conecte-se conosco


Policial

Ação integrada leva informações e amparo a mulheres que tiveram medidas protetivas descumpridas

Publicado

Policial


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil e parceiros iniciaram nesta quinta-feira (25.02), em Cuiabá, a Operação Empática com o objetivo de levar amparo social e atenção a mulheres vítimas de violência doméstica. O trabalho é realizado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher da Capital (DEDM) em parceria com a Patrulha Maria da Penha, da Polícia Militar e o Espaço da Mulher do Hospital Municipal de Cuiabá.

O trabalho integrado e de cunho preventivo realizou visitas domiciliares a vítimas desse tipo de violência doméstica e que já possuem registros de ocorrências, especialmente aquelas que sofreram o descumprimento de medidas protetivas por parte dos agressores. 

Durante os encontros realizados, com o apoio da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher de Cuiabá, foi possível formar uma equipe multidisciplinar levando acolhimento e informações e realizando encaminhamentos e proteção às vítimas de violência doméstica. 

Conforme a delegada titular da DEDM de Cuiabpa Jozirlethe Criveletto, com uma visão preventiva e atuante a unidade especializada vem adotando a distribuição imediata de todos os registros de ocorrências relativos ao descumprimento de medidas protetivas, conforme a Lei 13641/18 que incluiu o art. 24-A na Lei 11340/06.

Veja Também  Moradores denunciam poluição sonora e rapaz é conduzido à delegacia em Rondonópolis

“Este ano, visando aprimorar a prevenção ao feminicídio, a nossa unidade especializada constou no seu Planejamento para 2021, as operações Pró-Empáticas, que são realizadas no formato das visitas domiciliares às vítimas com casos de descumprimento de medidas praticados pelos autores”, explicou a delegada.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

PM e PJC encerram festa com aglomeração, menores e consumo de narguilé em Itiquira

Avatar

Publicado


Vinte e duas pessoas, sendo 15 homens, três mulheres e quatro adolescentes entre 13 e 16 anos – foram pegas participando de uma festa em um rancho, na zona rural de Itiquira (a 357 km de Cuiabá). O organizador do evento e o dono do veículo com o som foram encaminhados à delegacia da cidade, na noite deste sábado (17.04), por  infringirem determinação pública que impede a propagação de doença contagiosa.

A ocorrência foi atendida por policiais do 3º Pelotão e agentes da Polícia Judiciária Civil. A denúncia descrevia além da aglomeração que menores de idades estariam consumindo bebida alcoólica e narguilé.

No local, a informação foi confirmada e agravada, pois as pessoas não usavam máscaras,  compartilharem narguilé e consumiam cerveja.

 A festa foi encerrada, as pessoas dispersadas e apreendidos um aparelho e uma caixa de som, dois tweeter e dois alto falantes, além do veículo Ford Ka prata.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Usando pistola de cola quente em assalto, adolescente é rendido por policiais
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Moradores denunciam poluição sonora e rapaz é conduzido à delegacia em Rondonópolis

Avatar

Publicado


Uma equipe da 2ª Companhia de Proteção Ambiental em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia na madrugada deste domingo (18.04), um rapaz de 21 anos, por poluição sonora.

A denúncia chegou via celular funcional da unidade de moradores do residencial Juscelino Ferreira de Farias, incomodados com o volume do som que vinha de uma casa nas proximidades.   

Os policiais foram até a casa denunciada e, com um decibelímetro fizeram a aferição dos ruídos sonoros e constatado valor bem acima do permitido. O aparelho foi apreendido.

Junto com o boletim de ocorrência foi produzido um relatório técnico da situação.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Usando pistola de cola quente em assalto, adolescente é rendido por policiais
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana