conecte-se conosco


TRAGÉDIA

Piloto de barco que afundou com mais de 10 pessoas estava bebâdo

Publicado

Destaque

G1 MT

Após pagar fiança ele foi liberado

Um homem suspeito de estar embriagado e pilotar um barco com excesso de passageiros foi preso após o veículo afundar o Rio Teles Pires, em Sorriso, no norte do estado, nesse domingo (24). A mãe dele morreu afogada e o irmão está desaparecido.
Conforme o boletim de ocorrência, o barco transportava 12 pessoas. A maioria era da mesma família, inclusive haviam crianças, entre elas um bebê de quatro meses.
O suspeito foi ouvido na delegacia e liberado após pagar fiança.
“Ele teria bebido enquanto pilotava o barco. Foi realizado o procedimento de prisão em flagrante pelo crime de homicídio culposo – quando não há intenção de mata. Pelas informações, ele também estaria com excesso de passageiros”, explicou o delegado Marcio Portela.
Segundo o Corpo de Bombeiros, uma equipe de mergulhadores está no local para tentar localizar a vítima de 23 anos que desapareceu.
De acordo com o subtenente Gessil Silva, do Corpo de Bombeiros, a mãe do piloto, Elenir Aparecida Trizotti de França, já estava sem sinais vitais quando os bombeiros chegaram no local.
Eles encaminharam duas pessoas para o Hospital Regional de Sorriso e, em seguida, chegaram mais três, sendo que um deles é um bebê de 4 meses e a mãe dele.

Comentários Facebook
Veja Também  Ministério Público Federal diz que decreto de toque de recolher de Mauro Mendes é inconstitucional

Destaque

Unimed diz que comunicado é fake news, e pede para população não compartilhar

Avatar

Publicado

Esta mensagem é antiga! Não passe adiante! ⚠️

❌ Um comunicado da Unimed Cataguases, publicado no ano passado, voltou a circular nas redes sociais. Se receber, não compartilhe, pois ela pode confundir.

😷 No entanto, a parte da mensagem que fala em isolamento social é mais atual do que nunca!

🏥 Em Mato Grosso, e em muitos estados, estamos vivendo um pico da doença neste exato momento, com UTIs super lotadas e com um número assustador de casos, que infelizmente cresce a cada dia.

❗ Por isso, se puder, saia de casa apenas se realmente precisar.

😷 Use máscara
✋🏼 Lave as mãos constantemente ou use álcool gel
🛑 Respeite o distanciamento

💪🏻 Somente com a colaboração de todos podemos superar este momento.

Comentários Facebook
Veja Também  Botelho debate hoje com governo criação de centro de triagem da Covid-19 em Várzea Grande
Continue lendo

Destaque

Líder de organização criminosa é preso em Cuiabá após investigação da Polícia Civil

Avatar

Publicado

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Nova Mutum por envolvimento com uma facção criminosa que age no município foi preso na terça-feira (02.03), em Cuiabá, com apoio da Gerência de Polinter e Capturas da Polícia Civil.

F.F.L, de 29 anos, foi preso no bairro Tijucal, em Cuiabá. Ele responde a um inquérito instaurado pela DERF de Nova Mutum em 2020 para apurar os crimes de organização criminosa majorada, tortura majorada e roubo majorado em concurso de pessoas.

De acordo com a equipe da Polinter, durante o cumprimento do mandado de prisão, o investigado não acatou a ordem de prisão e tentou fugir dos policiais civis, que necessitaram empregar técnicas de imobilizações para conter o procurado da Justiça. Após a prisão, ele foi conduzido à sede da Polinter para os trâmites administrativos.

Investigação

Conforme a investigação, em setembro do ano passado, um adolescente foi apreendido pela delegacia especializada por ato infracional análogo a roubo majorado, quando roubou um celular de um transeunte, mediante emprego de arma de fogo.

Veja Também  Equipes da Rotam prendem suspeitos e apreendem tabletes e porções menores de entorpecente em dois bairros de Cuiabá

Durante a oitiva, o adolescente confessou o ato infracional e informou que, por ter roubado o celular, foi punido por membros da organização criminosa com intensas agressões físicas, sendo toda a ação violenta gravada em um vídeo, que foi compartilhado em grupos de whatsapp. Além das agressões, os criminosos exigiram que o adolescente entregasse o celular roubado a eles.

Outros cinco integrantes da facção, identificados durante a investigação, tiveram as prisões representadas à Justiça e os mandados cumpridos ainda no ano passado. Um criminoso ainda encontra-se foragido.

Além do mandado de prisão em desfavor do líder da facção, também foi dado cumprimento ao mandado de prisão de recaptura de um dos fugitivos da Cadeia Pública de Nova Mutum, ocorrido em 29 de janeiro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana