conecte-se conosco


Esportes

Galo treina para a 1ª de dez finais na reta final do Brasileirão

Publicado

Esportes


Com dez jogos restantes no Campeonato Brasileiro, o Atlético promete encarar todas essas partidas como finais para ganhar força na luta pelo título.
“São dez jogos, dez decisões para que a gente possa fazer o maior número possível de pontos e consiga, ainda, buscar esse título que é tão sonhado não só pelo torcedor atleticano, mas pelos jogadores também”, afirma o goleiro Everson.
A série de finais começa neste domingo, contra o Atlético-GO, em Belo Horizonte. A partida será realizada às 18h15, no Mineirão.
“Dentro ou fora de casa, a gente sempre busca a vitória, temos essa metodologia de trabalho, de jogo. Poderíamos ter encurtado essa distância do líder em três pontos, mas, infelizmente, conseguimos encurtar em apenas um ponto, ainda com uma rodada a menos na competição. Cabe a nós focar. As equipes de cima acabaram não tendo as vitórias e esses dez últimos jogos são muito difíceis porque cada equipe tem a sua pretensão. Cabe a nós trabalhar para fazer o maior número possível de vitórias e brigar lá em cima pelo título”, destaca o arqueiro atleticano.
A preparação para o confronto com a equipe goiana teve início na manhã desta quarta-feira, com treinamento na Cidade do Galo.
Everson completa avaliando que o time fez um bom jogo no empate por 2 a 2 com o Red Bull Bragantino, na última segunda-feira (11), em Bragança Paulista.
“Fizemos partidas melhores dentro do Campeonato Brasileiro, mas essa partida contra o Red Bull também não foi ruim. Tivemos o controle do jogo e, infelizmente, acabamos tomando dois gols, o que acabou dificultando que a gente pudesse buscar a vitória. Mas enfrentamos uma equipe qualificada, que cinco dias antes tinha ganhado do líder da competição. A gente sempre conversa e

  Palmeiras derrota o Bahia de 3 a 0 e sobe na tabela

Veja Também  Com facilidade Ceará derrota o Goiás de 4 a 1 e marca o 6º triunfo fora de casa

Comentários Facebook

Esportes

Palmeiras não reage diante do Flamengo que brilha e conquista o 3º lugar na tabela

Avatar

Publicado


Pela 31ª rodada do Brasileirão, o Flamengo venceu o Palmeiras por 2 a 0 na noite de quinta-feira (21), no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Os gols do Rubro-Negro foram marcados por Luan (contra) e Pepê, na segunda etapa. Com o resultado, o Mengão se mantém vivo na briga pelo título nacional.

O jogo
A partida começou com uma forte marcação de ambas as equipes, que faziam o jogo rolar em alta velocidade. A primeira grande oportunidade do time rubro-negro foi criada aos cinco minutos. Arrascaeta emendou uma bicicleta na direita da grande área e exigiu uma grande defesa de Weverton. Aos 13’, o Fla chegou novamente com perigo. Após troca de passes, Everton Ribeiro tocou para Gerson dentro da área, que chutou em cima do goleiro. A bola sobrou para Gabigol mandar por cima da meta.

Foto: Cesar Greco / Palmeiras

Com toque de bola rápido e tabelas curtas, o Rubro-Negro envolvia a equipe palmeirense e conseguia criar boas chances no ataque. De tanto insistir, o Mengão abriu o placar aos 45 minutos! Após pressão na saída de bola, Everton Ribeiro avançou e a bola sobrou para Bruno Henrique, que serviu Arrascaeta. O uruguaio tocou por baixo das pernas de Werverton, e Kuscevic tentou afastar, mas chutou em cima de Luan e a bola entrou para o fundo da rede. Gol contra em Brasília!

  Internacional vence o Fotaleza e fica a um ponto do topo do Brasileirão

Veja Também  Em Salvador, Athletico fez primeiro treino visando o desafio contra o Flamengo

No segundo tempo, o jogo ficou mais equilibrado com o Palmeiras tendo que sair mais para o ataque. Mas o time rubro-negro mantinha uma marcação forte e bem encaixada, conseguindo desarmar as jogadas. Aos 26’, após cobrança de falta de Filipe Luís, Gustavo Henrique subiu livre na pequena área e a bola passou perto da trave. Aos 35’, Bruno Henrique recebeu na entrada da área e arriscou o chute. Weverton se esticou todo para evitar o gol.

Aos 37’, o Mengão ampliou o marcador! Após cobrança de escanteio, a bola explodiu em Pedro, que conseguiu ajeitar para Pepê emendar de primeira no canto esquerdo do goleiro: 2 a 0. No restante da partida, o Fla administrou o resultado e saiu de campo com os três pontos, importantíssimos na briga pelo título brasileiro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Em jogo repleto de emoções, Chapecoense vence e reassume a liderança da Série B

Avatar

Publicado


Se fosse um filme, a partida entre Chapecoense e Ponte Preta – disputada na noite de quinta-feira (21), na Arena Condá – iria da ação ao drama, mas seria celebrado com um final feliz. No duelo entre as equipes catarinense e paulista, que finalizou a 36ª rodada da Série B, fato é que não faltou emoção. Expulsão para o adversário, divididas acirradas, lesões graves e um pênalti convertido no apagar das luzes garantiram um sabor especial à vitória que devolveu a liderança da Série B ao Verdão.

A partida: 

Depois de uma chegada ao ataque da Chapecoense logo no primeiro minuto de partida, a Ponte Preta deu a resposta com Camilo, na bola parada, mas sem efetividade. Aos 10, Mike arriscou de canhota, de fora da área, e mandou perto do gol. Aos 32, Aylon aproveitou a sobra, ganhou a dividida e finalizou, mas a bola saiu pela linha de fundo. A pressão verde e branca ficou ainda maior após a expulsão de Luan Dias, da Ponte Preta, aos 40 minutos. Ainda ao final da primeira etapa, a Chape bombardeou o adversário em busca do gol, com Aylon acertando a trave e Anselmo Ramon aproveitando a sobra para finalizar com perigo, para grande defesa do goleiro da macaca.

  Operário sofre derrota de 2 a 0 fora de casa para o Cuiabá

Veja Também  Em jogo repleto de emoções, Chapecoense vence e reassume a liderança da Série B

Na etapa final, a persistência alviverde prevaleceu e as inúmeras chegadas ao ataque encurralaram o adversário. Aos 40, quando disparava em direção ao gol, Paulinho Moccelin foi parado com falta e, após prender o pé no gramado, deixou o gramado com grave lesão. A partida, que parecia se encaminhar para o empate, teve mudança de roteiro aos 47 minutos, quando Roberto foi derrubado na área por Apodi e a arbitragem assinalou pênalti. Na cobrança, o Cria do Condá Perotti converteu, confirmando a vitória.

Foto: Márcio Cunha/ACF
Foto: Márcio Cunha/ACF

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana