conecte-se conosco


Tecnologia

TikTok cria ferramentas para informar sobre distúrbios alimentares; conheça

Publicado

Tecnologia


source
TikTok tenta conter desinformação sobre o tema
Unsplash/Kon Karampelas

TikTok tenta conter desinformação sobre o tema

O TikTok anunciou, nesta segunda-feira (22), algumas medidas para tentar combater a desinformação a respeito de distúrbios alimentares . As novidades serão implementadas, por enquanto, apenas nos Estados Unidos .

Em parceria com a Associação Nacional de Distúrbios Alimentares dos EUA (NEDA, na sigla em inglês), o TikTok vai fornecer informações em algumas páginas. Quando um usuário pesquisar por termos relacionados ao tema, como “transtorno alimentar” ou “pró-aneroxia”, ele será encaminhado a uma página com conselhos sobre os distúrbios e telefones de contato do NEDA.

O mesmo acontecerá quando o usuário clicar em uma hashtag relacionada ao tema da alimentação, como #WhatIEatInADay (‘o que eu como em um dia’, em tradução livre).

Por enquanto, a rede social não fala em moderação de conteúdo acerca dos distúrbios alimentares. O TikTok já lidou com questões relacionadas no passado e, com um grande número de adolescentes cadastrados, tenta reverter conteúdos que podem ser perigosos.

Veja Também  Além de WandaVision: veja os lançamentos da semana no Disney+

Comentários Facebook

Tecnologia

Salas ao vivo: como fazer live com até 4 pessoas no Instagram

Avatar

Publicado


source

Tecnoblog

Veja como explorar o novo recurso do Instagram
Divulgação/Instagram

Veja como explorar o novo recurso do Instagram

O Instagram expandiu as lives para até quatro pessoas , um recurso que a rede social chama de Salas ao Vivo . O criador do chat pode convidar mais 3 pessoas, enquanto os seguidores dos participantes podem assistir e mandar mensagens. Confira a seguir como fazer live no Instagram com até 4 pessoas.

O que são as Salas ao Vivo?

Trata-se de um recurso de transmissão ao vivo do Instagram, em que até 4 pessoas, o dono da conta e mais 3 convidados, podem participar de um chat que será transmitido para os seguidores do criador da transmissão . Todos os seguidores dos participantes serão notificados quando a live começar.

Você viu?

Segundo o Instagram, a live com até 4 pessoas é uma ferramenta útil não apenas para interação e engajamento, mas também para viabilizar a monetização . Os espectadores poderão pagar, através dos Selos, para que seus comentários sejam destacados e lidos pelos integrantes da transmissão.

Cada sala ao vivo é moderada pelos próprios apresentadores, que podem bloquear palavras ofensivas ou banir seguidores que passarem do limite. De acordo com a rede social , as Salas ao Vivo receberão o recurso de moderadores (usuários que não participam do vídeo, mas têm poder de controle sobre o chat de espectadores) em uma atualização futura.

Veja Também  Passeio do dia: Marte; saiba como usar o app do Google para explorar o planeta

Como fazer live no Instagram com até 4 pessoas

O procedimento funciona com usuários que seguem um ao outro, e é basicamente o mesmo para convidar um seguidor já presente antes no app, só que para mais participantes. Veja como fazer:

  1. Abra o app do Instagram em seu celular;
  2. Deslize a tela da esquerda para a direita e toque em “Ao vivo”;
  3. Toque em “Título” e defina um título para a live;
  4. Toque no botão na parte central inferior para começar a transmissão;
  5. Toque no ícone com duas pessoas;
  6. Faça buscas de seguidores e convide de 1 até 3 pessoas.

O Instagram enviará convites para as pessoas que você selecionou, e estes deverão confirmar presença em sua live.

Como pedir para participar de uma live

Até 3 usuários espectadores também podem solicitar a um usuário ao vivo para participarem da live do Instagram . Da mesma forma, o recurso é limitado a usuários que seguem um ao outro.

  1. Acesse a transmissão ao vivo de um usuário que você segue;
  2. Toque em “Solicitar” e depois, em “Enviar solicitação”;
  3. O usuário fazendo a transmissão receberá o pedido, e poderá aceitá-lo ou recusá-lo;
  4. Caso aceite, você será notificado e entrará ao vivo na transmissão.
Veja Também  Empresas impulsionam mulheres para o setor de tecnologia; veja as oportunidades

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Passeio do dia: Marte; saiba como usar o app do Google para explorar o planeta

Avatar

Publicado


source
Saiba como explorar Marte através da plataforma Google Mars
Reprodução/Google Mars

Saiba como explorar Marte através da plataforma Google Mars



Já imaginou fazer um tour por Marte ? Isto é possível graças a uma nem tão nova plataforma do Google, o Google Mars , que permite explorar o planeta vermelho e todos os seus detalhes.

A ferramenta foi criada em 2009, mas só em 2012 foi renderizada ganhando mais forma e funções. Ela é muito parecida com o Google Earth , só que do planeta que fica localizado a 480 milhões de quilômetros de distância da Terra. Suas funcionalidades reúnem fotos, dados geográficos e várias outras informações que valem a pena conferir.

O app permite dar aquela olhadinha nas planícies, crateras, montanhas, dunas e toda superfície do local, incluindo as naves espaciais que estiveram no planeta juntamente com suas histórias. E ao checar tudo isso, você ainda pode escolher se quer visitar Marte com a visão “normal”, em infravermelho ou em cores que sinalizam a altitude.

Veja Também  Índia foi o país que mais restringiu acesso à internet em 2020; veja a lista

Você viu?

Todo o processamento de informações do recurso vem de uma parceria entre o Google e a Universidade Arizona State, dos Estados Unidos. Recentemente, a Nasa , que está com a Missão Mars 2020 em andamento, pousou o rover Perseverance em Marte , o que indica que logo a plataforma deve se atualizar, recebendo bem mais dados e imagens, já que as existentes hoje são resultado dos últimos anos de coleta, através de sondas e satélites também da Nasa.

E vamos ao que interessa: como “visitar” Marte?

O Google Mars pode ser acessado tanto pelo celular , quanto pelo computador. Você pode apenas escrever no campo de pesquisa o nome do aplicativo que já aparece. Você também pode acessar pelo Google Earth colocando-o na função Marte.

No menu, você encontra 3 opções: “Elevation”, que mostra a imagem colorida da superfície representando as altitudes, ou seja, mostrando o que são crateras e o que são montanhas.

No “Visible” você tem uma imagem em preto e branco, que é a mais realista apesar da cor. Já o “Infrared” registra as variações de temperatura do planeta e mostra uma imagem livre de nuvens ou partículas da atmosfera.

Na opção “Spacecraft” você conhece todos os pontos onde naves pousaram e obtém informações sobre o resultado daquela missão. Inclusive, a plataforma já possui dados sobre a chegada do Perseverance na cratera Jezero.

Uma curiosidade: o Google Maps também possui uma versão “Space” em suas funcionalidades. Por lá você navega de forma simplificada pelos planetas do Sistema Solar e até pela Lua .

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana