conecte-se conosco


Mato Grosso

Campanha de financiamento coletivo Museu de Arte Sacra 3D entra na reta final

Publicado

Mato Grosso


Segue aberta até segunda-feira (01.03) a campanha de financiamento coletivo Museu de Arte Sacra 3D. A ação, que visa fabricar peças do acervo em tecnologia 3D para garantir experiência sensorial a deficientes visuais e a crianças, arrecadou até agora 87% do valor necessário para sua efetivação.

O projeto do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso foi aprovado pelo edital de patrimônio cultural do Banco Nacional do Desenvolvimento  (BNDES).  A cada R$ 1,00 arrecadado, o Banco investe mais R$ 2,00 – triplicando o valor. Mas para assegurar a execução total, é necessário atingir a meta de R$ 126 mil arrecadados.

“É tudo ou nada. A intenção é  assegurar acessibilidade para que os deficientes visuais e crianças tenham uma experiência sensorial tocando as réplicas. Para isso, contamos com o apoio da população nessa reta final, pois precisamos alcançar a meta estipulada pelo BNDES”, explica Viviene Lozi, diretora do Museu.

Com essência do ganha-ganha, quem colabora recebe uma recompensa de acordo com o valor depositado. As colaborações vão de R$ 20 a R$ 5 mil, com kits de retribuição contendo box de cartões postais, canecas, camisetas, gravuras, lumintárias dentre outros itens. 

Veja Também  Sefaz apreende carga de bebidas alcoólicas sem nota fiscal

Os recursos serão usados para compra dos materiais de fabricação, pagamento de equipe, prestadores de serviços, recompensas e custos administrativos.  Para apoiar, basta acessar o site www.benfeitoria.com/museudeartesacra3d

A produção das obras em 3D será feita pelo Laboratório de Arquitetura e Urbanismo da UFMT (LAB.AU/FABLAB) que irá trabalhar com diversas ferramentas contemporâneas, incluindo as impressoras. As artes das recompensas têm o apoio do artista plástico e arquiteto Carlos Pina e do professor Mauricio Oliveira, do LAB.AU/UFMT.

Para as pessoas jurídicas que apoiam o projeto, a campanha oferece ainda o selo de ‘Empresa amiga do Museu’.

“Nós temos um painel na entrada do museu com as marcas das empresas que nos apoiarem. Ampliaremos a divulgação delas em nossos canais de comunicação e em futuras exposições. É uma visibilidade positiva essa associação da marca com a cultura e a inclusão”, destaca Viviene.  

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso 

O Museu é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) e está localizado na Praça do Seminário,  bairro Dom Aquino, na capital.  Seu acervo reúne peças remanescentes de algumas igrejas de Cuiabá, como da antiga Catedral do Senhor Bom Jesus de Cuiabá demolida em 1968. O espaço também abriga objetos, documentos e publicações de Dom Aquino Corrêa e registros do Santo Papa João Paulo II em sua passagem por Cuiabá, além de exposições transitórias.

Veja Também  Secretaria de Saúde lamenta falecimento de ex-secretário

Serviço

Campanha de arrecadação Museu de Arte Sacra 3D

Prazo: até 1º de março

Site para colaborar: benfeitoria.com/museudeartesacra3d

Contatos: (65) 3056-1373 | (65) 99965-0319 | [email protected]

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Educação em MT inaugura nova fase do regime de colaboração

Avatar

Publicado


A educação é parte essencial na vida de todas as pessoas, sejam crianças, jovens ou adultos. Em Mato Grosso e em qualquer lugar do mundo a educação é um dos principais fatores para a formação de cidadãos conscientes e mobilidade social.

É para amparar e dar todo o suporte técnico e financeiro a este movimento que o governador Mauro Mendes apresentou, o “Programa Educação Já, Mato Grosso”, uma série de ações cujos conceitos centrais são o trabalho em regime de colaboração com prefeitos e secretários municipais para elevar a alfabetização e a aprendizagem de qualidade entre os alunos dos dois primeiros anos iniciais do Ensino Fundamental. 

Vamos trabalhar em regime de colaboração com o Estado, municípios, escola e sociedade organizada pela qualidade no sistema educacional, pelo regime previsto na Constituição Federal (CF) e no Plano Nacional de Educação (PNE). Com boas práticas educacionais, baseadas em evidências de outros estados e do mundo. Juntos, vamos colocar a educação de Mato Grosso em índice alto de qualidade.

A organização do programa requer estabelecer e definir metas, indicadores e governança que serão monitorados permanentemente para que a alfabetização e todo o ciclo inicial da educação da primeira infância tenham resultados satisfatórios de ensino e aprendizagem dos alunos.

Veja Também  Batalhão Ambiental auxilia em coleta no Rio Cuiabá para estudos de impactos das queimadas

Uma das premissas centrais do programa baseia-se no fato de que o aluno é do município, independente da rede. E por isso vamos todos juntos fomentar apoio técnico e financeiro necessários para atingir nossos objetivos. E para isso, o governador Mauro Mendes, no lançamento do programa, já deixou claro que haverá recursos públicos suficientes e bem aplicados para investir e prover de infraestrutura física e tecnológica as unidades escolares, graças ao acúmulo de verba pública obtida pela redução de gastos e equilíbrio fiscal rigoroso implantado pela gestão estadual entre 2019 e 2020.

Essa atitude de gestão responsável em todo o governo e, especificamente na educação, permitiu os investimentos para criar as condições adequadas para a melhoria do ambiente humano e de infraestrutura das escolas estaduais.

Mas, sabemos que o sonho de entender e interpretar o mundo pelo conhecimento permitido pela educação de qualidade requer um esforço coletivo. Com participação de pais, mães e responsáveis pela longa caminhada de pessoas desde a primeira infância até à formação profissional adulta.

Veja Também  Doses das vacinas já estão disponíveis para retirada por Cuiabá e VG; Estado concluiu envio de remessas para o interior

Por isso, vamos perseguir nossas convicções, fundamentos, práticas educacionais e planos traçados para melhorar a educação com foco na alfabetização no primeiro e segundo anos do Ensino Fundamental, amparados em um trabalho diário da Seduc e dos municípios.

Queremos colocar a educação de Mato Grosso entre as 5 melhores do Brasil. Para atingir a meta, sabemos claramente que 70% do sucesso da educação é gente. E, paralelo ao programa de alfabetização colaborativa, já temos planos de valorização profissional, formação continuada dos professores e técnicos e a avaliação periódica da qualidade do ensino ofertado aos nossos estudantes de Mato Grosso.
 
Sabemos dos obstáculos e barreiras, mas, vamos implementar o regime de colaboração entre o Estado e os municípios na alfabetização para alcançar os sonhos do conhecimento advindo com a educação. E permitir no médio e longo prazo os primeiros degraus da escada para a mobilidade social de que muita gente depende em Mato Grosso e no Brasil para a sobrevivência e a felicidade efetiva.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Batalhão Ambiental auxilia em coleta no Rio Cuiabá para estudos de impactos das queimadas

Avatar

Publicado


Denominada de Operação Fauna, durante dois dias, na quinta e sexta-feira (15 e 16.04),  uma equipe da 1ª Companhia do Batalhão Ambiental junto com pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), realizaram coleta do Rio Cuiabá para pesquisa dos danos causados pelas queimadas.

As coletas de material hídrico foram realizadas por dois pesquisadores da UFMT em Santo Antônio do Leverger, Barão de Melgaço, Porto Cercado e Poconé. Os trabalhos transcorreram sem alteração.  

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Também  Parques Estaduais serão reabertos na segunda-feira (19.04); uso obrigatório de máscara
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana