conecte-se conosco


Carros

Jeep Renegade fecha novembro na ponta do ranking dos SUVs

Publicado

Carros


source
Jeep Renegade Moab 2021
Divulgação

Jeep Renegade continua no alto da lista dos SUVs mais vendidos do Brasil e pode fechar 2020 como campeão de vendas



Novembro foi o melhor mês do ano para o mercado de carros novos e o Jeep Renegade foi o SUV mais procurado pelo público brasileiro no período. De acordo com números do Renavam divulgados pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), o modelo somou 6.453 emplacamentos.



Esse volume de vendas de novembro foi o melhor do Jeep Renegade no ano, permitindo que o modelo feito em Goiana (PE) superasse por uma margem de pouco mais de 100 unidades o concorrente Chevrolet Tracker , enquanto irmão maior Jeep Compass fechou o pódio do ranking de utlitários com 6.155 emplacamentos.

Em novembro, a categoria dos SUVs ficou mais uma vez com a maior fatia do mercado, concentrando 32,7% dos emplacamentos. A segunda colocação ficou com os chamados “Hatches Pequenos” (classificação que para a Fenabrave inclui carros como Chevrolet Onix e Hyundai HB20 ), com uma participação de 29,4%, enquanto os carros de “Entrada” (Renault Kwid e os Fiat Mobi e Uno) morderam um pedaço de 12,3% das vendas.

Veja Também  Volvo XC60 híbrido ganha opção de interior em tecido sustentável

SUVs em 2020

VW T-Cross Sense
Divulgação

VW T-Cross Sense: versão para PCD impulsionou as vendas do SUV que continua como o mais vendido do ano até agora


No ano, a liderança ainda é do Volkswagen T-Cross , com um acumulado de 52.686 unidades. Boa parte delas da versão Sense, que é voltada para o público PCD e chegou inclusive a ter as vendas suspensas por conta da alta demanda. O SUV compacto da marca alemã encabeça a lista que traz também Jeep Renegade (48.988), Jeep Compass (45.997) e o Chevrolet Tracker (42.623).

No acumulado de 2020, a queda nas vendas é de 28,6%. Mas o mercado vem retomando nos últimos meses o rítmo de vendas. Em novembro, o segmento de automóveis e comerciais leves apresentou alta de 4,4% sobre outubro, com 214.265 unidades emplacadas, contra as 205.232 no mês anterior.

Os 10 SUVs mais vendidos do Brasil em novembro de 2020

1 – Jeep Renegade – 6.543 unidades
2 – Chevrolet Tracker – 6.427 unidades
3 – Jeep Compass – 6.155 unidades
4 – Volkswagen T-Cross – 5.562 unidades
5 – Hyundai Creta – 5.218 unidades
6 – Honda HR-V – 3.700 unidades
7 – Nissan Kicks – 3.429 unidades
8 – Volkswagen Nivus – 3.149 unidades
9 – Renault Duster – 2.618 unidades
10 – Ford EcoSport – 2.426 unidades

Veja Também  Suzuki SV650 fica mais estilosa e sustentável na linha 2021
Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros

Chevrolet completa 96 anos de Brasil com 17 milhões de carros produzidos

Avatar

Publicado


source
Nova geração do Chevrolet Tracker é um dos modelos montados na fábrica de São Caetano do Sul (SP)
Divulgação

Nova geração do Chevrolet Tracker é um dos modelos montados na fábrica de São Caetano do Sul (SP)

Você viu?

A Chevrolet completa 96 anos de presença entre os fabricantes brasileiros de automóveis. Segunda a montar uma fábrica no Brasil — sendo precedida apenas pela Ford — a marca da gravata douradas atingiu em quase um século a marca de 17 milhões de automóveis produzidos por aqui.

O dia 26 de janeiro de 1925 marcou o registro oficial da filial brasileira da General Motors , que no mesmo ano inaugurou a linha de montagem em um galpão na Avenida Presidente Wilson, na capital paulista. Dois anos, após a montagem do primeiro Chevrolet no Brasil, quando já haviam sido montados 50 mil carros, a empresa iniciou a construção da fábrica de São Caetano do Sul (SP), que até hoje é uma das principais plantas industriais da companhia no Brasil.

Veja Também  Volkswagen Taos chega ao Brasil no segundo trimestre de 2021

Nas primeiras décadas, a fábrica localizada no ABC Paulista montava os carros vindos dos Estados Unidos e também produzia carrocerias para ônibus, que seriam montadas sobre os chassis importados. Ao mesmo tempo, trabalhava na nacionalização de alguns componentes.

Mas o primeiro Chevrolet nacional , um caminhão, foi fabricado apenas em 1957. Modelo que no ano seguinte iria ganhar um motor brasileiro, fundido, forjado e usinado na então nova fábrica de São José dos Campos (SP).

Em 1968, foi a vez de General Motors do Brasil fabricar o seu primeiro carro de passeio no Brasil. O Chevrolet Opala unia a carroceria do alemão Opel Rekord C com os motores usados na linha americana da Chevrolet. No ano seguinte, a filial local atingiu a marca de 500 mil carros produzidos.

Nas décadas seguintes, a General Motors do Brasil seguiu a tendência lançada com o Opala e se inspirou nos modelos da alemã Opel para renovar a linha de produtos Chevrolet de passeio.

Foi assim que surgiram modelos como o Chevette , Kadett e Monza , que seguiram em produção até os anos 1990, sendo sucedidos pelos novos Corsa, Vectra, Astra e Omega, Meriva e Zafira, todos também projetos originalmente da Opel.

Veja Também  Novo DeLorean DMC-12 deverá ser lançado como elétrico

A partir de 2012, com o lançamento do Cobalt, os Chevrolet brasileiros de passeio passaram a serem produtos independentes, desenvolvidos com grande participação da engenharia local e voltados para mercados em desenvolvimento.

A nova filosofia deu origem também aos modelos Spin, Prisma e Onix , hatch que atualmente está em sua 2ª geração e é o modelo mais vendido do Brasil.

A General Motors conta com três fábricas de carro no Brasil: São José dos Campos (SP), São Caetano do Sul (SP) e Gravataí (RS), além de fábricas de componentes em Mogi das Cruzes (SP) e Joinville (SC). Atualmente, são fabricados por aqui os Chevrolet S10, Trailblazer, Joy, Joy Plus, Onix, Onix Plus, Tracker e Spin.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

VW Tiguan Allspace pode perder versão de cinco lugares no Brasil

Avatar

Publicado


source
VW Tiguan: sucesso de vendas entre os SUVs médios receberá facelift em 2021 para continuar competitivo
Divulgação

VW Tiguan: sucesso de vendas entre os SUVs médios receberá facelift em 2021 para continuar competitivo

Durante a apresentação do novo SUV médio Taos , a Volkswagen confirma que está avaliando seu portfólio de utilitários para torná-lo cada vez mais enxuto. A versão de cinco lugares do VW Tiguan Allspace , que parte de R$ 146.880, é candidata a sair de linha no Brasil em 2021 para evitar a “canibalização” de produtos.

O termo “canibalização” é utilizado na indústria quando dois produtos de mesma fabricante disputam uma determinada faixa de preço. Como o Taos é aguardado com valores entre R$ 125 mil e R$ 170 mil, a versão básica do Tiguan ficaria sobrando na linha da Volkswagen.

Executivos da Volkswagen chegaram a citar o Nivus – disponível apenas nas versões Comfortline (R$ 89.150)  e Highline (R$ 102.050) – como exemplo de uma linha mais enxuta de produtos. 

Veja Também  Lançado limpador de para-brisa para modelos off-road

Quando o VW Tiguan for lançado no Brasil em seu novo facelift , poderá abandonar a versão de cinco lugares para focar em um segmento superior. Dessa forma, a fabricante deve manter as versões Comfortline 1.4 (R$ 175.140) e R-Line 2.0 (R$ 217.650) para um público mais abastado, onde o Tiguan passa a concorrer diretamente contra Mitsubishi Outlander (R$ 181.990) e Peugeot 5008 Griffe Pack (R$ 207.490).

Você viu?

O quinto SUV da Volkswagen

VW Atlas Cross Sport é aguardado no Brasil para bater de frente com o Jeep Grand Cherokee
Divulgação

VW Atlas Cross Sport é aguardado no Brasil para bater de frente com o Jeep Grand Cherokee

Em 2018, a Volkswagen confirmou que planejava ter 5 SUVs em seu line-up até 2020. Apesar da pandemia causada pelo novo coronavírus, que atrasou os planos da fabricante, três deles já estão no mercado: Nivus , T-Cross e Tiguan . O quarto modelo será o Taos , confirmado para o segundo trimestre de 2021 .

A Volkswagen ainda aguarda melhores condições para importar o Atlas Cross Sport , novo SUV de porte grande que virá ao Brasil para substituir o antigo Touareg . O modelo produzido nos Estados Unidos e China já foi registrado no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) em 2020, sinalizando que está bem próximo de ser lançado no Brasil. 

Veja Também  Volkswagen Taos chega ao Brasil no segundo trimestre de 2021

Ele é oferecido na China com apenas uma motorização V6 3.6, que pode entregar 239 cv de potência e 35,7 kgfm de torque na versão de entrada, ou 280 cv e 36,8 kgfm no modelo mais caro. Em ambas as versões, o câmbio é automático, de oito marchas.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana