conecte-se conosco


Nacional

Polícia faz ação contra milicianos que lucraram R$ 12 milhões no Rio

Publicado

Nacional


source
Polícia identifica cerca de 143 pontos de venda de produtos ileigais
Divulgação/PCERJ

Polícia identifica cerca de 143 pontos de venda de produtos ileigais

Grupos de milicianos que atuam principalmente na Zona Oeste do Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense estão falsificando cigarros contrabandeados e revendendo para aumentar ainda mais suas rendas. A constatação é da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM).

Após dois meses de investigação, os policiais identificaram pelo menos 143 pontos de venda do produto ilegal produzido no país. Estima-se que os criminosos tenham lucrado pelo menos R$ 12 milhões nos últimos anos com a mercadoria falsa.

Na manhã desta quinta-feira, a especializada montou uma megaoperação intitulada “Malum Fumum” para desarticular a quadrilha. Mais de 300 policiais estão atuando em diversos bairros da capital, municípios da Baixada e do interior do estado do Rio.

Perdeu? Mostramos de Novo

Segundo o delegado Maurício Demétrio Afonso Alves, titular da DRCPIM, a operação desta quinta “faz parte da força-tarefa criada pela Polícia Civil para sufocar e combater o braço financeiro da milícia”. Além de busca e apreensão, todos os estabelecimentos alvos da ação serão notificados através das respectivas prefeituras.

Veja Também  Médico afastado por denúncias de assédio é vacinado contra Covid-19 em BH

“Junto a Associação de Produtores de Cigarros, identificamos que só no Rio de Janeiro há perda de R$ 480 milhões. Em alguns caso, vamos pedir a cassação do alvará do local flagrado cometendo ilicitudes”, destacou o delegado.

As 10h, a Polícia Civil já havia estourando dois depósitos irregulares. Um na Pavuna, na Zona Norte do Rio, e outro em Nova Iguaçu, na Baixada. No bairro Chatuba, em Mesquita, além de cigarros falsificados, os agentes encontraram remédios e equipamentos médicos desviados do Hospital municipal Moacyr do Carmo, em Duque de Caxias. Uma mulher identificada como a técnica de enfermagem Emília Marina da Costa, foi detida. Segundo o delegado, ela não foi capaz de comprovar a origem do material hospitalar.

Comentários Facebook

Nacional

“Desaparecimento” de delação pode suspender processo contra Witzel; entenda

Avatar

Publicado


source
Wilson Witzel (PSC), governador afastado do Rio de Janeiro
Governo do estado do Rio de Janeiro/Divulgação

Wilson Witzel (PSC), governador afastado do Rio de Janeiro

Por alegar que trecho de 24 minutos da delação premiada do ex-secretário de saúde Edmar Santos tenha desaparecido, a defesa do governador afastado do Rio, Wilson Witzel (PSC) , pede que seja suspenso o processo no Superior Tribunal de Justiça (STJ) que o acusa de corrupção. De acordo com os advogados de Witzel, a declaração de Edmar Santos seria a principal prova contra ele. Por isso, tentam anular a acusação do suposto caixa único da propina, frisando não haver outras evidências.

Segundo o portal G1, o vídeo da  delação narra o esquema “capitaneado pelo grupo do Pastor Everaldo “, presidente do PSC, que também foi preso na operação. Witzel teria recebido, por meio do escritório de advocacia da esposa Helena Witzel, R$ 554,2 mil em propina.

Diante da demanda feita pela defesa de Witzel , o STJ solicitou que o Ministério Público Federal, autor da ação, se manifeste.

O afastamento do governador por 180 dias ocorreu em 28 de agosto de 2020 por determinação do ministro Benedito Gonçalves, do STJ. A investigação contra ele foi aberta com base nas informações passadas por Edmar Santos no acordo de delação com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Você viu?

A medida ocorreu ao mesmo tempo em que a PGR , em parceria com a Polícia Federal (PF), cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra agentes públicos, políticos e empresários envolvidos, segundo a acusação, em crimes de corrupção e lavagem de dinheiro do grupo supostamente liderado por Witzel .

A delação corroborou provas obtidas nas operações Placebo e Favorito, realizadas em maio e junho do ano passado, que revelaram esquemas de corrupção envolvendo pagamento às Organizações Sociais na área da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. As fraudes incluem desde compras de respiradores com sobrepreço ou inadequados para o tratamento da Covid-19, superfaturamento em contratos de oito hospitais de campanha e indícios de direcionamento de contratos.

Veja Também  Médico afastado por denúncias de assédio é vacinado contra Covid-19 em BH

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Sol e calor nesta terça em São Paulo

Avatar

Publicado


source
Previsão do tempo desta terça em São Paulo
Reprodução Redes Sociais/msonohara

Previsão do tempo desta terça em São Paulo

Sol e calor com poucas nuvens durante todo o dia marcam a previsão do tempo desta terça-feira (26), na capital paulista. A temperatura permanecerá quente. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 20ºC e a máxima de 31ºC.

Com o entardecer, há probabilidade de chuvas intensas em São Paulo. A umidade do ar em São Paulo oscila entre 36% e 95%.

Comentários Facebook
Veja Também  Polícia Federal indicia 26 por ligação com esquema ilegal de migração aos EUA
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana