conecte-se conosco


Economia

Maradona foi garoto-propaganda de marcas brasileiras; relembre os comerciais

Publicado

Economia


source
Maradona
Reprodução/Guaraná

Maradona protagonizou cena polêmica ao vestir camisa da seleção brasileira em comercial do Guaraná Antárctica

Além da icônica atuação dentro de campo, Diego Maradona , que morreu na última quarta-feira, se destacou em campanhas publicitárias de marcas brasileiras e multinacionais. No Brasil, ele estrelou ao menos três campanhas televisivas: Havaianas, BomNegócio.com e Guaraná Antarctica.

A rivalidade entre as seleções brasileira e argentina de futebol foi frequentemente abordada com humor nas peças publicitárias. Já no exterior, McDonald’s , Coca-Cola e Louis Vuitton são algumas das empresas às quais o craque associou a sua imagem e influência. Relembre algumas propagandas:

Apesar da rivalidade entre brasileiros e argentinos no futebol, Maradona já vestiu a camisa da seleção brasileira algumas vezes . Em uma delas foi quando estrelou uma campanha de refrigerante durante a Copa do Mundo de 2006.

No comercial de cerca de 30 segundos, o craque aparece ao lado jogadores da seleção brasileira, como Kaká e Ronaldo , cantando o hino nacional com sotaque portenho.

Veja Também  Auxílio vai voltar? Para Bolsonaro, só com PEC Emergencial; entenda

Na sequência, o argentino aparece na cama acordando assustado e vestindo uma camiseta com as cores da seleção argentina. “Caramba, que pesadelo! Creo que estou bebendo mucho Guaraná Antarctica “, diz.

Diante da polêmica na ocasião, Maradona afirmou não ter qualquer arrependimento pela participação no comercial.

Em 2014, a campanha feita pelo BomNegócio.com viralizou nas redes ao convidar o astro Diego Maradona. No vídeo, Maradona dá vida a uma poltrona em um canto da sala e começa a provocar os torcedores brasileiros que estão assistindo o jogo do Brasil.

“Nosostros somos los mejores del mundo”, “Argentina! Argentina”, dizia o ex-jogador. A paz só retorna quando um deles resolve vender a poltrona pelo antigo site de classificados e Maradona desaparece.

Mesmo sem aparecer na campanha, Maradona também esteve presente em outro comercial veiculado no Brasil em 2014. Durante o Mundial daquele ano, disputado no Brasil, a Havaianas teve o ex-jogador Romário como protagonista.

No vídeo, Romário compra um par dos chinelos e envia o pé esquerdo para a casa do argentino. Em seguida, enquanto assiste a uma partida com amigos, Romário é questionado sobre onde está a outra peça e responde: “Tá com quem merece”.

Veja Também  Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford

Em 2010, a marca de luxo Louis Vuitton uniu Maradona , Pelé e Zidane na mesma campanha publicitária. O brasileiro e o francês aparecem jogando pebolim, enquanto o argentino é o mediador da partida. No final do filme, Maradona deixa a dúvida sobre quem ganhará a partida.

Na Copa do Mundo de1982, a Coca-Cola , patrocinadora oficial do Mundial, aproveitou a ascensão do craque para divulgar a competição, realizada na Argentina. No comercial, Diego Maradona caminha cabisbaixo após uma partida, quando um menino o aborda e oferece uma Coca-Cola.

Em um comercial da rede Mc Donald’s de 1984, Maradona aparece carismático ao saborear um sanduíche na rede de fast food. De repente, um menino vê o astro comendo o sanduíche e se impressiona com a sua presença.

Em seguida, Maradona decide se sentar com a criança para comer. Na sequência, uma série de imagens do craque surgem no comercial.

“Chegar ao topo representa esforço, imaginação, dar qualidade. Torne o difícil mais fácil. Maradona sabe disso e o McDonald’s também “, dizia a peça, ao intercalar imagens dos hambúrgueres da empresa com lances de Maradona em campo.

Comentários Facebook

Economia

Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford

Avatar

Publicado


source

Contato Radar

Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford
Gabriel Araújo

Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford

CNF ao vivo – O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (CNF) recebeu na manhã deste domingo (23) cerca de 190 mil doses da vacina AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra.

A operação foi realizada pelo Embraer 195 cargueiro da Azul, que partiu do Rio de Janeiro (GIG) e pousou no aeroporto mineiro às 09h45. Trazida ao Brasil pela Emirates na sexta-feira (22), as duas milhões de doses do imunizante chegaram em São Paulo (GRU), sendo transportadas ao Rio de Janeiro (GIG) logo após e distribuídas pelo país através de voos da Azul, GOL e LATAM.

Após o pouso, a carga foi retirada e seguiu de caminhão até a Central de Rede de Frio de Minas Gerais, sendo escoltada pela Polícia Militar de Minas Gerais e da Polícia Federal. Já a aeronave seguiu de Confins para Palmas (PMW) e posteriormente para Campo Grande (CGR).

Você viu?

Abaixo, veja fotos da operação:

Veja Também  Mães criam projetos para diminuir os custos com material escolar

O post Aeroporto Internacional de BH recebe doses da vacina de Oxford apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Auxílio vai voltar? Para Bolsonaro, só com PEC Emergencial; entenda

Avatar

Publicado


source

Brasil Econômico

Bolsonaro é a favor da volta do auxílio, mas com cuidados
Reprodução SBT

Bolsonaro é a favor da volta do auxílio, mas com cuidados

O presidente Jair Bolsonaro é a favor da volta do auxílio emergencial , mas só aceitaria pagar o benefício novamente caso seja aberto espaço no Orçamento . As informações são de fontes ligadas ao presidente ouvidas pelo Valor Econômico.

De acordo com as fontes, Bolsonaro não está disposto a flexibilizar o teto de gastos para voltar a pagar ao auxílio emergencial. “Se não tem dinheiro, melhor nem fazer”, disse o presidente.

A solução para voltar a pagar o benefício , que ainda não teve seu valor definido, não seria um novo Orçamento de Guerra que, no ano passado, retirou os gastos relacionados à pandemia de Covid-19 do cálculo do teto.

Você viu?

Para Bolsonaro , portanto, a saída seria aprovar uma Proposta de Emenda Cosntitucional (PEC) Emergencial – ou PEC dos gatilhos -, para abrir espaço no orçamento para o pagamento de benefícios.

A PEC estabelece cortes de gastos, como salários dos servidores, sempre que o Orçamento ultrapassar o limite. Além disso, benefícios fiscais devem ser reavaliados a cada quatro anos com a PEC, que também deve proibir novos incentivos fiscais.

Dentre as medidas, que são temporárias, também está a proibição de criar novas despesas obrigatórias por dois anos. Com a PEC , também fica permitida a redução de carga horário e salários de servidores públicos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana