conecte-se conosco


Economia

Dólar termina dia com leve queda e acumula recuo de 7,2% em novembro

Publicado

Economia


source

Agência Brasil

.
Reprodução: ACidade ON

Dólar termina dia com leve queda e acumula recuo de 7,2%


Em um dia de vaivém no mercado, o dólar encerrou esta sexta-feira (27) com pequeno recuo e acumula recuo de mais de 7% em novembro. A bolsa de valores também alternou altas e baixas, mas fechou o dia com leve alta e registra ganho de quase 18% no mês.


O dólar comercial fechou o dia vendido a R$ 5,326 , com recuo de R$ 0,01 (-0,18%). A cotação operou em alta ao longo de boa parte da sessão, chegando a R$ 5,37 por volta das 11h, mas não sustentou a valorização ao longo da tarde até fechar próxima da estabilidade.

A divisa fechou a semana com recuo de 1,13%. Esta foi a segunda semana consecutiva de retração do dólar, que acumula queda de 7,2% em novembro. Em 2020, a moeda subiu 32,72%.

Veja Também  Guedes vê relação com o Congresso como saída para melhora da economia do país

No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3, encerrou o dia aos 110.575 pontos , com alta de 0,32%. O indicador chegou a subir 1,25% perto das 13h, mas recuou durante a tarde até terminar próximo da estabilidade.

Com ganhos há quatro semanas seguidas, a bolsa subiu 4,28% nesta semana e acumula alta de 17,7% em novembro. Se fechar com estabilidade na próxima segunda-feira (30), o Ibovespa terá o melhor desempenho mensal desde outubro de 2002. Em volta a níveis anteriores ao início da pandemia de covid-19, o índice acumula queda de 4,38% no ano.

Nesta sexta-feira, o mercado foi influenciado por fatores externos. Além de progressos recentes no desenvolvimento de vacinas para a covid-19, os investidores reagiram a sinais de retomada na economia chinesa e a expectativa de que o governo de Joe Biden injete dólares na economia global.

Mais otimismo nas economias avançadas aumenta a disposição dos investidores em aplicarem em países emergentes, como o Brasil. No maior nível desde o início de março, os preços das commodities (bens primários com cotação internacional) também beneficia a economia brasileira, ao melhorar os termos de troca do país com o exterior.

Veja Também  Economia brasileira deve crescer 3,6% este ano, estima FMI

Comentários Facebook

Economia

Passo Fundo voltará a receber voos da Azul em maio

Avatar

Publicado


source

Contato Radar

Passo Fundo voltará a receber voos da Azul em maio
Gabriel Araújo

Passo Fundo voltará a receber voos da Azul em maio

A Azul informou nesta terça-feira (26) que retomará as operações para Passo Fundo (PFB) a partir do dia 12 de maio.

De acordo com a companhia, serão três voos diários entre a cidade gaúcha e Campinas (VCP), principal hub da Azul. A operação será feita pelo Embraer 195-E1, com capacidade para 118 passageiros.

Desde novembro de 2020, o Aeroporto Lauro Kortz passa por obras que visam a reconstrução da pista, implantação de faixas de pista e áreas de segurança nas cabeceiras, sistema de drenagem, pátio de aeronaves e novo terminal de passageiros.

Além disso, constam no projeto a construção de um novo estacionamento de veículos, via de acesso, novo sistema de balizamento luminoso e equipamentos e auxílios à navegação aérea, que permitirão a operação por instrumento (IFR).

Você viu?

“Estamos felizes em poder anunciar o retorno das nossas operações em Passo Fundo, que é uma base muito importante para a Azul, e com isso voltar a atender a localidade conectando a cidade com todos os destinos operados pela companhia”, aponta Vitor Silva, gerente de Planejamento de Malha da Azul.

Veja Também  99 terá que pagar indenização para motorista que teve conta bloqueada

Abaixo, veja os horários:

alt

O post Passo Fundo voltará a receber voos da Azul em maio apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Economia brasileira deve crescer 3,6% este ano, estima FMI

Avatar

Publicado


source
Economia brasileira deve crescer 3,6% em 2021
iStock

Economia brasileira deve crescer 3,6% em 2021

A economia brasileira deve crescer 3,6% este ano e 2,6% em 2022, de acordo com o relatório Panorama Econômico Global, do Fundo Monetário Internacional ( FMI ). A previsão deste ano teve um incremento de 0,8 ponto percentual em relação à última, de outubro, e a estimativa para 2022 subiu 0,3 ponto percentual.

Já a economia mundial tenderá a crescer 5,5% este ano e 4,2% em 2022, aponta o FMI. A previsão para 2021 foi revisada para cima, mais precisamente 0,3 ponto percentual em relação à anterior, refletindo as expectativas de um fortalecimento na economia ocasionado pela vacinação contra a Covid-19 .

Apesar das incertezas, diz o estudo, projeta-se que a atividade da economia global cresça no final do ano com a vacinação das populações e também com os projetos de alívio preconizados por grandes economias – como o de US$ 1,9 trilhão do governo de Joe Biden nos EUA.

A recuperação projetada do crescimento este ano se segue a “um colapso severo em 2020, que teve impactos adversos agudos sobre mulheres, jovens, pobres, trabalhadores informais e aqueles que trabalham em setores de contato intensivo com pessoas”, diz o relatório.

Veja Também  Pista principal de Congonhas ganhará área de segurança nas cabeceiras

Você viu?

A contração da economia global em todo o ano de 2020 é é estimada em -3,5%, 0,9 ponto percentual acima do projetado no informe anterior do FMI.

De acordo com o Fundo, as ações de governos, como estímulos contra a crise, são essenciais para garantir “um suporte eficaz até que a recuperação esteja firmemente em andamento”, o que retomará o crescimento e a transição para uma economia mais sustentável, “com menor dependência de carbono”.

As economias de países em desenvolvimento, recomenda o FMI, devem manter “apoio fiscal e monetário” onde a sustentação da dívida não estiver em risco e com expectativas de inflação “bem ancoradas”.

Em especial, as nações com baixa renda per capita precisam do apoio da comunidade internacional para debelar a crise, com ajuda para alívio da dívida e a concessão de empréstimos, para que não haja aumento da pobreza .

Veja Também  Passo Fundo voltará a receber voos da Azul em maio

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana