conecte-se conosco


Economia

Procon comunica recalls de 6 modelos de carros e motos

Publicado

Economia


source

Brasil Econômico

Recall
Divulgação

Recalls devem ser realizados gratuitamente pelas montadoras

O Procon-SP comunicou nesta segunda-feira (18) que modelos de três montadoras precisarão de reparos para evitar acidentes e problemas mecânicos. Ao todo, seis veículos das marcas  Hyundai , Volvo e Kawasaki serão atendidos pelos recalls .

Segundo o órgão, as manutenções devem ser realizadas gratuitamente e agendadas previamente junto as fabricantes. O órgão alerta que em caso de acidentes , os proprietários devem  procurem a Justiça para serem ressarcidos .

Hyundai

A montadora sul-coreana realiza recall nos modelos i30 , fabricados entre 2007 e 2010; Elantra , com montagem entre 2006 e 2007; e Santa fé , produzidos entre os anos 2005 e 2009. De acordo com a Hyundai, os veículos apresentam problemas que podem provocar infiltração de umidade no circuíto elétrico do módulo do sistema ABS causando curto-circuito. A empresa frisou que o defeito pode causar incêndio no motor.  

O início dos reparos deve ocorrer apenas a partir de 15 de março. Os proprietários devem realizar uma visita em concessionárias autorizadas. O agendamento pode ser feito pelo telefone 0800-770-3355 ou site .

Veja Também  iFood no WhatsApp não é golpe; empresa recomenda cautela

Você viu?

  • Hyundai i30 – Chassis não sequenciais 7U000322 a BU319420;
  • Hyundai Elantra – Chassis 6U000372, 7U207764 e 7U208055;
  • Hyundai Santa Fe: Chassis não sequenciais 6U000357 a AU538477.

Volvo

A montadora sueca Volvo também comunicou o Procon a necessidade de realização de recall no modelo XC90 modelo 2021 e fabricado entre os dias 10 e 20 de setembro do ano passado. Segundo a empresa, há uma falha no equipamento que realiza a fixação do módulo de controle do sistema de airbag (SRS) . Se o problema não foi sanado, pode ocorrer uma falha no funcionamento do módulo e, em caso de colisão, o sistema de segurança poderá não ser acionado.

Os proprietários podem entrar em contato com a marca pelo telefone 0800-7077590 (de segunda a sexta-feira, das 6h às 23h) ou e-mail [email protected] .

  • XC90 – Chassis YV1LFA2CCM1689489 aYV1LFBACDM1691618.
Veja Também  Em investimentos, "ser impulsivo é o principal pecado capital", diz Werner Roger

Kawasaki

Em comunicado emitido nesta segunda-feira (18), a Kawasaki informou que os proprietários dos modelos Ninja 400 e Z400 serão notificados para o recall nas motocicletas. A montadora japonesa afirmou que devido ao tratamento térmico do tensor da corrente de comando, pode ocorrer desgaste anormal no tensor o que acarretará em uma folga excessiva na corrente causando a falta de sincronia do motor.

A empresa afirmou que os proprietários devem agendar uma visita em uma concessionária através do telefone 0800-773-1210, das 9hs às 17hs , ou pelo site .

  • Z400 – Chassis 96PERSD1*LFS01781 até 96PERSD1*LFS01980;
  • Ninja 400 – Chassis 96PEXSG1*LFS01721 até 96PEXSG1*LFS01800.

*O dígito varia em cada motocicleta

Comentários Facebook

Economia

iFood no WhatsApp não é golpe; empresa recomenda cautela

Avatar

Publicado


source
iFood é um dos principais aplicativos para pedir comida e se diferencia por possuir mais formas de pagamento e restaurantes
Divulgação/iFood

iFood é um dos principais aplicativos para pedir comida e se diferencia por possuir mais formas de pagamento e restaurantes


O iFood tem surpreendido alguns usuários com mensagens no WhatsApp em que oferece descontos e promoções exclusivas. O mesmo acontece via e-mail. Alguns clientes desconfiados suspeitam de golpes virtuais ou fraudes, como tem ocorrido com cada vez mais frequência nos últimos meses.

A página institucional da empresa esclarece que as mensagens enviadas por WhatsApp e E-mail são verídicas, mas os únicos remetentes confiáveis são o endereço de email tal e, pelo zap, o telefone tal, que já terá o contato do iFood seguido por uma certificação verde. 

O site ainda reforça que a empresa nunca vai solicitar dados bancários ou de cartões de crédito, e que está comprometida com a  segurança digital e a disseminação de informação confiável. 

Você viu?

Qualquer outro número ou endereço que te mande mensagem dizendo ser o iFood é golpe , alerta a foodtech. 


Privacidade e segurança


O portal iG contactou o iFood para esclarecer o meio de obtenção dos dados dos seus usuários e as medidas de segurança com estas informações, mas recebemos resposta até a publicação desta matéria.

iFood
Brasil Econômico / Ludmilla Pizarro

Se o remetente da mensagem for verdadeiro, o nome da empresa estará ao lado de uma verificação verde, como no print.

Comentários Facebook
Veja Também  iFood no WhatsApp não é golpe; empresa recomenda cautela
Continue lendo

Economia

Em investimentos, “ser impulsivo é o principal pecado capital”, diz Werner Roger

Avatar

Publicado


source
Werner Roger foi o entrevistado do Brasil Econômico ao vivo desta quinta-feira (25).
Brasil Econômico / Guilherme Naldis

Werner Roger foi o entrevistado do Brasil Econômico ao vivo desta quinta-feira (25).


Entrevistado na live do  Brasil Econômico desta quinta-feira (25), o sócio fundador da Trígono Capital e especialista no mercado de ações  Werner Roger afirmou que quem pretende aprender a investir deve ter paciência, diversificar e não apostar. Para ele, o investidor deve evitar ser impulsivo. 

“Aposta é algo curto, como uma corrida de cavalo, a mega-sena ou um cassino. As apostas são de muito curto prazo e podem dar um lucro muito grande, mas com chances pequenas. No investimento, você tem controle e ele funciona a longo prazo, no mínimo dois ou três anos no futuro”, explicou.

Sobre a diversificação, ele apontou que é importante começar com ações de empresas em diversos setores, o que garante certa segurança para o acionista que está começando, além de certeza de retorno a longo prazo.

O especialista ainda destacou que o mercado de ações “é um investimento racional, e no longo prazo, isso se traduzirá em retorno. Não é uma expectativa de algo que não está no seu controle, mas uma certeza”. 

Veja Também  Petrobras fechou 2020 com lucro líquido de R$7,1 bilhões

Roger é atualmente um dos principais especialistas em ‘small caps’ empresas que estão na bolsa de valores com valor de mercado abaixo de R$ 5 bilhões. Ele explicou porque elas podem ser uma boa alternativa para pequenos investidores e iniciantes. 

“As small caps são mais estáveis que empresas grandes por não chamarem tanta atenção”, disse durante a entrevista. “Além disso, a recuperação das small caps, diante de uma crise, é consideravelmente mais rápida do que as grandes”, completou.

Estatais

Werner aponta que algumas empresas são mais fáceis de privatizar do que outras. Tanto pelo interesse da população e do governo, quanto pelo interesse do mercado. “A Eletrobrás , além de uma companhia de energia, é responsável por muitas usinas, como a nuclear de Angra. É muito complicado vender uma empresa para o setor privado gerir”, contou.  

Você viu?

Ele avalia ainda que o mercado agiu por impulso durante a troca de presidente da Petrobras. Em investimentos, “ser impulsivo é o principal pecado capital” , frisa

Veja Também  Anatel destina toda a faixa de 6 GHz para super Wi-Fi

“As empresas que continuam estatais têm um desempenho muito inferior às que foram privatizadas. Na mão do setor privado, essas empresas se dão muito bem e são voltadas para a eficiência e o lucro dos acionistas, e não para o lucro político”, relata. 

O baixo rendimento  e as intenções políticas das estatais diminuem o atual interesse de investimento nestas empresas, avalia. Suas privatizações, entretanto, podem torná-las mais atraentes. 

Ainda assim, Roger ressalta que o mercado tem pouco interesse em privatizar estatais comprometidas com questões binacionais, como a hidrelétrica de Itaipu, ou com interesses políticos diretos, como a Petrobras. 

Lives Brasil Econômico

Semanalmente, a equipe do Brasil Econômico traz um entrevistado diferente para discutir assuntos relevantes da economia atual, sempre às quintas, 17h. 

Werner Roger, CIO (Chief Investment Officer) da Trígono Capital e colunista do Brasil Econômico, foi entrevistado pela editora do portal iG, Ludmila Pizarro e pelo repórter João Victor Redevilho. 

Roger ainda falou sobre os benefícios do dividendos, sobre a escolha de empresas para investir e a retomada de serviços que envolvam o público.

Assista na íntegra!


Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana