conecte-se conosco


Carros

Range Rover Evoque e Discovery Sport estreiam na linha 2021

Publicado

Carros


source
Land Rover Discovery Sport 2021: SUV  montado em Itatiaia (RJ) ganhou nova cor, outro volante e novos recursos na multimídia
Divulgação

Land Rover Discovery Sport 2021: SUV montado em Itatiaia (RJ) ganhou nova cor, outro volante e novos recursos na multimídia

A Land Rover lança no mercado brasileiro a linha 2021 dos SUVs Range Rover Evoque e Discovery Sport, que estreiam com preços a partir de R$ 280.950 (Discovery Sport) e R$ 357.950 (Evoque).

Único modelo montado atualmente na fábrica de Itatiaia (RJ), o Land Rover Discovery Sport 2021 estreia a opção de motorização D200, um 2.0 turbodiesel de quatro cilindros, que desenvolve 199 cv e 43 kgfm a 1.750 rpm. O propulsor veio acompanhado também da nova tonalidade Prata Hakuba para a carroceria e de um novo volante.

Outra novidade do Discovery Sport é o sistema multimídia Pivi Pro, que permite atualizações on line  para a central e o veículo, além de possibilitar o acesso ao sistema de câmeras 360° (com função capô transparente) e ao sensor de profundidade, desenhado para travessia de rios e alagamentos.

Veja Também  Harley-Davidson Fat Bob, boa de pilotar

Você viu?

O mesmo equipamento faz a sua estreia também no Range Rover Evoque 2021 , que incorpora também o volante com novo desenho. As opções de materiais para o revestimento da cabine cresceram, com a opção de couro Windsor ou o revestimento sustentável Kvadrat, feito com matéria-prima derivada de produtos reciclados.

Por fora, a nova linha passa a incluir cinco novas tonalidades: Cinza Nolita, Cinza Carpathian, Azul Portofino, Bronze Lantau e Prata Silicon.

Versões e preços

O Discovery Sport 2021 terá três versões: S, SE e R-Dynamic SE. Todas com duas opções de motorização — diesel D200 e o P250 flex (2.0 de 249 cv). Todas oferecem opção de 7 lugares, com preços a partir de R$ 289.650 na versão S com motor P250.

As versões diesel do Discovery Sport 2021 chegam nas concessionárias a partir de fevereiro.  Já o  Range Rover Evoque será ofertado em versão única no Brasil, R-Dynamic SE, com motor P250 flex. Ambos trazem uma gama ampla de acessórios como tapetes de proteção para o porta malas, capas para os bancos traseiros para transporte de pets, dock de conexão e carregamento para celular, caixa refrigerada, entre outros.

Veja Também  Michelin promete pneus 100% sustentáveis até 2050
Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros

Veja 5 variações do Ford Mondeo que nunca tivemos no Brasil

Avatar

Publicado


source

O Ford Mondeo foi apresentado em 1992. O modelo que competia na Europa com carros como o Opel Vectra e o Volkswagen Passat, recebeu este nome pelo fato de ser considerado um automóvel mundial pela marca, com o seu projeto básico servindo para outros modelos da empresa na América do Norte e Ásia.


Disponível inicialmente nas carrocerias sedã, perua e hatch, o modelo chegou ao Brasil em 1995, nas versões CLX e GLX e com os motores 1.8 e 2.0 da família Zetec. Importado da Bélgica, o Ford Mondeo tinha como objetivo tirar do Versailles e da perua Royale, ambos variações do Volkswagen Santana, o papel de modelos mais prestigiosos da fabricante americana no Brasil.

No mercado brasileiro, o Mondeo durou até 2006, quando já era oferecido apenas como um sedã de porte grande. O modelo nunca foi um sucesso de vendas por aqui e acabou substituído pelo mexicano Fusion, que acabou sendo melhor aceito pelo público local. Confira a seguir as variações do Mondeo que nunca tivemos no Brasil.

Veja Também  Peugeot troca logo para ser vista como marca premium

1 – Contour

Ford Contour: voltado para o mercado norte-americano, foi fabricado no México  entre meados dos anos 90 e 2000
Divulgação

Ford Contour: voltado para o mercado norte-americano, foi fabricado no México entre meados dos anos 90 e 2000


O projeto do europeu Mondeo foi utilizado também no modelo Telstar (voltado para a Ásia e Oceania) e também no americano Ford Contour , que foi fabricado entre 1995 e 2000 nos Estados Unidos e no México.

Disponível apenas na variação sedã, o Contour mantinha a porção central da carroceria e o interior do Mondeo, assim como os motores 2.0 de quatro cilindros e 2.5 V6. A diferença ficava por conta do visual da dianteira e da traseira.

2 – Ford Mondeo ST200

Ford Mondeo ST200: versão esportiva da geração que chegou ao Brasil importada da Bélgica, mas em outras configurações
Divulgação

Ford Mondeo ST200: versão esportiva da geração que chegou ao Brasil importada da Bélgica, mas em outras configurações


Lançada em 1999, já com a reestilização da 1ª geração, a versão limitada ST200 era a mais potente do Mondeo no mercado europeu, trazendo um visual esportivo com bancos Recaro, rodas de 17″ e suspensão com acerto esportivo.

Você viu?

O motor era o mesmo 2.5 V6 de 24V do Mondeo Ghia V6 que chegou a ser oferecido no mercado brasileiro. Mas a preparação exclusiva, que incluía a troca de diversos componentes internos, fazia a potência do propulsor passar de 170 para 205 cv.

3 – Mondeo Metrostar

Ford Mondeo Metrostar: feito em parceria com uma empresa de Taiwan era feito com o mercado asiático como principal alvo
Divulgação

Ford Mondeo Metrostar: feito em parceria com uma empresa de Taiwan era feito com o mercado asiático como principal alvo


Entre 2001 e 2007, a Ford produziu em Taiwan uma variação específica do Mondeo para o pais asiático. Chamado de Mondeo Metrostar , era feito por uma joint-venture entre a marca americana e a empresa local Lio Ho Automotive.

Veja Também  Ford Ranger entra na linha 2022 com mensagem subliminar

Com o mesmo interior do carro europeu de segunda geração, que cresceu e passou a ser um modelo de grande porte, tinha uma frente redesenhada com um visual mais conservador, assim como a lanterna traseira com novo arranjo de luzes. Já os motores eram o 2.0 16V e o 2.5 V6.

4 – Mondeo (3ª geração)

Ford Mondeo Hatchback: não chegou ao Brasil, onde a marca preferiu apostar no Fusion feito no México
Divulgação

Ford Mondeo Hatchback: não chegou ao Brasil, onde a marca preferiu apostar no Fusion feito no México


Enquanto no mercado brasileiro a Ford optou por substituir o Mondeo pelo mexicano Fusion, o modelo europeu seguiu ganhando atualizações. Em 2007, foi lançada a terceira geração, que na época compartilhava a plataforma com carros como o Volvo S60 e o Land Rover Freelander 2.

Além da carroceria sedã, esta geração ainda contava um uma variação fastback (conhecida em alguns mercados como Hatchback), com visual externo que iria inspirar vários outros modelos da Ford nos anos seguintes, como o New Fiesta Sedan e o Focus Fastback de terceira geração. Este Mondeo foi o primeiro a trocar os motor V6 pelos quatro cilindros turbo da família EcoBoost.

5 – Mondeo SW (4ª geração)

Ford Mondeo SW:  bela perua híbrida também não veio ao Brasil.  Além de espaçosa tinha versão de até 190 cv
Divulgação

Ford Mondeo SW: bela perua híbrida também não veio ao Brasil. Além de espaçosa tinha versão de até 190 cv


Revelada em 2014, a 4ª geração do Mondeo trocou a base europeia EUCD pela global CD, o que fez com o modelo grande europeu se tornasse um clone do Ford Fusion de 2ª geração. Os dois carros passaram a ser visualmente idênticos, inclusive compartilhando alguns motores, como o conjunto motriz híbrido de 190 cv.

Apesar dessa semelhança ter feito com que, de certa forma, o Ford Mondeo tenha voltado ao Brasil, uma variação de carroceria que nunca chegou por aqui foi a perua, que ainda segue em produção na Europa.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

Ford Ranger entra na linha 2022 com mensagem subliminar

Avatar

Publicado


source
Ford Ranger 2022: placa da picape que pede para o público
Reprodução/Ford

Ford Ranger 2022: placa da picape que pede para o público “confiar” depois que a marca decidiu parar de fabricar no Brasil


Em meio à tempestade que se seguiu ao anúncio em janeiro do fechamento das suas fábricas no Brasil, a Ford quer mostrar que segue viva no mercado e atrair novamente o público para as suas concessionárias. Um desses chamarizes é o lançamento da Ranger 2022 . Os preços partem de R$ 163.490.


Sem alarde, a Ford Ranger 2022 já aparece no site oficial da marca no Brasil ostentando nas imagens a placa “CO NF1 4R”. Como se estivesse pedindo a confiança do público. Vale destacar que a combinação de algarismos não segue nem o padrão brasileiro e nem o argentino da nova placa Mercosul, o que faria sentido já que a picape média é feita na fábrica de General Pacheco (Argentina).

Veja Também  Harley-Davidson Fat Bob, boa de pilotar

Você viu?

Sem mudanças na carroceria, a Ford Ranger 2022 ganhou o sistema FordPass Connect. Acessado a partir do aplicativo FordPass, permite, pelo celular, ligar o motor e acionar o ar-condicionado, além de travar e destravar as portas. Outra função é a possibilidade de acessar a localização GPS do veículo.


No visual, as mudanças foram pequenas. As versões XLS e XLT ganharam novas rodas de 17″. No caso da XLT, são as mesmas peças usadas na versão Storm, mas com acabamento na cor prata.

No conjunto mecânico, o modelo segue com a mesma oferta de motores e câmbio: 3.2 turbodiesel, de cinco cilindros e 200 cv, combinado com a tração 4×4 e o câmbio automático de seis marchas e 2.2 turbodiesel, de quatro cilindros, de 160 cv, com tração 4×2 ou 4×2 e o câmbio automático, ou manual de, seis marchas.

A geração atual da Ford Ranger deve seguir em produção pelo menos até 2023, ano em que a marca do oval prevê lançar a nova geração da picape no Mercosul. A produção do modelo na fábrica de General Pacheco já está garantida, com um investimento de US$ 580 millhões na adequação da planta industrial argentina para a nova geração.

Veja Também  Michelin promete pneus 100% sustentáveis até 2050

Confira abaixo os preços da Ford Ranger 2022:

XL Cabine Simples 2.2 4×4 MT: R$ 163.490 XL Cabine Dupla 2.2 4X4 MT: R$ 171.590 XLS 2.2 4×2 AT: R$ 167.790 Storm 3.2 4×4 AT: R$ 200.390 XLS 2.2 4×4 AT: R$ 200.990 XLT 3.2 4×4 AT: R$ 228.990 Limited 3.2 4×4 AT: R$ 249.990

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana