conecte-se conosco


VÁRZEA GRANDE

Com “gambiarra”, tapa buraco da Rota do Oeste não dura uma semana

Publicado

Destaque

Em menos de uma semana após ser tampado,  buraco ressurge na Rodovia dos Imigrantes.

A presença recorrente de buracos nas Rodovias sob responsabilidade da Rota do Oeste incomoda, e causa muitos acidentes.

A Rota do Oeste virou uma dor de cabeça em Mato Grosso.

A prestação de serviço da Rota é uma verdadeira gambiarra de má qualidade.

Em razão dos buracos, ocorrem muitos acidentes, inclusive várias mortes vem sendo registrada na Imigrantes.

Veja o vídeo e imagens registradas no início da ponte na Imigrantes.

 

Comentários Facebook
Veja Também  Menor que assassinou Isabele deixa Pomeri para ir ao dentista

Destaque

Morre aos 89 anos vítima de Coronavírus tio de Emanuel Pinheiro

Avatar

Publicado

Faleceu na madrugada desta quinta-feira (25) o tio do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), Carmine Espósito, aos 89 anos. Ele estava internado há uma semana em um hospital particular da Capital por causa da covid-19 e acabou não resistindo.

Carmine era casado com a tia paterna mais nova de Emanuel, Lysete Maria Pinheiro Espósito, 87, que permanece internada em uma unidade de terapia intensiva (UTI) por causa das complicações do novo coronavírus.

 

 

Comentários Facebook
Veja Também  Polícia Civil conclui que homem encontrado morto em estrada rural foi vítima de latrocínio
Continue lendo

Destaque

Quarta-feira (24): Mato Grosso registra 246.469 casos e 5.716 óbitos

Avatar

Publicado

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (24.02), 246.469 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.716 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.859 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 246.469 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.203 estão em isolamento domiciliar e 231.331 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 351 internações em UTIs públicas e 356 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 81,44% para UTIs adulto e em 41% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (52.822), Rondonópolis (18.741), Várzea Grande (15.622), Sinop (12.667), Sorriso (10.225), Tangará da Serra (9.903), Lucas do Rio Verde (9.256), Primavera do Leste (7.290), Cáceres (5.485) e Nova Mutum (5.037).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Veja Também  Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra autor de homicídio ocorrido em Dom Aquino

O documento ainda aponta que um total de 212.114 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 788 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última terça-feira (23), o Governo Federal confirmou o total de 10.257.875 casos da Covid-19 no Brasil e 248.529 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 10.195.160 casos da Covid-19 no Brasil e 247.143 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de quarta-feira (24).

Recomendações

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Veja Também  Batalhão Ambiental e Sema apreendem 135 quilos de pescado sem documentação em Gaúcha do Norte

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana