conecte-se conosco


MEGA

Mega-Sena de R$ 50 milhões! Concorra apostando muito e gastando pouco

Publicado

Destaque

 

 

source

A última semana de fevereiro reservou o primeiro sorteio da  Mega-Sena em 2021 na casa dos R$ 50 milhões. Neste sábado (27), às 20h (de Brasília), é essa a expectativa para o concurso 2348. E para o maior prêmio das loterias no ano, jogos mais do que especiais podem deixar o apostar bem mais próximo de conquistar os tão sonhados milhões que estão em jogo!

Mega-Sena acumula e pagará R$ 50 milhões neste sábado (27)
O Dia

Mega-Sena acumula e pagará R$ 50 milhões neste sábado (27)

Através dos bolões do  Mega Loterias é possível fazer múltiplas apostas gastando bem pouco. São dezenas, centenas de jogos a um preço acessível. Além disso, eles são projetados por nossos especialistas em jogos lotéricos, fazendo com que até quem não entenda do assunto possa apostar com inteligência e economia.

+Acesse o Mega Loterias e aposte sem sair de casa

Quer concorrer aos R$ 50 milhões da Mega-Sena que podem mudar a sua vida para sempre? Então confira algumas opções de bolões que separamos especialmente para nossos usuários!

Veja Também  Caixa Econômica vai antecipar calendário do auxílio emergencial

Bolão quente

Nos dois últimos sorteios, esse  bolão premiou os apostadores com quadra. E olha que ele é o mais barato que o Mega Loterias oferece! Isso prova que não é preciso jogos mirabolantes ou técnicas milagrosas. Por apenas R$ 5, o apostador joga com um jogo pé-quente.

Você viu?

Esse bolão é composto por cinco cartelas de sete dezenas da Mega-Sena. Por se tratar de jogos com mais do que seis números, ele oferece a possibilidade de premiação multiplicada. Além de poder ganhar várias quadras e quinas, essa aposta é 30 vezes mais barata no bolão do que sozinha.

Bolão da tendência

Estatisticamente, os números sorteados da Mega-Sena a cada concurso se dividem entre os que mais saem na história e os que há mais tempo estão sem sair (dezenas atrasadas). E esse  bolão aqui segue exatamente essa lógica.

Separamos as 15 dezenas que mais vezes foram sorteadas e as 15 que há mais tempo não aparecem e colocamos elas em 12 apostas de oito números. A expectativa para ser premiado é boa e é mais um jogo que oferece premiação multiplicada. Tudo isso por apenas R$ 50.

Veja Também  ONU antecipará entrega de 4 milhões de doses de vacinas contra Covid ao Brasil

Bolão top

Para os R$ 50 milhões da Mega-Sena preparamos dois grupos premium para concorrer. Um deles é esse  aqui que utiliza a técnica de desdobramento, isso é, apostas simples em volume para aumentar as chances.

São “apenas” três cartões: um com dez números e outros dois com nove. Sabe quanto isso equivale? A nada menos do que 378 apostas simples! A possibilidade de receber premiação multiplicada aparece mais uma vez e tudo isso custa apenas R$ 100.

Confira mais opções

O Mega Loterias tem opções para todos os gostos e bolsos. Veja a lista de bolões disponíveis para a Mega-Sena R$ 50 milhões, confira na descrição de cada um deles as vantagens de apostar assim e compre quantas cotas quiser!

Comentários Facebook

Destaque

Mato Grosso ultrapassa a marca de 9 mil mortes por Covid-19

Avatar

Publicado

Mato Grosso chegou a 9.031 mortes em decorrência da Covid-19 neste sábado (17), conforme dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT). Somente neste ano, foram 4.511 óbitos, o que representa 49,9% do total registrado durante a pandemia.

Em oito meses de pandemia em 2020, Mato Grosso notificou 4.520 mortes. Já nos primeiros quatro meses de 2021, o estado se aproxima desta marca.
Neste ano, a média de mortes é de 301 pessoas por semana.
No entanto, as últimas semanas foram mais letais. Em menos de duas semanas, morreram cerca de mil pessoas. No dia 5 deste mês, Mato Grosso bateu oito mil óbitos. Agora já são mais de 9 mil vidas perdidas.
O número de casos também está próximo do índice registrado durante 2020. No ano passado, foram 180,4 mil pessoas infectadas pelo coronavírus no estado. Neste ano, já são 161.843 casos confirmados.
Nas últimas 24 horas, Mato Grosso registrou 34 mortes em decorrência da Covid-19 e 1.169 novos casos.
Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (72.681), Rondonópolis (25.516), Várzea Grande (22.409), Sinop (17.959), Sorriso (12.304), Tangará da Serra (11.393), Lucas do Rio Verde (11.005), Primavera do Leste (9.771), Cáceres (7.351) e Alta Floresta (6.498).

Comentários Facebook
Veja Também  Mato Grosso ultrapassa a marca de 9 mil mortes por Covid-19
Continue lendo

Destaque

Dia Mundial da Hemofilia: condição genética dificulta coagulação

Avatar

Publicado

 

O Dia Mundial da Hemofilia, neste sábado, 17 de abril, foi criado com a finalidade de conscientizar a sociedade e difundir informações sobre a hemofilia e outras desordens hemorrágicas hereditárias que afetam mais de 24 mil pessoas no Brasil. A hemofilia afeta a coagulação do sangue e provoca dificuldade para controlar sangramentos.

Neste ano, a Associação Brasileira de Pessoas com Hemofilia (Abraphem) lançou a campanha Dominando a Hemofilia: Construindo Conhecimento para um Melhor Tratamento. No início do mês, a associação lançou um jogo de tabuleiro que foi distribuído gratuitamente a crianças de 6 a 9 anos em hemocentros de todo o país. Neste sábado, a associação vai lançar um vídeo educativo para crianças e promover um debate online sobre Inibidores: Mitos e Realidade. As informações estão no site da Abraphem.

De acordo com a presidente da associação, Mariana Freire, um dos desafios permanentes no Brasil é garantir atendimento multidisciplinar fora dos grandes centros: “Pacientes que vivem longe dos grandes centros ficam sem a possibilidade de tratamento ortopédico, fisioterapêutico e odontológico especializados, que são essenciais para a qualidade de vida das pessoas com hemofilia”.

Veja Também  Morre vítima de coronavírus professor Loracil, diretor da Escola Tenente Abílio

Pandemia

Outro tema de destaque neste ano são os desafios às pessoas com hemofilia no contexto da pandemia de covid-19. De acordo com Abraphem, no início da pandemia não houve tantos prejuízos.

O Ministério da Saúde orientou que fossem disponibilizadas doses dos fatores proteicos usados no tratamento da hemofilia para dois meses. O objetivo era evitar o deslocamento frequente dos pacientes aos hemocentros. No ano passado, consultas chegaram a ser suspensas, mas com a redução das curvas de mortes e casos de covid-19 em todo o país, muitos centros voltaram à rotina normal.

Contudo, com a chegada da segunda onda de covid-19 no fim do ano, as consultas voltaram a ser suspensas em muitos estados, o que gerou dificuldades de atendimento.

Características

A hemofilia está presente fundamentalmente em homens. A taxa de incidência é de um caso a cada 5 mil a 10 mil nascimentos para hemofilia A, e um a cada 30 mil a 40 mil na modalidade de hemofilia B. A diferença entre elas diz respeito ao fator de coagulação que cada uma atinge, além da incidência: o tipo A é cinco vezes mais comum que o B.

Veja Também  Caixa Econômica vai antecipar calendário do auxílio emergencial

De acordo com a Abraphem, o único tratamento é o da infusão do fator de coagulação na veia. O procedimento é realizado em centros de tratamento de hemofilia.

Cuidados

Conforme a Abraphem, é importante que as famílias e amigos tratem pessoas com hemofilia da mesma forma que tratam outras. No caso de crianças que ainda não aprenderam a reconhecer dor e sangramento, a entidade faz algumas recomendações.

Pais devem observar, por exemplo, se há manchas roxas na pele ou em partes do corpo, perda de sangue pela boca ou algum músculo ou articulação contraídos ou com dificuldade de movimentação.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana