conecte-se conosco


Direto de Brasília

Bancada do Rio garante empate na eleição da Câmara, diz Maia

Publicado

Direto de Brasília


source
Cronômetro zerou: impossibilitado de se reeleger, Maia deixará presidência da Câmara
Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Cronômetro zerou: impossibilitado de se reeleger, Maia deixará presidência da Câmara

Segundo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a bancada de 44 deputados federais do Rio de Janeiro deve ficar empatada em relação aos principais candidatos à presidência da Câmara : Baleia Rossi (MDB-SP), apoiado por ele, e Arthur Lira (PP-AL), candidato governista.

Nesta terça-feira, Maia se encontrou com o prefeito do Rio, Eduardo Paes , e com 16 deputados do estado. Paes se comprometeu a exonerar dois secretários de seu governo, Marcelo Calero (Governo e Integridade Pública) e Pedro Paulo Carvalho (Fazenda e Planejamento), para votar em Baleia Rossi na semana que vem.

“Têm alguns que não querem se expor, por essas pressões do governo. Tirando os votos do PSOL e do Novo, a eleição do Rio vai estar mais ou menos pau a pau . Tem três ou quatro indecisos. Acho que vai dar empate a eleição no Rio”, disse Maia.

Você viu?

Estavam presentes no encontro Alessandro Molon (PSB-RJ), Benedita da Silva (PT-RJ), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), o deputado licenciado Marcelo Calero (Cidadania-RJ), Gurgel (PSL-RJ), entre outros. Depois do Rio de Janeiro, Baleia Rossi segue para Pernambuco, onde tenta reverter “traições” no PSB a favor de Arthur Lira. Ele terá reunião com o governador Paulo Câmara (PSB).

Há quatro deputados do PSOL no Rio de Janeiro: Glauber Braga, Marcelo Freixo, Talíria Petrone e David Miranda. Seguindo a determinação de seu partido, devem votar em Erundina (PSOL-SP), candidata “nanica” do PSOL. Há ainda Paulo Ganime (NOVO-RJ) que deve votar em Marcel Van Hattem (NOVO-RS), candidato de seu partido.

Comentários Facebook

Direto de Brasília

Projeto define regra para incidência de juros em ações trabalhistas

Avatar

Publicado


Divulgação
Deputado Carlos Bezerra está sentado falando ao microfone
Bezerra: proposta faz justiça ao trabalhador

O Projeto de Lei 400/21 determina que os juros de mora nas condenações trabalhistas por danos morais incidirão a partir da data em que ocorrer o dano. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

A proposta é do deputado Carlos Bezerra (MDB-MT) e altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Segundo ele, hoje existe uma divergência na Justiça trabalhista sobre a incidência dos juros. Enquanto na legislação eles são devidos a partir do ajuizamento da ação, para a jurisprudência a data inicial é a notificação da parte processada.

A polêmica, segundo o deputado, dificulta o ressarcimento de trabalhadores que procuram a Justiça para ver seus direitos cumpridos. “O projeto, portanto, tem duplo mérito: contribuir para a celeridade processual e fazer justiça ao trabalhador lesado em sua dignidade de ser humano”, disse Bezerra.

O parlamentar apresentou proposta semelhante em 2009, mas o texto acabou não apreciado na Câmara dos Deputados.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Natalia Doederlein

Veja Também  Projeto define regra para incidência de juros em ações trabalhistas

Comentários Facebook
Continue lendo

Direto de Brasília

Bolsonaro confirma viagem à Argentina no final do mês

Avatar

Publicado


O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira (4), durante sua live semanal nas redes sociais, que viajará para a Argentina no dia 26 de março. Ele participará das atividades comemorativas dos 30 anos de fundação do Mercosul, bloco de países que reúne Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. 

“Vou estar agora, está previsto, dia 26 de março, estar em Buenos Aires, nossa querida Argentina. Estaremos lá celebrando 30 anos da criação do Mercosul. Todo mundo sabe que a covid-19 causou dificuldades econômicas em todo o mundo e nós torcemos para que a Argentina tenha sucesso nas suas negociações com o FMI [Fundo Monetário Internacional], que a situação financeira da Argentina está bastante complicada. O êxito econômico de países aqui na América do Sul, entre eles a Argentina, é interessante para todos nós da América do Sul. O Brasil obviamente é um dos grandes interessados”, afirmou.

Bolsonaro também comentou sobre o encontro que terá com o presidente argentino, Alberto Fernández. “Será a primeira vez que iremos conversar com o presidente da Argentina, logicamente ele queira, e eu quero, uma conversa reservada, nós dois num canto e publicamente vamos tratar das questões econômicas dos nossos países”, disse. 

Veja Também  Projeto autoriza assembleias virtuais como regra permanente em companhias e entidades

Vacinas

Durante a live, o presidente brasileiro defendeu as ações do governo federal na aquisição de vacinas. Segundo ele, ainda este mês o país deve expandir em 20 milhões o número de doses disponíveis. 

“Temos contratados no corrente ano, o ministro [da Saúde, Eduardo] Pazuello, 400 milhões de doses até janeiro do ano que vem e temos 178 milhões em tratativas. Neste mês de março, agora, teremos, no mínimo, 20 milhões de doses disponíveis. E, para o mês seguinte, teremos, no mínimo, mais 40 milhões de novas doses”, disse.

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana