conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo de Mato Grosso vai encaminhar projeto que beneficia aposentados com doenças raras

Publicado

Mato Grosso


O governador Mauro Mendes vai encaminhar, nos próximos dias, um projeto de lei para a Assembleia Legislativa que visa beneficiar os aposentados que possuem doenças raras, no que tange à alíquota de contribuição previdenciária.

A decisão em relação ao projeto foi definida na manhã desta sexta-feira (26.02), após reunião com o chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho; com o presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi; e com os deputados estaduais Eduardo Botelho, Dr. Eugênio, Dr. Gimenez e Valmir Moretto. Também participaram da articulação os deputados Paulo Araújo, Xuxu Dal Molin, Janaina Riva, Elizeu Nascimento, Nininho, Sebastião Resende, Silvio Fávero, Dr. João, Wilson Santos, Romoldo Júnior, Dilmar Dal Bosco, Thiago Silva, Carlos Avalone, Allan Kardec e Faissal Kalil.

“Estamos discutindo uma forma de diminuir o impacto na aposentadoria dos portadores de doenças raras. O Estado de Mato Grosso está sensível a isso. Estávamos quase construindo um projeto que seria bom para todos, mas infelizmente atravessou um projeto na Assembleia, que criou constrangimentos para os deputados. Era um projeto ilegal, inconstitucional e acabou sendo aprovado e, ao final, tivemos que vetar porque recebemos uma notificação do Ministério Público”, relatou o governador.

Veja Também  Pantaneiros participam de capacitação de enfrentamento aos incêndios florestais

Mauro Mendes afirmou que a proposição ainda não foi finalizada e será aprimorada com o auxílio da Assembleia Legislativa.

“Aqui no Governo temos que adotar as medidas para que as coisas sejam feitas de forma correta. Essas doenças raras vão ser tratadas dentro de um projeto de lei para minimizar esse desconto, como forma de contribuir com esse cidadão que está em um momento difícil enfrentando um tratamento de saúde. Com muita verdade e responsabilidade vamos continuar trabalhando, consertando Mato Grosso, colocando as coisas em dia e fazendo com que essas entregas possam alcançar a maioria da população e também os nossos servidores que sempre tiveram e sempre terão o nosso respeito”, relatou.

Conforme o governador, a Assembleia Legislativa tem sido fundamental para essa discussão.

“Agradeço muito ao apoio dessa Casa de Leis, porque tem trabalhado com seriedade e responsabilidade para que tenhamos um estado melhor para todos”, declarou.

O presidente da Assembleia Legislativa agradeceu a sensibilidade do governador e dos demais parlamentares em relação aos aposentados que enfrentam essas dificuldades.

Veja Também  Em Mato Grosso, 27 municípios estão com risco muito alto de contaminação pela Covid-19

“Conseguimos dar um passo importante para encaminhar esse projeto à Assembleia, e tenho certeza que haverá agilidade para contar com a aprovação e o apoio de todos os deputados”, ressaltou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Pantaneiros participam de capacitação de enfrentamento aos incêndios florestais

Avatar

Publicado


O 1° Pelotão Independente do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), localizado na cidade de Poconé (104 km de Cuiabá), inicia nesta quarta-feira (21) mais um ciclo de capacitação dos pantaneiros da região. A ideia é orientar moradores com as práticas das principais técnicas de ações preventivas aos incêndios florestais na região do portal Pantanal mato-grossense.

O encontro, que está sendo realizado na Estância Vitória (Rodovia Transpantaneira Km 33), reúne uma turma de 15 pantaneiros de fazendas, chácaras e sítios da região.  Durante dois dias será realizado o nivelamento piloto, uma troca de experiências e repasse de informações do local sobre toda a situação das queimadas.

De acordo com as informações repassadas pelo comandante do 1° Pelotão Independente do CBMMT, tenente Thiago Soares, no primeiro dia de capacitação, os monitores do CBM com experiência no combate a incêndios repassam o conhecimento teóricos que “inclui o início do fogo, básico do incêndio florestal, tipos de combate; direto e indireto, organização de pessoas e atendimento hospitalar”.

No segundo dia de curso, os pantaneiros vivenciam situações práticas, experiências de pequenas queimadas. Um ato intencional realizado em um espaço seguro pelos bombeiros para os ensinamentos das “características do fogo para demonstrar alguns pontos teóricos na situação real”, preparando os pantaneiros para realizar ações de combate, caso o fogo se aproxime de seus estabelecimentos, casas ou propriedades.

Veja Também  Membros da CGE participam de curso sobre autoavaliação da atividade de auditoria interna

Embora os incêndios florestais só ocorram no segundo semestre do ano, período da seca, ações planejadas já estão em construção com objetivo de resultar em queda no número de focos de incêndio em Mato Grosso.

O número limitado de 15 pessoas é para garantir a segurança de todos com o distanciamento social e os demais protocolos de prevenção da Covid-19. Essas capacitações servirão de base para nivelar, até o final de maio, mais de 300 pantaneiros.  A realização desses cursos conta com apoio direto do Órgão Estadual de Proteção e Defesa Civil, Sindicato Rural e da Prefeitura Municipal de Poconé.

A execução de mais uma etapa da capacitação, faz parte do Plano de Operações para a Temporada de Incêndios Florestais (POTIF 2021) e tem o objetivo de posicionar equipes de militares para promover ações preventivas para minimizar os impactos dos desastres ocasionados pelos incêndios no Pantanal.  

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso investe R$ 14,1 milhões em reforma e ampliação do Hospital Adauto Botelho

Avatar

Publicado


Desde julho de 2020, o Hospital Adauto Botelho passa por reforma e ampliação, estimadas em aproximadamente R$ 14,1 milhões. Até o momento já foi executado 30% da obra, que prevê a ampliação de 3.057,39 m² e conclusão em novembro de 2021.

O hospital psiquiátrico está localizado no Bairro Coxipó da Ponte, em Cuiabá, e contempla 105 leitos que compõem os blocos de emergência e atendimento a pacientes adultos e idosos.

Com a modernização estrutural, a unidade passará a contar com seis consultórios multiprofissionais, salas para terapia ocupacional, salão, barbearia, sala de TV, cozinha terapêutica e quadra para atividades esportivas.

O hospital é parte do Centro de Integrado de Assistência Psicossocial (CIAPS) Adauto Botelho, complexo que conta com cinco unidades de referência para o atendimento à saúde mental em Mato Grosso. O Centro responsável por prestar atendimento às pessoas em sofrimento psíquico ou transtorno mental, incluindo necessidades decorrentes do uso de substâncias psicoativas, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o diretor geral do CIAPS, Paulo Henrique de Almeida, a unidade não recebia um investimento deste porte há 20 anos. “Esse investimento é de suma importância tendo em vista que o CIAPS é referência para o atendimento psiquiátrico em todo o estado de Mato Grosso, exclusivamente pelo SUS. Há mais de 20 anos que se espera por essa reforma que dará melhor qualidade no atendimento ao usuário e ao ambiente de trabalho para os servidores”, avaliou.

Veja Também  Governo de Mato Grosso investe R$ 14,1 milhões em reforma e ampliação do Hospital Adauto Botelho

A unidade hospitalar oferece a promoção e atenção à saúde mental da população, com internação de curta permanência para pessoas que apresentam transtornos mentais severos.

O Hospital Adauto Botelho foi inaugurado em 1957. Em 1991, a unidade hospitalar foi fechada para reforma, sendo reinaugurada em 1993, com a denominação de Centro Integrado de Assistência Psicossocial (CIAPS).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana