conecte-se conosco


Carros

Veja como os 5 carros mais baratos do Brasil já custam caro

Publicado

Carros


source

Poucas coisas subiram tanto de preço nos últimos anos como automóveis zero quilômetro. Nem parece que, em meados de 2009, o Fiat Mille era o carro mais barato do Brasil, partindo de R$ 23 mil. Em 2020, o menor valor que você terá que desembolsar para ter um veículo novo estará na faixa de R$ 39 mil.

Partindo disso, a reportagem do IG Carros lista os 5 veículos mais baratos para aqueles que querem gastar pouco sem dispensar o prazer de ser o primeiro dono. Também incluímos os preços dos modelos durante o lançamento, para ter uma base de comparação sobre como eles ficaram mais caros em tão pouco tempo. Acompanhe!

1 – Renault Kwid Life – R$ 39.390

Renault Kwid
Roberto Assunção

Renault Kwid é considerado o “SUV dos compactos” pelo design de crossover

O Renault Kwid Life é o carro mais barato do Brasil, partindo de R$ 39.390 na versão Life. Seu preço subiu bastante desde 2017, quando era tabelado em R$ 29.990 nas concessionárias. Apesar de ser um carro básico, tem o trunfo de contar com quatro airbags (frontais e laterais).

Seu motor é 1.0 da família SCe, desenvolvendo 70 cv de potência a 5.500 rpm e 9,8 kgfm a 4.250 rpm, com transmissão manual, de cinco marchas. O principal trunfo do subcompacto é o consumo de combustível, podendo aferir 10,3 km/l na cidade e 10,8 km/l na estrada com etanol, além de 14,9 km/l na cidade e 15,6 km/l na estrada com gasolina, segundo o Inmetro.

Veja Também  Suzuki SV650 fica mais estilosa e sustentável na linha 2021

2 – VW Up! MPI – R$ 49.590

Volkswagen Up!
Divulgação

Volkswagen Up! se destaca pela praticidade, mas passa por maus bocados no mercado nacional

O Volkswagen Up! está por um triz no Brasil. Apesar de ser uma ótima ideia e um veículo muito bem estruturado, sucesso de crítica, ele nunca vendeu tão pouco como em 2020. O hatch parte de R$ 49.590 na versão básica MPI, com motor 1.0 aspirado. Seu valor de entrada durante o lançamento em 2014 ficava na faixa de R$ 26 mil; logo, sua versão de entrada praticamente dobrou de preço em seis anos.

O compacto desenvolve 82 cv de potência a 6.250 rpm e 10,4 kgfm a 3.000 rpm, com câmbio manual de cinco velocidades. Apesar de ser a versão “pelada”, conta com computador de bordo, volante multifuncional e rádio simples com conexão Bluetooth e USB. Na Argentina, infelizmente, já deixou de ser vendido.

3 – Hyundai HB20 Sense – R$ 50.990

Hyundai HB20
Divulgação

Hyundai HB20 continua ocupando posições de destaque no ranking dos mais vendidos do Brasil

Lançado em 2019, o HB20 Sense é o projeto mais novo que você poderá comprar pelo mínimo de dinheiro no fim do ano. A versão com motor 1.0 aspirado parte de R$ 50.990 nas concessionárias da Hyundai, sendo que seu valor de lançamento em 2019 era R$ 46.490.

Veja Também  Volvo XC60 híbrido ganha opção de interior em tecido sustentável

O hatch coreano entrega 80 cv de potência a 6.000 rpm e 10,2 kgfm a 4.500 rpm, com transmissão manual de cinco velocidades. Nesta versão, ele ainda não conta com controle de estabilidade e assistente de partida em rampa, itens de segurança vendidos em um pacote separado. No pacote de mídia, há rádio simples com conexão Bluetooth, que pode ser controlado pelo volante multifuncional.

4 – Fiat Mobi Easy – R$ 39.990

Fiat Mobi
Divulgação

Desde que foi lançado em 2016, o Fiat Mobi roubou o lugar do Uno no coração dos brasileiros

Outro modelo que você poderá comprar na faixa dos R$ 40 mil é o Fiat Mobi . Ainda assim, o modelo teve aumento considerável desde 2016, quando foi lançado por R$ 31.900. 

O Mobi tem motor 1.0, de 75 cv e 9,9 kgfm de torque a 3.850 rpm, com transmissão manual de cinco marchas. Trata-se de um veículo extremamente rudimentar, que traz itens básicos como travamento automático das portas e limpador do vidro traseiro como opcionais.

5 – Ford Ka S 1.0 – R$ 51.990

Ford Ka
Roberto Assunção

Ford Ka continua sendo o carro-chefe da montadora americana no Brasil

Quando chegou ao mercado na metade de 2015, o Ford Ka mais barato custava R$ 35.390. A crise veio, e fez a fabricante elevar seu preço para R$ 51.990, deixando-o R$ 16 mil mais caro. Este fator não afetou seu desempenho em vendas, uma vez que o Ka continua aparecendo na lista dos carros mais vendidos do Brasil.

O Ka Hatch S 1.0 desenvolve 85 cv de potência e 10,7 kgfm de torque a 3.500 rpm, com câmbio manual, de cinco marchas. A versão básica conta com direção assistida, ar-condicionado e banco traseiro bipartido.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros

Volvo XC60 híbrido ganha opção de interior em tecido sustentável

Avatar

Publicado


source
Interior em tecido sustentável do Volvo XC60 leva 30% de lã e 70% de poliéster reciclado
Divulgação

Interior em tecido sustentável do Volvo XC60 leva 30% de lã e 70% de poliéster reciclado

Você viu?

A Volvo passa a oferecer no mercado brasileiro o XC60 Híbrido com a opção de interior forrado em um tecido sustentável, feito com 30% de lã e 70% de poliéster reciclado.

De acordo com a Volvo , o poliéster reciclado tem como origem garrafas PET, lixo plástico retirado de oceanos e até roupas decartadas. A nova opção está disponível na versão Inscription do SUV e pode ser encontrado nas tonalidades Charcoal Midnight Zink Wool Blend, que traz tons em cinza claro e a Charcoal Slate Wool, em cinza mais escuro.

“Além de estarmos disponibilizando mais duas opções de tecido exclusivas a nossos clientes, o novo interior do XC60 Recharge Inscription traz muito mais conforto, já que o novo material traz conforto térmico e mais respirabilidade, garantindo muito mais comodidade para o dia a dia”, explica Bruno Galli, gerente de Produto e Preço da Volvo Car Brasil.

Chamado oficialmente pela fábrica de XC60 Recharge Inscription T8 , o XC60 híbrido combina um motor 2.0 a gasolina de 320 cv com um propulsor elétrico de 87 cv, para desenvolver a potência máxima de 407 cv. O sistema de tração é integral.

Veja Também  Suzuki SV650 fica mais estilosa e sustentável na linha 2021

Além dos novos bancos sustentáveis, que são combinados a itens como os itens de acabamento em metal e cristal Orrefors, a lista de equipamentos do modelo inclui sistema de som com 10 alto-falantes e subwoofer de 255 watts, sistema multimídia com tela de 9″, sete airbags, faróis de LED, bancos dianteiros com ajuste elétricos, memória e aquecimento, direção semiautônoma e chave adicional que limita a velocidade máxima do veículo.

O preço de tabela é de R$ 369.950. O XC60 com o novo interior sustentável ficará exposto até fevereiro na loja Volvo do CJ Shops, em São Paulo (SP). O estoque é limitado e as encomendas podem ser feitas em qualquer concessionário da marca sueca no Brasil.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

Volkswagen Taos chega ao Brasil no segundo trimestre de 2021

Avatar

Publicado


source
VW Taos será posicionado acima do T-Cross e poderá declarar o fim do Tiguan Allspace de cinco lugares
Divulgação

VW Taos será posicionado acima do T-Cross e poderá declarar o fim do Tiguan Allspace de cinco lugares

A Volkswagen do Brasil revela mais informações sobre o Taos , novo SUV médio que está confirmado para o segundo trimestre de 2021, em um bate-papo com a imprensa. O modelo que ficará entre T-Cross e Tiguan na linha da marca será feito ao lado da picape Amarok em Pacheco (Argentina), com foco na distribuição em toda a América Latina.

O Taos tem 4,46 m de comprimento (6 cm a mais que o Jeep Compass ), 1,62 m de altura (+ 1 cm), 1,84 m de largura (+ 2 cm) e  2,68 m de distância entre-eixos (+ 4 cm). Seu porta-malas tem 498 litros de capacidade, superando o Jeep Compass (410 l) em 88 litros. O vão-livre do solo é de 18,5 cm, garantindo ângulo de entrada de 19° e saída de 26,3°.

Desempenho

O SUV terá o mesmo motor 1.4 TSI, de 150 cv e 25,5 kgfm de torque a 1.500 rpm que equipa Tiguan , Jetta e T-Cross , mantendo o câmbio automático de seis marchas com hastes atrás do volante para trocas sequenciais. Segundo o gerente de desenvolvimento de produto da Volkswagen, José Loureiro, apesar do hardware ser o mesmo entre todos os modelos, a aplicação do software é específica para cada veículo.

Veja Também  Novo DeLorean DMC-12 deverá ser lançado como elétrico

Dessa forma, o VW Taos é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, com velocidade máxima de 194 km/h, diz a fabricante. A central multimídia VW Play inclui gerenciamento de modos de condução, onde o motorista poderá escolher entre as categorias “normal”, “esporte”, “econômica” e “individual”. Os modos alteram o mapeamento do motor e a entrega da curva de torque para cada situação específica, deixando o Taos mais arisco ou suave. 

O modelo ainda conta com sistema start-stop, que desliga o veículo com pedal de freio acionado para economizar combustível. Os números de consumo ainda não foram revelados.

Você viu?

Segundo a equipe de engenharia da Volkswagen, não há intenção de instalar o motor 2.0, de 230 cv de potência e 35,5 kgfm de torque que equipa as versões mais caras do Tiguan no novo Taos. Versões com tração integral também não estão nos planos da Volkswagen do Brasil. 

Segurança

Modelo ainda não foi submetido ao Latin NCAP, mas fabricante antecipa que deverá atender os critérios  do mercado
Divulgação

Modelo ainda não foi submetido ao Latin NCAP, mas fabricante antecipa que deverá atender os critérios do mercado

Uma das apostas da Volkswagen para o Taos inclui recheá-lo de equipamentos de segurança . O modelo conta com sensores de ponto-cego, alerta de tráfego cruzado traseiro, indicador de perda de pressão dos pneus e função de frenagem de manobra e sistema de frenagem pós-colisão. O Taos ainda não foi submetido aos testes de colisão do Latin NCAP , mas segundo a fabricante, o modelo “está preparado para atender os requisitos mais desafiadores do mercado”.

Veja Também  Mitsubishi Outlander surge camuflado em novo teaser; confira o vídeo

Conforto

Além da central multimídia, VW Taos terá display 100% digital para reproduzir informações de bordo
Divulgação

Além da central multimídia, VW Taos terá display 100% digital para reproduzir informações de bordo

O modelo trará a nova central multimídia VW Play, com pareamento de celulares via Android Auto e Apple CarPlay, porém sem GPS nativo. O motorista poderá reproduzir informações de mídia e computador de bordo no cluster digital. Na comparação com outros modelos da Volkswagen, o Taos estreia carregador de celular por indução e luz ambiente customizável pela central VW Play. 

Posicionamento

VW Tiguan pode perder versão de cinco lugares no Brasil para não
Divulgação

VW Tiguan pode perder versão de cinco lugares no Brasil para não “canibalizar” o irmão argentino

A chegada do Volkswagen Taos ao mercado nacional levantou dúvidas sobre o destino do VW Tiguan Allspace em suas versões de cinco lugares. A fim de evitar a “canibalização de produtos”, a Volkswagen anuncia que o portfólio ainda está sendo avaliado, mas que há a intenção de tornar a gama cada vez mais enxuta – seguindo exemplo do Nivus , que foi lançado em apenas duas versões.

A marca não revelou preços e versões do Taos , mas há a expectativa de que o modelo custe entre R$ 125 mil e R$ 175 mil. Dessa forma, o SUV ficará posicionado entre a versão mais cara do T-Cross e o modelo de entrada do  Tiguan Allspace, de sete lugares. 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana