conecte-se conosco


Policial

Investigado por ameaçar e atear fogo em casa da ex-mulher é preso pela Polícia Civil

Publicado

Policial


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Um homem de 28 anos foi preso preventivamente nesta terça-feira (02.03) pela Polícia Civil de Sorriso por crime cometido no âmbito da violência doméstica. Em dezembro do ano passado, o investigado ateou fogo na casa onde vivia a ex-mulher dele, com quem tem um filho, após a vítima se recusar a retomar o relacionamento.

G.O,.M. teve o mandado de prisão decretado pela 2a Vara Criminal de Sorriso após instauração de inquérito pela Delegacia da Polícia Civil para investigar os crimes de ameaça, lesão corporal e incêndio. Ele foi preso em uma obra, onde estava trabalhando como pintor.

Na madrugada de 17 de dezembro ele ateou na residência da vítima, localizada no bairro Santa Maria II, causando prejuízos materiais.

Com base nas investigações realizadas pela equipe do Núcleo de Defesa da Mulher e Crimes Sexuais, da Delegacia de Sorriso, o delegado Márcio Henrique Portela representou pela prisão do investigado.

Informações obtidas durante as investigações e testemunhos apontam para diversas situações de ameaças e agressões cometidas pelo investigado. Inconformado com a separação, ele passou a perseguir e ameaçar a vítima, indo diversas vezes à residência dela na tentativa de reatar o relacionamento.

Veja Também  Rotam recupera televisores furtados de loja e prende mais três homens envolvidos no crime

Um dia antes de cometer o incêndio, ele foi na residência com a justificativa de visitar o filho do casal, mas novamente voltou a agredir a vítima e a ameaçou de morte, dizendo que voltaria para atear fogo na casa. Com medo, a mulher foi para a casa de um familiar com o bebê.

Na madrugada do dia 17 de dezembro, a vítima foi informada de que a casa estava pegando fogo e a Polícia Civil coletou depois informações de que o suspeito foi visto ateando fogo ao local.

“Houve um incêndio de grandes proporções na residência da vítima causando-lhe evidente prejuízo não só material. O representado de forma premeditada, revelando assim maior culpabilidade, ateou fogo na casa da vítima, cumprindo assim parte da ameaça feita anteriormente, no dia em que agrediu a vítima fisicamente, algo que era comum, conforme foi apurado”, destaca o delegado.

Testemunhos coletados pela Polícia Civil corroboram a denúncia da vítima, de que as ameaças e agressões eram constantes. Em um dos depoimentos, o investigado teria dito aos gritos à vítima que ela ‘ia pagar’ e que ia embora, mas que ia voltar e ‘atear fogo na casa com a vítima dentro”.

Veja Também  Suspeito de estuprar e agredir vítima por mais de 10 horas é preso em flagrante pela Polícia Civil em Sorriso

Após o cumprimento da prisão, realizada com apoio da equipe da Derf, o investigado foi encaminhado à unidade do Sistema Penitenciário em Sorriso.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

PM e PJC encerram festa com aglomeração, menores e consumo de narguilé em Itiquira

Avatar

Publicado


Vinte e duas pessoas, sendo 15 homens, três mulheres e quatro adolescentes entre 13 e 16 anos – foram pegas participando de uma festa em um rancho, na zona rural de Itiquira (a 357 km de Cuiabá). O organizador do evento e o dono do veículo com o som foram encaminhados à delegacia da cidade, na noite deste sábado (17.04), por  infringirem determinação pública que impede a propagação de doença contagiosa.

A ocorrência foi atendida por policiais do 3º Pelotão e agentes da Polícia Judiciária Civil. A denúncia descrevia além da aglomeração que menores de idades estariam consumindo bebida alcoólica e narguilé.

No local, a informação foi confirmada e agravada, pois as pessoas não usavam máscaras,  compartilharem narguilé e consumiam cerveja.

 A festa foi encerrada, as pessoas dispersadas e apreendidos um aparelho e uma caixa de som, dois tweeter e dois alto falantes, além do veículo Ford Ka prata.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Usando pistola de cola quente em assalto, adolescente é rendido por policiais
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Moradores denunciam poluição sonora e rapaz é conduzido à delegacia em Rondonópolis

Avatar

Publicado


Uma equipe da 2ª Companhia de Proteção Ambiental em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia na madrugada deste domingo (18.04), um rapaz de 21 anos, por poluição sonora.

A denúncia chegou via celular funcional da unidade de moradores do residencial Juscelino Ferreira de Farias, incomodados com o volume do som que vinha de uma casa nas proximidades.   

Os policiais foram até a casa denunciada e, com um decibelímetro fizeram a aferição dos ruídos sonoros e constatado valor bem acima do permitido. O aparelho foi apreendido.

Junto com o boletim de ocorrência foi produzido um relatório técnico da situação.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Suspeito de estuprar e agredir vítima por mais de 10 horas é preso em flagrante pela Polícia Civil em Sorriso
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana