conecte-se conosco


EDUCAÇÃO

Reaplicação do Enem tem mais de 70% de abstenção

Publicado

EDUCAÇÃO


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou, no primeiro dia de reaplicação, ontem (23), 72,2% de ausências entre os candidatos inscritos. Hoje (24), no segundo dia de reaplicação, essa porcentagem foi 72,6%. Os dados foram divulgados nesta noite pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

Esta é a terceira e última rodada de aplicação do Enem 2020, após o Enem impresso regular e o Enem digital. Os números incluem os dados da reaplicação do Enem e também da aplicação, pela primeira vez, em todo o estado do Amazonas, e nos municípios de Espigão D’Oeste e Rolim de Moura, ambos em Rondônia. Nesses locais, o Enem regular foi cancelado por causa do agravamento da pandemia do novo coronavírus. 

Podiam solicitar a reaplicação os participantes que estavam inscritos no Enem regular, mas que tiveram sintomas da covid-19 ou outra doença infectocontagiosa ou, ainda, que foram prejudicados por questões logísticas, como falta de luz, no dia do exame. 

Ao todo, de acordo com o Inep, 63.468 estudantes fizeram as provas do primeiro dia e 64.213, do segundo. O exame foi aplicado no Distrito Federal e em 1.503 municípios distribuídos em todos os estados. 

Veja Também  Universidade Virtual do Estado de São Paulo oferece 11 mil vagas

As provas do Enem 2020, no entanto, não foram realizadas pelos 753 inscritos no município de Boca do Acre, no Amazonas, devido a fenômenos da natureza que impossibilitaram a logística de aplicação do exame.

“Conseguimos fazer a prova regular, a digital e a reaplicação. Foi bastante difícil. Nós tivemos várias alterações em relação ao que normalmente fazemos”, disse, em nota, o presidente do Inep, Alexandre Lopes. “Na parte das inscrições, da logística, conseguir salas, imprimir provas, trazer as pessoas e comissões ao Inep, durante a pandemia, para montar as provas, além de definir protocolos de biossegurança, foram contextos atípicos”.

Segundo Lopes foi necessário inovar bastante na forma de fazer o Enem “para entregá-lo à sociedade e dar oportunidade aos participantes que, a partir de agora, poderão dar o próximo passo e buscar o sonho de acesso à educação superior”.

Enem PPL 

Também fizeram o Enem nesta terça e quarta-feira os adultos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL). Dos cerca de 42 mil inscritos, segundo o Inep, 24,9% faltaram no primeiro dia e 28% no segundo. 

Veja Também  Música Carinhoso é a mais tocada no país, revela o Ecad

O Enem PPL é aplicado dentro de unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional e socioeducativa de cada unidade da Federação. Só podem participar aqueles que assinam Termo de Adesão, Responsabilidade e Compromisso por meio de um sistema on-line.

Resultados 

Os gabaritos das provas objetivas estarão disponíveis, segundo o Inep, na segunda-feira (1º) junto com os Cadernos de Questões. Os resultados do Enem 2020, tanto do impresso quanto do digital e da reaplicação, serão divulgados no dia 29 de março. 

As notas do Enem  poderão ser usadas para ingressar no ensino superior e para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook

EDUCAÇÃO

Mais 301 escolas municipais do Rio voltaram hoje às aulas presenciais

Avatar

Publicado


A nova fase do ensino presencial na rede municipal de ensino do Rio de Janeiro começou hoje (21) com mais 301 escolas. Amanhã (22), mais 63 escolas retomam com o ensino presencial. Com isso, a partir desta semana, a rede municipal de educação do Rio terá 783 unidades escolares com ensino presencial, contemplando todo o ensino fundamental I, da pré-escola até o 6º ano carioca.

O secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha, disse que a rede segue rigoroso protocolo sanitário, o que permite o retorno das aulas presenciais com responsabilidade. Segundo ele, com o início do ano letivo, foram destinados mais de R$ 18 milhões para as unidades escolares fazerem ajustes e pequenas reformas.

“Antes de uma escola retomar com o ensino presencial, precisa passar por todas as adequações necessárias e, assim, ficar apta a receber alunos, professores, funcionários, pais e responsáveis com segurança”, afirmou, em nota.

Entre os protocolos sanitários estabelecidos estão o uso de máscara facial obrigatório exceto para crianças de até 3 anos, horário escalonado de entrada, saída e recreio dos alunos, refeições nas salas de aula, e distanciamento de 1,5 metro.

Veja Também  Música Carinhoso é a mais tocada no país, revela o Ecad

Os estudantes e profissionais que sejam de grupo de risco para a covid-19 não deverão participar das atividades presenciais.

Edição: Aécio Amado

Comentários Facebook
Continue lendo

EDUCAÇÃO

Olimpíada de História do Brasil recebe inscrições até sexta-feira

Avatar

Publicado


As inscrições para a Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) estão abertas até a próxima sexta-feira (23). A competição, realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é aberta para professores e alunos do ensino fundamental (8º e 9º anos) e do médio de escolas públicas e particulares de todo país.

As provas começam no dia 3 de maio e vão até 12 de junho. Ao todo, serão seis fases online com questões de múltipla escolha e tarefas. Para participar, os interessados devem formar equipes compostas por um professor de história e três alunos. Cada fase da competição dura uma semana.

O preço para inscrição, por equipe, para alunos e professores de escolas públicas é R$ 58. Já para escolas particulares, o preço é R$ 118, por equipe. Participaram da última edição, no passado, 69,8 mil inscritos de todos os estados brasileiros. 

As inscrições podem ser feitas aqui. Mais informações estão disponíveis no site oficial da competição.

Edição: Nádia Franco

Comentários Facebook
Veja Também  Universidade Virtual do Estado de São Paulo oferece 11 mil vagas
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana