conecte-se conosco


Economia

Confira as 5 melhores ações para investir em janeiro

Publicado

Economia


source
As 5 melhores ações de Dividendos para 2021
Guia do Investidor

As 5 melhores ações de Dividendos para 2021

Como é de costume, as corretoras apresentaram no início de janeiro as suas carteiras de ações recomendadas, com foco em dividendos para 2021 .

Nesse sentido, ao reunir as carteiras, algumas das ações se destacaram pela presença em várias indicações dos analistas.

Sendo assim, acompanhe a seguir os dados para o levantamento e descubra quais são as ações favoritas dos analistas para janeiro deste ano.

Levantamento

A princípio, ocorreu o levantamento dos relatórios publicados recentemente por 15 instituições ao todo.

Sendo assim, as carteiras reúnem um total de 109 recomendações que citam 41 ações distintas.

Em seguida, as ações foram compiladas iniciando pelas mais recomendadas até as que receberam pelo menos 1 indicação.

Em conclusão, a seleção abaixo apresenta as 5 ações mais populares, segundo as carteiras para janeiro dos analistas.

As ações de dividendos mais populares de Janeiro

Em resumo, as ações com maior número de indicações para janeiro de 2021 são as seguintes:

Veja Também  Banco do Brasil oferece prova de vida do INSS por aplicativo
Posição Empresa Indicações
BB Seguridade 8
Engie Brasil 7
Taesa 7
Vivo 7
EDP Brasil 6

Aliás, confira algumas justificativas das corretoras para as recomendações.

De acordo com o BTG Pactual , a escolha pela BB Seguridade (BBSE3) se justifica como uma boa alternativa em relação aos bancos. Ao mesmo tempo, os analistas destacam o alto pagamento de dividendos, baixo risco do segmento, a sua alavancagem menor e a clareza dos resultados dos próximos 12 meses.

Enquanto isso, a Engie Brasil (EGIE3) se destaca, no ponto de vista do Banco Safra , pela sua baixa exposição aos impactos da COVID-19 , bem como potencial de crescimento com a aquisição da transportadora de gás TAG, da Petrobras .

Em seguida, a Elite Investimentos optou pela Taesa (TAEE11), pois o seu foco em transmissão de energia é a parte menos afetada no ramo energético. Além disso, a corretora destacou o seu bom histórico de dividendos, payout alto e forte geração de caixa.

Você viu?

A respeito da Vivo (VIVT3, VIVT4), enquanto a Ágora Investimentos ressalta os resultados de 3T20, o BTG Pactual destaca o fluxo de caixa consistente, o bom histórico de dividendos e a corretora Elite chamou a atenção para a otimização dos custos da companhia.

Em conclusão, a EDP Brasil (ENBR3) ganhou a escolha da Necton Investimentos por seu balanço consistente, alavancagem saudável e gradual crescimento de rentabilidade nos últimos anos.

Quem foram os envolvidos?

Durante o processo de coleta das carteiras de ações, obteve-se os relatórios de 15 corretoras: Ágora, Ativa Investimentos, BTG Pactual, Eleven, Elite, Empiricus, Genial, Guide, Mirae Asset, MyCAP, Necton, Nova Futura, Planner, Banco Safra e Terra Investimentos.

Comentários Facebook

Economia

Agência Brasil explica: declaração pré-preenchida do Imposto de Renda

Avatar

Publicado


A partir deste ano, o contribuinte terá mais facilidade para entregar a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda Pessoa Física. Um projeto piloto em desenvolvimento pela Receita Federal ampliará a utilização da ferramenta a contribuintes inscritos do Portal de Serviços Públicos do Governo Federal.

Desde 2014, a declaração pré-preenchida está disponível para contribuintes com certificação digital, espécie de assinatura eletrônica vendida em torno de R$ 200 e obrigatória para pessoas jurídicas fora do Simples Nacional. Em 2021, a novidade estará disponível a quem tenha conta em níveis verificado e comprovado no Gov.br, a partir de 25 de março.

A Receita não divulgou o número de contribuintes incluídos no projeto piloto. Por meio da declaração pré-preenchida, o contribuinte recebe um formulário com os dados fiscais preenchidos, bastando apenas confirmar as informações e enviar o documento. Caso haja divergências, é possível retificar e complementar as informações, antes de entregar a declaração ao Fisco.

A declaração pré-preenchida está disponível exclusivamente por meio do serviço Meu Imposto de Renda, quando acessado pelo Centro de Atendimento Virtual da Receita (e-CAC). No entanto, o contribuinte pode recuperar as informações no e-CAC, salvar na nuvem e importar o documento pré-preenchido para o programa gerador da declaração.

Veja Também  Petróleo brasileiro pode ter nova alta de preços devido a mudança da Opep

A opção de acessar a declaração com o certificado digital está disponível na tela de abertura do e-CAC. Recentemente, a tela passou a incluir o login do Portal Gov.br, que pede o número do CPF e a senha, mais fator duplo de autenticação.

Dependentes

O contribuinte que inclui dependentes no Imposto de Renda precisa seguir procedimentos adicionais ao usar a declaração pré-preenchida. Se quiser que o formulário recupere automaticamente informações dos dependentes, precisará de procuração deles.

Quem usa certificado digital pode procurar a autorização por meio do serviço “Senhas e Procurações”, dentro do e-CAC. Basta preencher o formulário “Cadastrar Procuração”. Os demais contribuintes devem entrar na página da Receita Federal na internet e procurar o serviço “Procuração para Acesso ao e-CAC”, clicando no botão “Atendimento pela Internet”.

O procedimento não é automático para os contribuintes que usarem o site da Receita. As procurações só terão validade após a entrega da documentação à Receita Federal, para conferência e aprovação.

Dados

As informações que aparecem na declaração pré-preenchida baseiam-se em dados declarados por terceiros em outros documentos enviados ao Fisco. Ao todo, três fontes de informação são usadas: a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf), a Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias (Dimob) e Declaração de Serviços Médicos (DMED).

Veja Também  Agência Brasil explica: declaração pré-preenchida do Imposto de Renda

As três declarações são enviadas por empregadores (no caso da Dirf), por empresas de locação, venda ou intermediação de imóveis e pelos corretores imobiliários (no caso da Dimob) e por empresas e prestadores de serviço na área de saúde (no caso da DMED). Essas declarações devem ser entregues à Receita Federal até o fim de fevereiro de cada ano.

Edição: Graça Adjuto

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Bolsonaro fala sobre encontro com presidente da Argentina em viagem ao país

Avatar

Publicado


source
Reprodução/ Jovem Pan

“Vamos tratar de questões econômicas”, disse Bolsonaro sobre encontro


Em sua live semanal nas redes sociais nesta quinta-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro  anunciou que vai viajar para a Argentina no dia 26 de março para participar das atividades comemorativas dos 30 anos de fundação do Mercosul, o bloco de países que reúne Argentina, Brasil , Paraguai e Uruguai .

“Está previsto, dia 26 de março, estar em Buenos Aires, nossa querida Argentina. Estaremos lá celebrando 30 anos da criação do Mercosul . Todo mundo sabe que a covid-19 causou dificuldades econômicas em todo o mundo e nós torcemos para que a Argentina tenha sucesso nas suas negociações com o FMI (Fundo Monetário Internacional), que a situação financeira da Argentina está bastante complicada. O êxito econômico de países aqui na América do Sul, entre eles a Argentina, é interessante para todos nós da América do Sul. O Brasil obviamente é um dos grandes interessados”, disse o presidente. 

No vídeo, Bolsonaro falou  sobre o  primeiro encontro que terá com o presidente argentino, Alberto Fernández . “Será a primeira vez que iremos conversar com o presidente da Argentina, logicamente ele queira, e eu quero, uma conversa reservada, nós dois num canto e publicamente vamos tratar das questões econômicas dos nossos países”, disse o presidente.

Veja Também  Guedes: PEC Emergencial representa compromisso com saúde e economia

Você viu?


Ainda durante a live, ele defendeu as ações do governo federal na compra de vacinas . Segundo ele, ainda este mês o país deve expandir em 20 milhões o número de doses disponíveis.

“Temos contratado no corrente ano, 400 milhões de doses até janeiro do ano que vem e temos 178 milhões em tratativas. Neste mês de março, agora, teremos, no mínimo, 20 milhões de doses disponíveis. E, para o mês seguinte, teremos, no mínimo, mais 40 milhões de novas doses”, esclareceu Bolsonaro. 


Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana