conecte-se conosco


Mato Grosso

Governador empossa especialistas para formulação de políticas públicas da Educação

Publicado

Mato Grosso


O governador Mauro Mendes deu posse aos membros do Conselho Consultivo da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) nesta quarta-feira (02.12). O conselho foi instituído com o objetivo de elaborar políticas públicas para a educação de Mato Grosso, através de boas práticas nacionais e internacionais inovadoras, um dos fatores favoráveis à melhoria da aprendizagem.

“Temos um desafio enorme de encontrar as medidas corretas e adequadas sobre os diversos pilares e conseguirmos, com isso, melhorar os resultados e o aprendizado na sala de aula. Vamos contar agora com a experiência de vocês dando essa contribuição. Fico muito feliz porque acreditamos que a educação é, sem sombra de dúvida, o único caminho para ter uma sociedade ais igualitária, com mais oportunidades e que isso possa trazer benefícios para todos”, afirma o governador durante a posse dos novos conselheiros.

Foram nomeados para o conselho dois membros da Seduc e seis externos, educadores de reconhecimento no setor e líderes nacionais com experiência na área educacional. A cerimônia de posse foi feita por videoconferência. 

Fazem parte do colegiado a ex-ministra de Administração do governo federal, professora e doutora Claudia Maria Costin; a ex-reitora da Unemat, professora e doutora Ana Maria Di Renzo; pesquisador Alexandre Schneider; advogado Alex Canziani Silveira; e o ex-ministro da Educação, José Henrique Paim Fernandes. Além do reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professor Evandro Soares da Silva. Os dois membros titulares da Seduc no conselho são os secretários Alan Resende Porto e Amauri Monge Fernandes (Adjunto Executivo de Educação). 

O conselho tem a finalidade de ajudar a melhorar as práticas pedagógicas e de gestão da secretaria e na formulação e implantação das políticas públicas educacionais, além da análise e a avaliação das políticas implementadas.

“Nós estamos aqui para elaborar as melhores práticas de educação com experiências comprovadas que focam na qualidade do ensino e no aproveitamento da aprendizagem. Buscamos uma educação pública que permita às pessoas serem cidadãs que interpretem a realidade e saibam viver em um mundo cada vez melhor em sua comunidade, ou sejam profissionais de alto desempenho no que fazem”, explica o secretário de Educação, Alan Porto.

Veja Também  Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo terá live com autoridades nacionais e mato-grossenses

Os membros do Conselho Consultivo da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) não serão remunerados, e suas atividades serão consideradas como serviço público relevante.

Conheça o perfil e currículo dos conselheiros:

CLAUDIA COSTIN

A professora e doutora Claudia Maria Costin é fundadora e diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (CEIPE-FGV) e ex-secretária de Educação do Município do Rio de Janeiro, já foi diretora Global de Educação do Banco Mundial. Costin também foi ministra da Administração e Reforma do Estado durante o governo Fernando Henrique Cardoso (entre 1995 e 2002).

HENRIQUE PAIM

O ex-ministro da Educação (2014 e 2015), Henrique Paim, é economista, professor da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAPE), diretor do Centro de Desenvolvimento da Gestão Pública e Políticas Educacionais (DGPE), ambos da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e ex-presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

ANA MARIA DI RENZO

Ana Maria Di Renzo é professora e doutora em Linguística na Universidade Estadual de Campinas (2005), foi reitora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) entre 2015 e 2018, e atualmente é presidente da Câmara de Educação Profissional e de Educação Superior (Ceps) do Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso (CEE-MT).

EVANDRO SOARES DA SILVA

O reitor da UFMT Evandro Soares da Silva é professor doutor em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Tem experiência em gestão e conhecimentos no aperfeiçoamento em Microeletrônica, Projetos Integrados pelo Ministério da Ciência e Tecnologia. Ele foi presidente da Comissão de Análise de Desempenho do curso de Engenharia Elétrica nas provas do Enade e Provão (2013). Desde de março de 2020 é reitor da UFMT.

Veja Também  Público irá conhecer história da quilombola Justina Ferreira da Silva

ALEX CANZIANI

O ex-deputado federal pelo Paraná e advogado Alex Canziani Silveira também faz parte dos nomeados para o conselho. Enquanto parlamentar ocupou a cadeira por cinco legislaturas, e foi presidente da Frente Parlamentar de Educação Profissional, Tecnológica, Educação à Distância e Novas Tecnologias Educacionais do Congresso Nacional.

ALEXANDRE SCHNEIDER

Alexandre Schneider é pesquisador e consultor. Reconhecido na área da educação, foi secretário municipal de Educação de São Paulo, e é pesquisador visitante da Universidade Columbia de Nova York (EUA). E pesquisador do Centro de Economia e Política do Setor Público da FGV/SP. Alexandre é destacado colunista da temática da educação pública do jornal “Folha de S. Paulo”, no que diz respeito a sua formulação, ideias, planejamento e avaliação. 

ALAN RESENDE PORTO

É o atual secretário de Educação do Estado de Mato Grosso (Seduc-MT) desde novembro de 2020. Em 2019 assumiu a função de Secretário Executivo da secretaria e anteriormente, entre 2017 e 2018, foi secretário Adjunto de Obras da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer. É engenheiro civil e atua desde 2010 com vasta experiência e expertise no setor público. Na última década, foi diretor de Planejamento e Projetos na Secretaria Municipal de Obras da Prefeitura de Cuiabá. Diretor Especial de Convênios na Secretaria Municipal de Governo de Cuiabá. Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Cuiabá (2015-2016).

AMAURI MONGE FERNANDES

O secretário Adjunto Executivo de Educação Amauri Monge Fernandes é graduado em Direito e mestre em Administração e Gestão Pública Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP), doutorando em Administração e Políticas Públicas pela Universidade de Lisboa (ISCSP). Foi gestor no setor privado, secretário de Inovação e Juventude em Santana de Parnaíba (SP) e secretário regional de Educação no Estado do Paraná.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Mato Grosso recebe 11 mil doses da CoronaVac nesta segunda-feira (25)

Avatar

Publicado


A segunda remessa da vacina CoronaVac chegará em Mato Grosso às 16h35 desta segunda-feira (25.01) no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. De acordo com o direcionamento do Ministério da Saúde, essas doses contemplarão exclusivamente trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19.

Diferentemente da primeira remessa – em que foram encaminhadas 126 mil doses para imunizar cerca de 63 mil pessoas, com 2 doses para cada -, neste lote o Ministério da Saúde decidiu encaminhar os imunizantes relativos especificamente à primeira dose, de forma que todo o quantitativo será utilizado na primeira aplicação. 

A remessa com as unidades da segunda dose será encaminhada posteriormente pelo próprio Ministério da Saúde. Para a CoronaVac, o prazo para a aplicação da segunda dose varia entre 14 e 28 dias.

Imediatamente após a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalharão no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

Veja Também  Atribuição no Liceu Cuiabano termina nesta segunda (25); 3ª etapa será no Cesário Neto
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Atribuição no Liceu Cuiabano termina nesta segunda (25); 3ª etapa será no Cesário Neto

Avatar

Publicado


A atribuição (escolha de cargo ou aulas que o professor irá lecionar no ano letivo de 2021), etapa Assessoria Pedagógica, foi marcada pela tranquilidade e respeito às normas de biossegurança nesta segunda-feira (25.01), na Escola Estadual Liceu Cuiabano, em Cuiabá. Os professores aguardavam nos corredores obedecendo ao distanciamento e uso de máscara de proteção individual. À disposição de todos, álcool gel.

Foram atribuídas aulas para professores de geografia, história, biologia, filosofia, física, química, ciências da natureza e língua portuguesa. As disciplinas foram distribuídas por sala de aula na unidade escolar. Com isso, houve o distanciamento ideal. No corredor, enquanto aguardavam, os professores também respeitaram o distanciamento com o espaçamento das carteiras.

O professor de geografia Lucas Alves Vaz aguardava para ser lotado em alguma escola da capital e elogiou o trabalho de atendimento. “Hoje está tranquilo. Fui bem atendido, com medição de temperatura, disponibilidade de álcool gel. Agora é aguardar ser chamado”.

Quem também gostou do atendimento foi o professor de física Edemar Hiller que conseguiu aulas livres na EE João Crisóstomo, no bairro Doutor Fábio. “Não houve tumulto. Todos respeitaram o distanciamento e principalmente a ordem de classificação”, assinala.

Segundo o assessor pedagógico Alex Rufino, os trabalhos são desenvolvidos conforme o planejado, respeitando não só a ordem de classificação, como toda a Instrução Normativa 10/2021 da Seduc.

Veja Também  Público irá conhecer história da quilombola Justina Ferreira da Silva

O secretário escolar Blenner Vinícius, chamado para colaborar nessa etapa de atribuição, reforça o entendimento do assessor pedagógico. “Chamamos uma pessoa por vez, abrimos os janelões aqui do primeiro piso. Somente quatro pessoas por sala, o que dá tranquilidade tanto para quem vem, como para quem está trabalhando”, salienta.

Várzea Grande

Nos dois dias da etapa de atribuição na Assessoria Pedagógica (22.01 e 25.01), os trabalhos seguiram as orientações da Seduc, sendo divididos em duas unidades escolares – Adalgisa de Barros e Licínio Monteiro. Com isso, os profissionais da Educação puderam aguardar o atendimento respeitando às normas de biossegurança.

Na sexta-feira, na EE Adalgisa de Barros foram atribuídos vigias, professores de arte e língua portuguesa. Na EE Licínio Monteiro, foram atendidos professores de matemática, limpeza e merendeiras. Nesta segunda-feira, as demais disciplinas – incluindo pedagogia – foram distribuídas nas duas escolas.

A professora de língua portuguesa Cíntia Guazzi Biral foi a primeira da lista para ser atribuída e elogiou os trabalhos da Assessoria. “Foi um trabalho zeloso, com todo o cuidado com o distanciamento e o atendimento foi rápido”, assegura.

Terceira etapa

A partir desta terça-feira (26), nas unidades escolares e nas Assessorias/Aulas adicionais, haverá a terceira etapa de atribuição. Neste caso, somente será feita quando as Assessorias tiverem concluído o processo de atribuição dos efetivos remanescentes.

Veja Também  Atribuição no Liceu Cuiabano termina nesta segunda (25); 3ª etapa será no Cesário Neto

Veja abaixo quais disciplinas/função, áreas de conhecimento e escolas onde serão realizadas as atribuições:

Dia 26/1 – 8 h – ESCOLA CESÁRIO NETO

Assessoria Pedagógica – EFETIVOS REMANESCENTES: Efetivos que não se inscreveram e/ou não validaram a inscrição.

Disciplinas/função:

– PORTUGUÊS;
– INGLÊS;
– ESPANHOL;
– ARTES;
– PEDAGOGO

Dia 26/1 – 13:30 – ESCOLA CESÁRIO NETO

Disciplinas/função:

– MATEMÁTICA;
– HISTÓRIA;
– GEOGRAFIA;
– FILOSOFIA;
– SOCIOLOGIA;
– AAE – LIMPEZA/NUTRIÇÃO/VIGIA

DIA 27/01/21 – 8h – ESCOLA CESÁRIO NETO

Assessoria Pedagógica – Ingresso – concurso: Atribuição na disciplina do concurso

Disciplinas/função:

INGRESSO – CONCURSO

DIA 27/01/21 – 13:30 – ESCOLA CESÁRIO NETO

Disciplinas/função:

PERMUTADOS
CEDÊNCIAS
COOPERAÇÃO TÉCNICA

DIA 28/1 – 8h – ESCOLA CESÁRIO NETO

ASSESSORIA PEDAGÓGICA : Atribuição para quem não contou pontos e na área de conhecimento.

Disciplinas/áreas do conhecimento:

– FÍSICA
– QUÍMICA; 
– BIOLOGIA;
– CIÊNCIAS;
– HISTÓRIA;

– GEOGRAFIA;
– FILOSOFIA;
– SOCIOLOGIA

DIA 28/1 – 13h30 – ESCOLA CESÁRIO NETO

Disciplinas/áreas do conhecimento:

– PORTUGUÊS;
– INGLÊS;
– ESPANHOL;
– ARTES;
– PEDAGOGIA;
– MATEMÁTICA

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana