conta com a participação de vereadores da Câmara Municipal, de representante do comércio e da indústria na pessoa de David William Pintor, presidente da Câmara de Dirigentes Lojista – CDL/VG e vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Várzea Grande – ACIVAG, além do Conselho Municipal de Saúde, foi emitido o Decreto 22/2021 que torna ainda mais rígidas as regras para funcionamento de setores da economia local, restringe o uso de equipamentos públicos, ordena o funcionamento das unidades escolares públicas privadas e adota medidas de fiscalização mais severas para conter o avanço da pandemia da COVID 19.

A primeira medida foi a prorrogação por dois meses ou 60 dias a Situação de Emergência que acelera medidas legais e previve a adoção de ações em busca de resultados positivos na qualidade dos serviços médicos com menor impacto financeiro, para garantir os investimentos na economia local e adota o Toque de Recolher entre as 21 horas até as 5 horas da manhã do dia subsequente.

“Sob o meu comando a Prefeitura de Várzea Grande não pode e não vai esmorecer no combate a COVID 19 para evitar o estrangulamento do sistema público e privado de saúde que nas próximas horas vai esgotar sua capacidade de atendimento, o que pode levar vidas a serem ceifadas por ausência de atendimento médico”, disse o prefeito Kalil Baracat lembrando que teve a doença e é insistentemente acionado para arrumar vagas em UTIs e unidades hospitalares públicas.

Todos os serviços não essenciais em especial, bares, restaurantes, conveniências, shopping center, a partir das 19 horas de segunda a sábado devem estar fechados, podendo apenas manter até as 23 horas os serviços de delivery (entregas em endereços), proibindo ainda o sistema drive thru e impedindo após as 19 horas o consumo no local e buscando forma de efetivar a multas inseridas na legislação por lei estadual.

No que diz respeito ao município, está sob análise jurídica a possibilidade de após duas infrações o estabelecimento comercial ter seu Alvará cassado, o que remete a abertura de processo fiscal e administrativo para que o referido estabelecimento possa voltar a funcionar dentro da normalidade.

“Essas medidas buscam controlar aglomerações em estabelecimentos que não respeitam as regras do distanciamento social, do uso de máscara e álcool em gel e mesmo permitindo a realização particular de eventos sociais (festas) elas acontecerão limitadas a 50 pessoas e 30% da capacidade local, ou seja, se no espaço cabe 100 pessoas o limite será de 30%, ou 30 pessoas”, disse o presidente do Comitê de Enfrentamento, secretário Silvio Fidélis esclarecendo que se no espaço cabem apenas 50 pessoas ele só pode receber 30%, ou seja, 15 pessoas.

Veja Também  Estão abertas inscrições para a 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa

Entre as medidas mais restritivas também estão o fechamento de todas as áreas públicas de lazer como todos os parques, praças, quadras de esporte, ginásios, VIA 31, Espaços FIT e todos os demais que partam do princípio de uso da coletividade, que são áreas onde foram apontados diversos problemas de aglomeração.

O decreto mantém a retomada das atividades educacionais de forma presencial (híbrida) nas escolas privadas neste mês março e retoma as atividades escolares nas unidades públicas de forma remota na educação infantil com previsão, caso os quadros de incidência da COVID 19, sejam reduzir, para em abril se tornarem híbridas, ou seja, com 50% da capacidade das salas de aula ou no máximo de 15 alunos.

Quanto aos servidores públicos municipais, o expediente com atendimento ao público será das 8 horas até as 13 horas, promovendo revezamento entre aqueles que não se enquadram no grupo de risco, que estão dispensados para promoverem suas funções em Home Office.

“Como existem especificidades em determinadas áreas como Saúde; Viação e Obras Públicas; Serviços Públicos e Mobilidade Urbana; Promoção Social; Defesa Social; Educação entre outras, cabe ao Secretário de cada pasta definir as prioridades de conformidade com o atendimento a população”, lembrou o prefeito Kalil Baracat sinalizando que vai reforçar os trabalhos das obras públicas para o aquecimento da economia local que sofre uma tendência de arrefecimento por causa das medidas adotadas.

O prefeito recomendou ainda que o Decreto Municipal deixasse claro para as pessoas e setores da economia que Várzea Grande em primeiro lugar segue as determinações dos decretos e legislação federal da presidência da República e depois do Governo do Estado, na busca de uma unicidade, de um efeito único para se impedir que haja divergência nas decisões, “pois não pode o presidente da República determinar uma atividade, o governador do Estado outra e eu enquanto prefeito uma terceira. Acredito que as coisas devem ser decididas em um único sentido, garantir o acesso de todos primeiro a vacina, meio defendido por médicos e cientistas como o mais eficiente possível para se debelar a COVID 19; segundo ao tratamento de saúde adequado e terceiro a outras medidas complementares como auxílio emergencial,  entre outros”, ponderou o prefeito de Várzea Grande.

Veja Também  Kalil e Jayme recebem membranas que garantem ultrafiltragem na água da nova ETA

O presidente do Comitê de Enfrentamento, Silvio Fidélis, ressaltou que apesar de seguir na quase totalidade, o Decreto do governador Mauro Mendes, Várzea Grande flexibilizou, por experiências vivenciadas ao longo do ano passado, algumas medidas, como permitir o funcionamento dos Supermercados e Mercados nos sábados até as 19 horas e não como o Estado que determinou o fechamento até ao meio-dia.

Também permitiu que as Igrejas, Templos, possam funcionar até as 20 horas, ou seja, uma hora antes de iniciar o Toque de Recolher que vai das 21 horas até as 5 horas da manhã do dia subsequente.

Outra mudança, segundo o presidente do Comitê, foi permitir, que se antecipasse em duas horas a abertura do shopping center, das 8 horas até as 19 horas de segunda a sexta-feira e no sábado das 8 horas as 12 horas, mas podendo estender a praça de alimentação até as 15 horas e os serviços de delivery para restaurantes, bares, lanchonetes, sem atendimento pessoal até as 23 horas.

“Essas medidas de flexibilização não podem e não devem confundir essa flexibilização, com desrespeito as regras de fiscalização que serão endurecidas e acompanhadas das exigências de distanciamento social, uso de máscara e álcool em gel e de meios de higienização mais rigorosos. Não vamos permitir que se tripudie em cima de uma doença que está ceifando vidas humanas”, disse o secretário Silvio Fidélis e presidente do Comitê.

O prefeito sinalizou ainda que está adotando medidas emergenciais diante do quadro de capacidade esgotada de unidades de saúde de risco a vida humana e procurou medidas que fossem menos impactantes para o comércio e a indústria como um todo, pois vida e economia se complementam em que pese a primeira ser indispensável.

O descumprimento das medidas previstas no decreto implica na aplicação da sanção prevista no art. 268 do Código Penal, após o devido processo legal, além de outras medidas administrativas, cíveis e criminais.

Comentários Facebook

VÁRZEA GRANDE

Várzea Grande cria disque-vacina contra Covid e já atende idosos de 60 anos acima

Avatar

Publicado


 Novas medidas adotadas pela Prefeitura de Várzea Grande e parceiros como a Assembleia Legislativa de Mato Grosso e a Clínica Médica da Universidade de Várzea Grande (UNIVAG) estão melhorando a oferta de serviços como vacinação, atendimento e informações no combate a pandemia da COVID 19.

Além de dois novos pontos de vacinação, um no Parque Berneck que começa a funcionar amanhã, 17 de abril de 2021 em drive thru e no Jardim dos Estados que funciona semana que vem em ponto fixo, um novo serviço está sendo colocando a disposição, o Disque-Vacina que receberá ligação gratuitas através do 0800 647 4121 e funcionará durante o horário de expediente do Poder Público Municipal tanto para confirmações de vacinação como para esclarecimentos e principalmente para alertar as pessoas das medidas necessárias para conter o avanço da doença e para ajudar o Poder Público a diminuir os casos de internação e óbitos.

“Atendendo orientação do prefeito Kalil Baracat de fazer da informação um dos nossos principais aliados com objetivo de orientar a população, de um modo geral, sobre a campanha de imunização estamos abrindo novos serviços que precisam emprestar resultados para que a população se sinta segura e certa de que será atendida, terá medicamentos e vacina dentro do possível”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros.

As ligações são gratuitas e poderão ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, incluindo o horário de almoço. O Disque-Vacina segue o funcionamento do horário normal de expediente da Saúde municipal.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina, cita algumas dúvidas mais frequentes.  “Os moradores que estão na faixa etária para se vacinar, por exemplo, e que perderam o dia do chamamento, aqueles que estão na dúvida sobre o cadastro, que estão aguardando serem chamados, dúvidas referentes ao cartão SUS, se está ativado e se realmente é registrado no município. Estas dúvidas serão esclarecidas pelo serviço 0800”, disse a superintendente.

Veja Também  Várzea Grande reforça medidas de segurança, mas lembra que atendimentos podem ser online

Segundo o secretário da pasta, Gonçalo de Barros, a saúde pública trabalha conforme a necessidade do cidadão. Ele explica que a partir do congestionamento dos telefones da secretaria e diante das dúvidas da população, verificou-se que em sua maioria, a demanda referia-se sobre a vacina contra a Covid-19. Desta forma, foi criada mais uma ferramenta de gestão no auxílio à população, o Disque-Vacina Dúvidas que vai funcionar no horário de almoço.

Os atendentes terão acesso ao sistema de agendamento para esclarecer a situação dos munícipes, como o porquê ainda não foram chamados para a vacinação. Além disso, a equipe estará integrada com o setor de agendamento para solucionar o caso individual de cada pessoa imediatamente ou, quando não for possível, o mais breve, retornando à ligação. “O que queremos é agilidade e bom atendimento, dentro da nossa política de humanização. Se existem dúvidas, vamos saná-las. O que não pode é deixar o cidadão, que tem direito a vacina, ficar sem ela e sem respostas. Por exemplo, se um cidadão de 70 anos, que tem direito de vacinar, ainda não vacinou e está na dúvida de como fazer, é só ligar para o 0800 647 4121 que as atendentes vão auxiliá-lo. Mesmo que a campanha hoje esteja na etapa dos idosos acima de 60 anos, todos os cidadãos acima desta faixa etária, que não se vacinaram, precisam fazer o cadastro. Se for idoso acamado é só ligar, se houver dúvida sobre o agendamento. Temos que atingir a meta de vacinar todos para promover o bloqueio epidemiológico da transmissão da doença”, explicou o secretário.

Outro objetivo muito importante em criar o 0800, acrescenta Gonçalo de Barros, é monitorar os moradores já vacinados na primeira dose contra a Covid-19 e tirar dúvidas quanto a data da segunda dose, lembrando que na carteira de vacinação, que cada um recebe após a imunização, consta qual tipo de vacina aplicada.

Veja Também  Inscrições abertas para o Conselho Municipal de Cultura de Várzea Grande

“O intervalo da primeira dose para a segunda dose depende do tipo da vacina aplicada. Se tomou a CoronaVac, a segunda dose será aplicada cerca de 14 a 28 dias. Já AstraZeneca – Oxford – o intervalo da primeira dose para a segunda dose é de 90 dias. Pelo 0800, não será possível agendar a vacinação e nenhum outro serviço oferecido pelo município da Rede SUS. O canal de atendimento foi instituído para oferecer informação sobre vacinação e, sobretudo, para conhecer o pós-vacina das pessoas que já foram vacinadas. Por exemplo, se alguém, após vacinado, apresentar qualquer efeito adverso, pode ligar também para o número, que as atendentes vão buscar orientação dos profissionais da Vigilância em Saúde que vão esclarecer dúvidas e encaminharão a notificação para o Estado”, pontuou o secretário.  

A Campanha de Vacinação contra a COVID-19 continua no município de Várzea Grande e está na fase de vacinar idosos de 60 anos acima. No sábado (17), a expectativa é vacinar 5 mil idosos desta faixa etária em dois pontos da cidade em sistema drive thru, no Centro Universitário UNIVAG – Clínicas Médicas e no Parque Berneck, das 8h às 16h. Só serão vacinados aqueles que fizeram o cadastro e tiveram a confirmação por telefone, SMS ou e-mail pelas equipes da Vigilância em Saúde. É necessário levar os seguintes documentos: Cartão SUS atualizado, comprovante de residência e documento com foto.

Comentários Facebook
Continue lendo

VÁRZEA GRANDE

Kalil e Jayme recebem membranas que garantem ultrafiltragem na água da nova ETA

Avatar

Publicado


Com um custo estimado na ordem de R$ 5 milhões, as membranas que irão promover a ultrafiltragem ou ultrafiltração da água captada no rio, tratada e depois distribuída para consumo humano correspondem a 35% do total da obra da nova Estação de Tratamento e Abastecimento – ETA Grande Cristo Rei, estimada em R$ 27 milhões em recursos próprios do Tesouro de Várzea Grande e que vai produzir até 320 litros por segundo ou 27.648 milhões de litros por dia.

Várzea Grande tem hoje outras duas grandes ETAs com a mesma capacidade de captação, tratamento e distribuição, o que deve elevar a produção total de água para 73 milhões de litros dia.

O prefeito Kalil Baracat acompanhado pelo senador Jayme Campos, por diretores do DAE/VG e secretários municipais foram recepcionar as membranas que são produtos importados e que são fundamentais para a operacionalidade da ETA quando ela estiver em operação e produzindo água de qualidade e para atender a demanda de mais de 72 bairros da cidade, o que vai permitir uma melhor utilização de outras duas ETAs existentes e que hoje trabalham sobrecarregadas para atender a demanda total do município.

“Queremos e vamos durante nosso mandato avançar na solução do problema de abastecimento de água, mas sem descuidar do esgotamento sanitário e também de outras ações necessárias como combater o desperdício, o desvio, a inadimplência, enfim uma série de fatores que contribuem para piorar a situação do abastecimento de água em nossa cidade”, disse o prefeito anunciando que somente neste ano de 2021 serão mais de 70 milhões investidos neste setor fundamental para a população, mas que necessita conscientização por parte dos usuários.

Segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS) são necessários em países de clima quente úmido como o nosso cerca de 120 a 130 litros de água por dia para cada homem ou mulher. Várzea Grande após a conclusão desta obra disponibilizará mais de 200 litros/per capita, ou seja, por pessoa, e para cada real investido em abastecimento de água ou esgoto sanitário, são economizados R$ 3,00 em saúde pública já que mais de 92% das doenças são decorrentes da falta do consumo de água potável e de tratamento de esgoto.

Veja Também  NOTA DE ESCLARECIMENTO

O senador Jayme Campos lembrou que as obras foram lançadas na gestão da prefeita Lucimar Sacre de Campos e que serão entregues pelo prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat que atuará ainda com sua equipe para mudar o perfil atual dos consumidores da cidade diante de uma perda de 60% de tudo que é produzido.

“Produzimos mais do que a necessidade, o problema são as perdas e o uso irracional, desmedido, por isso que atuaremos junto a gestão do prefeito Kalil Baracat para investirmos recursos na recuperação das redes distribuidora, em novos equipamentos para reduzir o custo da energia elétrica que é o maior componente da despesa da água entre outras medidas visando atender a própria população, que acaba arcando com o custo alto da produção e distribuição da água e do esgoto por causa dessas perdas”, disse o senador sinalizando que irá aportar mais emendas parlamentares para essas ações.

Kalil Baracat sinalizou que todos os cidadãos precisam se conscientizar de que viver em sociedade demanda muito mais do que simplesmente arcar com suas obrigações, tendo que zelar pelos demais moradores, pois se alguém desvia a água, prejudica os demais.

O presidente do DAE/VG, Carlos Alberto Simões Arruda, lembrou da complexidade de um sistema de captação, tratamento e abastecimento de água de uma cidade de quase 300 mil habitantes e que se faz necessário que a população compreenda que existem custos para produzir e colocar água na casa de todas as pessoas, o que demanda investimentos constantes.

“A pandemia aumentou nosso consumo de água, pois as pessoas têm ficado mais tempo em casa, reduziu de forma drástica nossas receitas com o crescimento exponencial da inadimplência decorrente da suspensão nos cortes e os produtos necessários todos sofreram aumento, então a conta não fecha, pois temos muito mais despesas do que receitas e uma inadimplência que acaba piorando a nossa capacidade de responder aos problemas e solucioná-los”, disse ele, sinalizando que a ultrafiltragem que será executada pela nova ETA está no que existe de mais moderno em termos de captação e tratamento de água para o consumo humano.

Veja Também  Estão abertas inscrições para a 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa

Kalil Baracat sinalizou que a água que será devolvida ao rio e córregos de Várzea Grande será mais pura do que a captada antes do tratamento, portanto, a nova ETA além de resolver um problema crônico de falta de água, também atuará na política ambiental e de preservação dos mananciais hídricos da segunda maior cidade de Mato Grosso.

ULTRAFILTRAGEM – O sistema de ultrafiltração é uma tecnologia de remoção de partículas muito pequenas de líquidos. A membrana utilizada com este método geralmente tem poros que medem de 0,01 a 0,001 mícrons de tamanho; por isso, é pequeno o suficiente para remover a maioria das bactérias, vírus e substâncias de alto peso molecular. Durante a ultrafiltração, o fluxo do líquido se divide em duas correntes, que é conhecido como cross-flow de separação.

O processo de ultrafiltração é comumente usado no tratamento de água potável em conformidade com as normas restritas. Muitos organismos se tornaram resistentes a outros métodos de desinfecção da água, mas um sistema de ultrafiltração remove elementos patogênicos através da água em movimento através de uma membrana, removendo fisicamente cada organismo. Os filtros de membranas muitas vezes são formados em pequenas fibras ocas que medem menos de um milímetro (cerca de 0,04 polegadas) de diâmetro, e que são agrupados dentro de um filtro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana