conecte-se conosco


Mato Grosso

Estado encaminha projeto para manter pagamento de verba adicional aos profissionais da Saúde

Publicado

Mato Grosso


O Governo de Mato Grosso encaminhou um Projeto de Lei à Assembleia Legislativa em que propõe a continuidade do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19.

Iniciado com a Lei nº 667 e prorrogado pela Lei nº 678, o benefício foi mantido de julho a dezembro de 2020. Sendo aprovada pela Casa de Leis, a verba indenizatória entrará em vigor de forma retroativa e passará a valer a partir do mês de janeiro de 2021. 

“A continuidade da verba adicional é fundamental para garantir que os serviços de combate à covid-19 sejam prestados com qualidade. A pandemia ainda não acabou e a prorrogação também é uma forma de valorizar os nossos profissionais que têm ajudado o Estado a salvar milhares de vidas”, destacou o governador Mauro Mendes.

Até o momento, já foram beneficiados cerca de 4,2 mil servidores da Rede Estadual de Saúde. O benefício é destinado especificamente aos servidores que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 em unidades hospitalares, ambulatoriais e finalísticas da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT). 

Veja Também  Festival de Narração de Histórias de Primavera do Leste encerra neste sábado (27)

“A nossa solicitação é de que a verba seja prorrogada por mais seis meses a partir de janeiro de 2021, visto que a Lei venceu em 31 de dezembro de 2020. Assim que a Assembleia Legislativa fizer a apreciação, faremos folha suplementar para pagar os meses de janeiro e fevereiro a todos os profissionais que têm o direito de receber o benefício”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. 

É importante ressaltar que a verba indenizatória não é fixa e está relacionada à situação de cada profissional junto às unidades. 

O benefício também não é válido para os profissionais contratados e remunerados exclusivamente pelo sistema de plantão, pois o valor a ser recebido é exatamente aquele previsto em edital do Processo Seletivo correspondente.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Campanha de financiamento coletivo Museu de Arte Sacra 3D entra na reta final

Avatar

Publicado


Segue aberta até segunda-feira (01.03) a campanha de financiamento coletivo Museu de Arte Sacra 3D. A ação, que visa fabricar peças do acervo em tecnologia 3D para garantir experiência sensorial a deficientes visuais e a crianças, arrecadou até agora 87% do valor necessário para sua efetivação.

O projeto do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso foi aprovado pelo edital de patrimônio cultural do Banco Nacional do Desenvolvimento  (BNDES).  A cada R$ 1,00 arrecadado, o Banco investe mais R$ 2,00 – triplicando o valor. Mas para assegurar a execução total, é necessário atingir a meta de R$ 126 mil arrecadados.

“É tudo ou nada. A intenção é  assegurar acessibilidade para que os deficientes visuais e crianças tenham uma experiência sensorial tocando as réplicas. Para isso, contamos com o apoio da população nessa reta final, pois precisamos alcançar a meta estipulada pelo BNDES”, explica Viviene Lozi, diretora do Museu.

Com essência do ganha-ganha, quem colabora recebe uma recompensa de acordo com o valor depositado. As colaborações vão de R$ 20 a R$ 5 mil, com kits de retribuição contendo box de cartões postais, canecas, camisetas, gravuras, lumintárias dentre outros itens. 

Veja Também  Apostilas e kits alimentação são entregues nas casas dos 74 estudantes de Várzea Grande

Os recursos serão usados para compra dos materiais de fabricação, pagamento de equipe, prestadores de serviços, recompensas e custos administrativos.  Para apoiar, basta acessar o site www.benfeitoria.com/museudeartesacra3d

A produção das obras em 3D será feita pelo Laboratório de Arquitetura e Urbanismo da UFMT (LAB.AU/FABLAB) que irá trabalhar com diversas ferramentas contemporâneas, incluindo as impressoras. As artes das recompensas têm o apoio do artista plástico e arquiteto Carlos Pina e do professor Mauricio Oliveira, do LAB.AU/UFMT.

Para as pessoas jurídicas que apoiam o projeto, a campanha oferece ainda o selo de ‘Empresa amiga do Museu’.

“Nós temos um painel na entrada do museu com as marcas das empresas que nos apoiarem. Ampliaremos a divulgação delas em nossos canais de comunicação e em futuras exposições. É uma visibilidade positiva essa associação da marca com a cultura e a inclusão”, destaca Viviene.  

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso 

O Museu é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) e está localizado na Praça do Seminário,  bairro Dom Aquino, na capital.  Seu acervo reúne peças remanescentes de algumas igrejas de Cuiabá, como da antiga Catedral do Senhor Bom Jesus de Cuiabá demolida em 1968. O espaço também abriga objetos, documentos e publicações de Dom Aquino Corrêa e registros do Santo Papa João Paulo II em sua passagem por Cuiabá, além de exposições transitórias.

Veja Também  Seduc prorroga prazo para distribuição dos kits alimentação escolar

Serviço

Campanha de arrecadação Museu de Arte Sacra 3D

Prazo: até 1º de março

Site para colaborar: benfeitoria.com/museudeartesacra3d

Contatos: (65) 3056-1373 | (65) 99965-0319 | [email protected]

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Festival de Narração de Histórias de Primavera do Leste encerra neste sábado (27)

Avatar

Publicado


O Festival de Narração de Histórias Estação Primavera encerra programação neste sábado (27.02), na Biblioteca Municipal para Crianças Grandes e Pequenas Carlos Drummond de Andrade, em Primavera do Leste. O evento é gratuito e tem como objetivo fortalecer a literatura produzida em Mato Grosso por meio da narração dos contadores de histórias do município.

Contemplado no Edital MT Nascentes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o festival é realizado de maneira hibrida, com apresentações online e presenciais. As atividades são voltadas para crianças e adolescentes. Além da narração de histórias, tem também a oficina de construção de poema para crianças.

Para participar do evento presencial é obrigatório o uso de máscara. Como medida para enfrentamento da Covid-19, será aferida a temperatura dos participantes e será respeitado até 30% da capacidade do local.

A primeira edição do festival teve início no dia 22 de fevereiro, já realizou três oficinas de construção de poema para crianças, e nove seções de contação de histórias. As narrações são transmitidas pelo canal do Youtube Estação Primavera e compartilhadas no Facebook do Teatro Faces, Faces Jovem e Grupo Primitivos.

Veja Também  Campanha de financiamento coletivo Museu de Arte Sacra 3D entra na reta final

Programação

26.02 (sexta-feira)

Histórias e Lendas

Módulo: Presencial

Horário: 18h

Autor: Jeisy Sá

Narradores: Jeisy Sá, Sabrina Nathany e Bryan Robert

Classificação: Livre

Aos de coração azul

Módulo presencial

Horário: 19h

Livro: O homem do coração azul

Autor: Wanderson Lana

Narradores: Grupo Primitivos

Classificação: 12 anos

Local: Biblioteca Municipal para Crianças Grandes e Pequenas Carlos Drummond de Andrade

27.02 (sábado)

Histórias de Passarinhos

Módulo: Online

Horário: 19h

Livro: Iribi Sabiá e um Bem-te-vi

Autor: Neide Silva e Manoel de Barros

Narradores: Edilene Rodriguez, Kiko Sontak, Ana Dorst e Dionathan Pessoni

Classificação: Livre

Histórias para não dar certo

Módulo: Presencial

Horário: 19h30

Autor: Wanderson Lana

Narradores: Wanderson Lana e Wellini Izidre

Classificação: Livre

Oficina de construção de poema para crianças

Horário: 17h

Público-alvo: Crianças de 6 a 8 anos acompanhadas pelos pais. E crianças de 9 a 10 anos desacompanhadas ou acompanhadas pelos pais.

Local: Biblioteca Municipal para Crianças Grandes e Pequenas Carlos Drummond de Andrade

Canal no Youtube: Estação Primavera 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana