conecte-se conosco


Saúde

Ministério da Saúde registra 62.334 novos casos de covid-19

Publicado

Saúde


O balanço divulgado neste sábado (23) pelo Ministério da Saúde registra 62.334 novos casos de covid-19 confirmados no país. São 8.816.254 infectados desde o início da pandemia. Foram registradas 1.202 mortes neste sábado, totalizando 216.445 óbitos. 

Segundo a pasta, 7.628.438 pessoas (86,5%) se recuperaram da covid-19.

O balanço do ministério é feito a partir de registros reunidos pelas secretarias estaduais de Saúde e enviados à pasta para consolidação. Os dados desta quarta-feira (20) foram consolidados hoje, às 15h.

Nos estados

O estado de São Paulo se mantém com o maior número de casos e chegou a 1.694.355 pessoas contaminadas, seguidos por Minas Gerais (686.682) e Bahia (562.466). Já o Acre tem o menor número de casos (46.239), seguido por Roraima (72.127) e Amapá (75.054).

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Veja Também  "Israel quer testar spray no Brasil por ser miscigenado", diz Eduardo Bolsonaro

Saúde

Covid-19: mortes ultrapassam 265 mil e casos chegam a 11 milhões

Avatar

Publicado


O número de pessoas mortas pela covid-19 no Brasil subiu para 265.411. Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.086 novos óbitos. Há ainda 2.875 óbitos em investigação no país.

O total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (covid-19) desde o início da pandemia chegou a 11.019.344. Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 80.508 novos casos.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste domingo (7). O balanço é produzido a partir de informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Há, ao todo, 996.755 pessoas com casos ativos da doença em acompanhamento por profissionais de saúde e 9.757.178 pacientes já se recuperaram.

Estados

Na lista de estados com mais mortes estão São Paulo (61.463), Rio de Janeiro (33.717), Minas Gerais (19.523) e Rio Grande do Sul (13.449). As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.063), Amapá (1.156), Roraima (1.167), Tocantins (1.584) e Sergipe (3.023).

Em número de casos, São Paulo também lidera (2.113.738), seguido por Minas Gerais (922.573), Paraná (725.797), Bahia (714.005), Santa Catarina (707.501) e Rio Grande do Sul (688.846).

Situação epidemiológica 07.03.2021 Situação epidemiológica 07.03.2021

Veja Também  Rio de Janeiro atinge 93% de ocupação de leitos de UTI para Covid-19
Situação epidemiológica 07.03.2021 – Divulgação/Ministério da Saúde

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Brasil ultrapassa marca de 11 milhões de infecções e registra 1086 mortes em 24h

Avatar

Publicado


source
Brasil registrou ... novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas
Reprodução: BBC News Brasil

Brasil registrou … novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

O Brasil ultrapassou a marca de 11 milhões de casos confirmados de Covid-19  e atingiu 11.019.344 diagnósticos . Nas últimas 24 horas, o país registrou 80.508 novas infecções da doença. Os dados foram divulgados no fim da tarde deste domingo (07) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) .

De acordo com o levantamento das secretarias estaduais, o Brasil registrou 1.086 mortes nas últimas horas, aumentando o total de óbitos para 265.411 .

O estado de Minas Gerais  foi o que registrou o maior número de casos e mortes em um dia. O Conass aponta que foram 6.368 novos casos e 164 mortes registradas. Roraima  registrou o menor número de novos casos, com 101 registros, e nenhuma morte confirmada nas últimas 24 horas.

Vacinação

O painel de vacinação contra a Covid-19 do Ministério da Saúde informou que até o momento 9.186.774 doses foram aplicadas. Os dados mostram que pouco mais de 7 milhões receberam apenas a primeira dose, enquanto 2 milhões já estão imunizados.

Segundo o levantamento, São Paulo é o estado que apresenta o maior número de imunizados, com 3.052.592 pessoas vacinadas. O Amapá, tem 27.025 imunizados, o estado com menor índice de vacinação.

Neste primeiro momento, apenas profissionais de saúde e idosos fazem parte do programa de imunização. Embora a pressa de estados e municípios para agilizar a vacinação, autoridades reclamam da falta de doses e cobram o ministro Eduardo Pazuello para a aquisição de mais vacinas.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana