conecte-se conosco


Policial

Investigado por homicídio cometido há três anos, rapaz é preso pela Polícia Civil em Cuiabá

Publicado

Policial


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) prendeu nesta segunda-feira (24) um homem de 25 anos investigado por um homicídio cometido na Capital há três anos.

Em depoimento ao delegado que preside o inquérito, Caio Fernando Álvares Albuquerque, o investigado confessou com detalhes o crime que vitimou Wagner Yuri Corillo da Silva, 22 anos, ocorrido no bairro Jardim Vitória, em 2017. O investigado informou que cometeu o crime por ter sido ameaçado pela vítima quando os dois estiveram presos na Penitenciária Central do Estado, em 2016. Ele confirmou ainda que a história de vingança por um celular roubado, relatada na época do crime, não procedia e que um dos disparos foi efetuado contra as costas da vítima.

A investigação sobre o homicídio apurou que a namorada da vítima informou identidade falsa, em nome de Felipe Vagner Souza e Silva, a fim de ocultar um mandado de prisão que havia em aberto contra Wagner Yuri, que foi socorrido ainda com vida, mas morreu a caminho do Pronto-Socorro de Cuiabá.

Veja Também  Foragido da Justiça de Rondônia tem prisão cumprida em Comodoro

A equipe da DHPP apurou ainda que no dia do crime, o investigado foi em uma motocicleta Honda Titan até a quitinete onde morava a vítima e a abordou já fazendo os disparos que atingiram orelha, costas e antebraço. A causa da morte foi hipovolemia (perda de sangue intensa). Ainda com vida, Wagner apontou que o investigado é que havia cometido o crime. Testemunhas ouvidas pela Polícia Civil confirmaram a informação dada pela vítima sobre o autor do crime.

Durante a apuração do crime, os investigadores conseguiram outras informações relevantes sobre o homicídio, mas havia temor de represália, pois o suspeito era envolvido em diversos roubos, que andava sempre armado e respeitado na região. Depois da morte da vítima, o investigado se mudou do bairro e passou a morar na zona rural.

Diante das informações coletadas na investigação, que demonstraram a autoria do delito, o delegado representou pela prisão do investigado, deferida pelo juízo da 12a Vara Criminal de Cuiabá.

O inquérito está em fase de conclusão e indiciamento do autor do homicídio.

Veja Também  Moradores acionam policiais que encontram menino que fugiu de casa em Rondonópolis

Após ser localizado, ele foi levado à DHPP, onde prestou depoimento. Posteriormente, foi encaminhado para realização de exame de corpo de delito e em seguida foi para a unidade prisional do Capão Grande, em Várzea Grande.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Polícias Civil e Militar frustam festa promovida por facção criminosa e fecham ponto de venda de drogas

Avatar

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil e Polícia Militar de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá) deflagraram na madrugada deste domingo (24.01) a operação “Surpresa” visando coibir e reprimir a prática de crimes de tráfico de drogas e a atuação de facções criminosas na cidade. 

O trabalho integrado resultou na frustração de uma festa idealizada por uma organização criminosa na zona rural do município, com a condução de cinco pessoas, entre elas quatro menores de idade. Concomitantemente as equipes fecharam um ponto de vendas de drogas, localizado no bairro Primavera, e efetuaram a prisão de um casal. 

Os policiais civis da Delegacia de Água Boa, em conjunto com os militares do 13º Comando Regional da PM, receberam denúncia sobre uma festa na zona rural do município, promovida por uma organização criminosa para comemorar o aniversário de um membro da facção. 

Segundo apurado houve anúncio e convite do evento em redes sociais, informando que no local haveria a venda de drogas sintéticas e a presença de adolescentes. 

Veja Também  Homem fica nervoso com presença de viatura e é pego com pistola e droga em Tangará da Serra

Diante das informações as equipes deslocaram-se até a chácara onde encontraram cerca de 80 pessoas, entre elas menores de idade. No momento da chegada dos policiais no local, o organizador da festa e outros suspeitos conseguiram fugir pelo matagal. 

Na ocasião quatro adolescentes e um adulto, o qual possuía cumprimento de medida cautelar judicial e deveria permanecer em casa no período noturno, foram detidos e encaminhados para Delegacia de Polícia para as providências cabíveis.

Conforme o delegado de Água Boa, Valmon Pereira da Silva, paralelo a essa ação policial, outras equipes foram até uma residência no bairro Primavera, onde já haviam diversas denúncias de plena comercialização de drogas no imóvel.

“No local foram flagrados alguns usuários fazendo consumo de entorpecentes no endereço. Após revistas foram apreendidas diversas porções de drogas prontas para consumo, máquina de cartão de crédito, caderno com anotações de clientes, uma quantia em dinheiro, entre outros objetos apreendidos”, destacou o delegado.

Um homem e uma mulher responsáveis pela casa foram presos e autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas. Três pessoas usuárias também foram conduzidas para a delegacia, e responderão o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de drogas.

Veja Também  Foragido da Justiça de Rondônia tem prisão cumprida em Comodoro

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Moradores acionam policiais que encontram menino que fugiu de casa em Rondonópolis

Avatar

Publicado


Policiais do 5º BPM de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) encontraram na madrugada deste domingo (24.01), um menino de 10 anos, no bairro Residencial José Sobrinho.

A informação chegou via 190 que na Avenida Rio Branco estaria uma criança andando sozinha na via. Via rádio, os policiais foram informados que seria o mesmo menino que teria fugido de casa e sua família o procurava.

Já com a presença da mãe, ela contou aos policiais que o menor já teria promovido a mesma situação três vezes.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Também  Moradores acionam policiais que encontram menino que fugiu de casa em Rondonópolis
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana