conecte-se conosco


Direto de Brasília

Frente Contra a Corrupção promove debate com candidatos à presidência da Câmara

Publicado

Direto de Brasília


Pedro França/Agência Senado
Prédio do Congresso Nacional iluminado à noite
Novo presidente da Câmara será escolhido no dia 1º de fevereiro; até agora há 9 candidatos

A Frente Parlamentar Ética Contra a Corrupção convidou os candidatos à Presidência da Câmara dos Deputados para uma rodada de entrevistas nesta quarta e quinta-feiras, a partir das 9 horas. Segundo os integrantes da frente, essa é a oportunidade de os presidenciáveis apresentarem seus planos para o comando da Casa nos próximos dois anos e destacar seus posicionamento sobre pautas que consideram prioritárias.

A iniciativa da frente busca promover a transparência nas eleições internas da Casa e estimular o debate de pautas que farão o Brasil avançar.

A presidente do colegiado, deputada Adriana Ventura (Novo-SP), explica que a rodada de entrevistas dará à sociedade mais clareza quanto ao posicionamento de cada candidato sobre temas fundamentais como: combate à corrupção, reformas tributária e administrativa, entre outras pautas de interesse nacional.

“O intuito é dar ampla divulgação para que os candidatos possam expor suas propostas de forma clara e transparente, principalmente sobre as pautas de combate à corrupção, bem como promover o voto consciente de cada parlamentar”, explica Adriana. “Desafios não faltam para quem for eleito presidente da Casa. Por isso, a importância do encontro pela defesa incondicional da democracia”, afirma a deputada.

Veja Também  Veja as críticas de Doria a Bolsonaro no dia que SP entrou na fase vermelha

Convidados
Para promover o diálogo e a transparência de forma democrática, todos os candidatos à presidência da Câmara que se apresentaram até o momento foram convidados. São eles: Alexandre Frota (PSDB-SP); André Janones (Avante-MG); Arthur Lira (PP-AL); Baleia Rossi (MDB-SP); Capitão Augusto (PL-SP); Fábio Ramalho (MDB-MG); General Peternelli (PSL-SP); Luiza Erundina (Psol-SP) e Marcel Van Hattem (Novo-RS).

Na entrevista cada candidato responderá perguntas fixas e outras a serem sorteadas divididas em quatro temas: combate à corrupção, regimento interno da Câmara, trabalhos legislativos, reformas e relações políticas.

A carta convite para as entrevistas foi assinada por deputados de 20 partidos.

O debate deve ser transmitido pela internet.

A eleição
A eleição da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados será realizada no dia 1º de fevereiro. Para ser eleito em primeiro turno, o deputado precisa ter a maioria absoluta dos votos (257). Caso isso não ocorra, os dois candidatos mais votados irão para o segundo turno.

O mandato é de dois anos.

Conheça as atribuições do presidente da Câmara dos Deputados

Veja Também  Projeto prevê tempo máximo para espera de atendimento por usuário de serviços de telecomunicações

Da Redação – ND

Comentários Facebook

Direto de Brasília

Veja as críticas de Doria a Bolsonaro no dia que SP entrou na fase vermelha

Avatar

Publicado


source
Governador chamou Bolsonaro de “negacionista”  e cita mansão do filho do presidente
Foto: Governo de SP

Governador chamou Bolsonaro de “negacionista” e cita mansão do filho do presidente


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante entrevista no Palácio dos Bandeirantes, na tarde desta quarta-feira (3), quando anunciou que todo o estado vai regredir para a fase vermelha do Plano São Paulo a partir deste sábado (6).

No início da entrevista coletiva, o tucano voltou a chamar Bolsonaro de “negacionista” e disse ainda que o momento da pandemia do novo coronavírus no Brasil é o mais grave.

“Há 41 dias, o Brasil tem mais de 1.000 mortes por dia. É como se 5 aviões caíssem todo dia matando todos seus ocupantes. Isso não é normal. Isso não é banal. Não é ‘gripezinha’. É uma tragédia que pode ser ainda pior se não tomarmos medidas. Não podemos banalizar a morte”, afirmou Doria.

“Vamos enfrentar as duas piores semanas da pandemia desde o início, em fevereiro do ano passado. Essa é a triste realidade de um país comandando por um negacionista, que não tem Ministério da Saúde”, declarou o governador de São Paulo.

João Doria também culpou Bolsonaro pelas mortes na pandemia e chamou o presidente de “pária”. “A culpa é sua, por ser, além de incompetente, negacionista. O senhor é um pária no Brasil e um pária no mundo”, disse.

Veja Também  Projeto obriga bloqueio de bens e recursos de preso ou condenado por crime ambiental

Você viu?

O governador lamentou os óbitos no Brasil e cobrou a defesa da vida e da ciência por parte do presidente do Brasil. “Muitos dos brasileiros que estão enterrados neste momento estão enterrados porque o senhor não teve capacidade de fazer aquilo que deveria fazer: liderar o Brasil contra a pandemia, defender a vida e a saúde dos brasileiros”, criticou Doria referindo-se ainda a Bolsonaro como o “mito da mentira, das inverdades, da incompetência, da displicência”.

Doria também fez referência à compra  de uma mansão em Brasília pelo filho mais velho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). “Não disputo eleições para extrair vantagens pessoais, comprar imóveis, fazer ‘rachadinhas’ ou para proteger filhos. Fui eleito na decência e no respeito à democracia para proteger o que há de sagrado na Constituição e na vida. Enquanto for governador, vou me posicionar dessa maneira”, afirmou.

Veja Também  Comissão de Orçamento aprova parecer sobre as receitas para 2021

Bolsonaro, após recorde de mortes por Covid-19: “Criaram pânico” Um dia depois de o país registrar novo recorde de mortes diárias causadas pela Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro falou a apoiadores sobre a pandemia. “Criaram pânico, né? O problema está aí, lamentamos. Mas você não pode entrar em pânico. Que nem a política, de novo, do fique em casa. O pessoal vai morrer de fome, de depressão?”, disse Bolsonaro. O vídeo com o diálogo foi divulgado em redes sociais.  “Para a mídia o vírus sou eu”, acrescentou o presidente.

Eleições em 2022

O tucano negou que as críticas direcionadas ao presidente visam às eleições presidenciais de 2022: “Não é hora de tratar de eleição, é hora de proteger vidas da nação. Isso que deve ser prioridade e isso que meus colegas governadores estão fazendo neste momento”.

“Não pauto a minha vida em popularidade ou necessidades eleitorais. Eu pauto a minha vida pela existência e pelo respeito às pessoas. Isso que me trouxe à vida pública. Não vivo as benesses do poder, não usufruo. A mim importa a credibilidade de alguém que, enquanto governador, lutou pela vida. Não tenho medo e ameaças que tenho recebidos nos últimos meses”, acrescentou Doria.

Comentários Facebook
Continue lendo

Direto de Brasília

Frente dos Povos Indígenas debate normativos da Funai

Avatar

Publicado


Leonardo Prado/Procuradoria-Geral da República
Reserva indígena Yanomami (Roraima)
De acordo com norma de fevereiro, empreendimentos poderão ser dispensados de licenciamento ambiental

A Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos dos Povos Indígenas realiza nesta quinta-feira (4) reunião virtual para debater novas instruções normativas da Fundação Nacional do Índio (Funai).

A Instrução Normativa Conjunta 1/2021 da Funai e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), publicada em 24 de fevereiro, inclui a participação de não indígenas em empreendimentos nas terras indígenas e a possibilidade de dispensa de licenciamento ambiental. Já a Resolução 4/2021 da Funai define novos critérios para identificação de indígenas.

Parlamentares apresentaram projetos para suspender os efeitos das duas normas. Entre esses parlamentares está a coordenadora da frente, deputada Joenia Wapichana (Rede-RR), autora do PDL 92/2021 e do PDL 93/2021. “Não há fundamento jurídico, pela violação dos princípios constitucionais, direitos fundamentais e a violação de direitos humanos e ambientais dos povos indígenas”, diz a deputada.

A reunião desta quinta-feira será realizada às 17 horas, com transmissão pelos canais da frente nas redes sociais e pela página da coordenadora no Facebook.

Veja Também  Câmara adia para a próxima quarta lançamento da publicação sobre desenvolvimento inteligente das cidades

Da Redação – CL
Com informações da Frente Parlamentar

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana