conecte-se conosco


Policial

Homem investigado por importunação sexual durante entrevista de empregado é preso em Cuiabá 

Publicado

Policial


 Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DDM) de Cuiabá, efetuou a prisão de um empresário na sexta-feira (26.02) em ação para cumprimento de mandado de prisão preventiva.

O suspeito de 45 anos teve a ordem judicial de prisão decretada, após investigação em quatro procedimentos de inquéritos policiais conduzidas pela DDM de Cuiabá, todos envolvendo crime de violência sexual contra várias vítimas. 

De acordo com o delegado de polícia responsável pelas diligências, Cley Celestino Batista, a equipe da Delegacia da Mulher já estava em investigações e serviços de campana há alguns dias, quando na sexta-feira (26) uma policial civil avistou o empresário saindo de um comércio na Capital.

“De imediato a investigadora solicitou apoio de uma equipe da Delegacia Fazendária (Defaz), que prontamente auxiliou no cumprimento do mandado de prisão e condução do autor”, destacou o delegado.

Conforme apurado pela Polícia Civil, no ano passado (2020) o empresário foi preso em flagrante por importunação sexual cometido contra uma vítima de 18 anos. Na ocasião, ele declarou que foi até a empresa do autor, na época, para uma entrevista de trabalho e, ao longo da entrevista sofreu várias situações de constrangimentos por parte dele,  o qual lhe obrigou, inclusive a tirar suas roupas e mostrar suas tatuagens, sendo praticado o crime de importunação sexual  mediante a sequência de atos libidinosos perpetrados contra a vítima.

Veja Também  Batalhão Ambiental auxilia em coleta no Rio Cuiabá para estudos de impactos das queimadas

Além da vitima em questão, outras três mulheres registraram ocorrência da mesma natureza, também em 2020, imputando ao autor o crime de importunação sexual e assédio sexual.  Na narrativa das vítimas, a Polícia Civil constatou o mesmo “modus operandi” contra todas.

A delegada Jozirlethe Magalhães Criveletto ressalta que a investigação também reporta para a importância da denúncia por parte das vítimas. “A partir do momento em que não somente a primeira vítima, mas outras criaram a coragem para denunciar o autor, houve condições de se representar por uma prisão preventiva com bases sólidas, de que esse autor, estando livre, poderia vir a praticar o mesmo crime contra outras vítimas”, frisou a delegada. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

PM e PJC encerram festa com aglomeração, menores e consumo de narguilé em Itiquira

Avatar

Publicado


Vinte e duas pessoas, sendo 15 homens, três mulheres e quatro adolescentes entre 13 e 16 anos – foram pegas participando de uma festa em um rancho, na zona rural de Itiquira (a 357 km de Cuiabá). O organizador do evento e o dono do veículo com o som foram encaminhados à delegacia da cidade, na noite deste sábado (17.04), por  infringirem determinação pública que impede a propagação de doença contagiosa.

A ocorrência foi atendida por policiais do 3º Pelotão e agentes da Polícia Judiciária Civil. A denúncia descrevia além da aglomeração que menores de idades estariam consumindo bebida alcoólica e narguilé.

No local, a informação foi confirmada e agravada, pois as pessoas não usavam máscaras,  compartilharem narguilé e consumiam cerveja.

 A festa foi encerrada, as pessoas dispersadas e apreendidos um aparelho e uma caixa de som, dois tweeter e dois alto falantes, além do veículo Ford Ka prata.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Batalhão Ambiental auxilia em coleta no Rio Cuiabá para estudos de impactos das queimadas
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Moradores denunciam poluição sonora e rapaz é conduzido à delegacia em Rondonópolis

Avatar

Publicado


Uma equipe da 2ª Companhia de Proteção Ambiental em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia na madrugada deste domingo (18.04), um rapaz de 21 anos, por poluição sonora.

A denúncia chegou via celular funcional da unidade de moradores do residencial Juscelino Ferreira de Farias, incomodados com o volume do som que vinha de uma casa nas proximidades.   

Os policiais foram até a casa denunciada e, com um decibelímetro fizeram a aferição dos ruídos sonoros e constatado valor bem acima do permitido. O aparelho foi apreendido.

Junto com o boletim de ocorrência foi produzido um relatório técnico da situação.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Batalhão Ambiental auxilia em coleta no Rio Cuiabá para estudos de impactos das queimadas
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana