conecte-se conosco


Policial

Investigado por extorsão praticada contra três vítimas, homem é preso pela Polícia Civil, em Cuiabá

Publicado

Policial


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) prendeu nesta sexta-feira (20.11), em flagrante, o autor dos crimes de extorsão qualificada, mediante restrição de liberdade, roubo majorado e associação criminosa praticados contra três vítimas mulheres, na Capital. O investigado foi preso no bairro Jardim Renascer.

 

Em um espaço de dez dias, ele abordou de forma violenta três mulheres e mediante restrição de liberdade das vítimas roubou pertences pessoais e cartões de crédito e com ameaças fez as vítimas fornecerem senhas e realizaram compras e saques.

A partir da comunicação do primeiro crime, ocorrido no dia 09 de novembro, quando uma das vítimas que estava com sua filha, menor de idade, foi abordada ao retornar para seu veículo, no bairro Quilombo, os policiais da Derf começaram as diligências para chegar ao suspeito. Ao abordar a vítima no bairro Quilombo, ele anunciou o roubo e utilizando arma de fogo levou diversos pertences pessoais, aparelho celular e a bolsa. Ele estava com uma motocicleta, que foi identificada durante as diligências investigativas e depois localizada em sua residência, no momento em que foi preso em flagrante.

O outro crime foi cometido em plena luz do dia, na região central de Cuiabá, no dia 16 desta semana, quando a vítima estava em frente a sua casa e foi rendida por um homem que entrou no veículo com ela e depois de dirigir até local afastado e a obrigou a entrar no porta-malas. Depois, conforme relato da mulher, ele buscou os comparsas e a vítima ficou no carro por horas, enquanto o grupo criminoso fazia compras com seu cartão.

Veja Também  Quatro pessoas são presas por corrupção de menores em motel de Várzea Grande

Conforme a investigação, após deixar a vítima presa no carro, o suspeito vai até um carro que dava apoio à empreitada criminosa. O veículo foi apreendido na casa do investigado que foi preso, o que reforça todas as informações coletadas e que embasam o inquérito instaurado pela delegacia especializada.

O último crime praticado pelos criminosos ocorreu no dia 18 de novembro, no bairro Jardim Cuiabá, quando a vítima saía de uma consulta médica e foi rendida pelo suspeito preso. A mulher foi obrigada a dirigir até uma área próxima ao distrito do Sucuri e depois colocada no porta-malas do próprio veículo utilizando o mesmo ‘modus operandi’ do crime anterior. A vítima passou cerca de três horas presa dentro do carro, enquanto os criminosos faziam compras e saques com seu cartão de crédito. Foram efetuados saques em um caixa eletrônico e compras em loja de roupas esportivas e em um centro de comércio popular na Capital.

Após as diligências e informações coletadas, os investigadores chegaram ao endereço do suspeito, onde foram localizadas a motocicleta utilizada por ele e o carro modelo Peugeot 207 prata, que deu apoio aos crimes.

Veja Também  PRF apreende carreta com carga de pneu de origem paraguaia.

O delegado Gustavo Belão, responsável pelo inquérito, explica que na investigação foi possível estabelecer o envolvimento de ao menos quatro suspeitos, sendo uma deles o que foi preso nesta sexta-feira, indicando que ele integra uma perigosa associação criminosa voltada para a prática do crime de extorsão qualificada pela restrição da liberdade. Desta forma, foi realizada a prisão em flagrante, uma vez que o Código Penal (artigo 288) estabelece que o delito de associação criminosa é crime permanente.

Todas as vítimas reconheceram o criminoso preso, por meio de imagens coletadas nas diligências. A investigação continua para chegar aos demais integrantes do grupo criminoso.

Após os procedimentos policiais, o investigado foi encaminhado à unidade prisional do Capão Grande, em Várzea Grande, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

PM lança Operação Patrulha Maria da Penha em Mato Grosso

Avatar

Publicado


Nesta quarta-feira (25.11), a partir das 08h, a Polícia Militar em parceria com o Mutirão de Medidas Protetivas Urgentes do Tribunal de Justiça de Mato Grosso realizará  a ‘Operação Patrulha Maria Penha’  em todo o estado. A ação visa combater crimes de violência contra a mulher.

No dia 25 de novembro começa a campanha anual do “Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres”. Para reforçar as ações de combate a esse tipo de crime, a PM atuará de forma integrada junto ao Tribunal de Justiça, empregando equipes de policiais militares para reforçar todas unidades da instituição a fim de potencializar o atendimento local as vítimas. 

A coordenadora de Polícia Comunitária da PM, tenente-coronel Emirella Martins diz que a operação Patrulha Maria da Penha atuará fazendo a primeira visita para a mulher e para o agressor, um protocolo de visita para os casos de menor risco será criado, as demandas identificadas pelos policiais militares serão encaminhadas para outras instituições parcerias da rede de proteção. 

Nas comarcas do interior serão destinadas duas guarnições da PM, já nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande 16 equipes de policiais militares darão apoio às ações do Mutirão de Medidas Protetivas Urgentes do TJMT. 

Veja Também  PM identifica suspeitos e apreende droga e arma de fogo em Querência

A Operação Patrulha Maria da Penha seguirá até às 20h nas cidades onde ela já foi instalada: Cuiabá e Santo Antônio do Leverger, Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento, Rondonópolis, Barra do Garças e Pontal do Araguaia, Sinop, Sorriso, Cáceres, Tangará da Serra, Primavera do Leste, Pontes e Lacerda, Comodoro e Querência

Serviço 

Lançamento Operação Patrulha Maria da Penha 

Data : 25.11.2020

Horário: 8 horas

Local: Sede do Comando Geral da PM, Avenida Historiador Rubens de Mendonça, Novo Paraíso, em Cuiabá. 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

PM identifica suspeitos e apreende droga e arma de fogo em Querência

Avatar

Publicado


Policiais militares da 19ª Companhia de Querência (a 945 km de Cuiabá) prenderam na madrugada desta terça-feira (24.11) um homem e apreenderam um adolescente por tráfico de droga e porte ilegal de arma de fogo.

A denúncia descrevia que a dupla seria membro de uma organização criminosa. Em diligência, os policiais identificaram os suspeitos que estavam em uma motocicleta. Foi iniciado o procedimento e solicitado ordem de parada, não obedecida.

Durante o monitoramento, os dois homens estavam e alta velocidade colocando a própria vida e de outras pessoas em risco. Depois de alguns quilômetros em fuga, eles pararam e foram abordados.

O adolescente carregava 59 pedras de crack prontas para venda. O piloto tinha na cintura uma faca de mesa e um alicate. A motocicleta Honda Biz estava com queixa de roubo. Os policiais ainda foram na casa do homem e encontraram um pistola calibre 22, com quatro munições.  

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Dupla é pega com droga em bairro de Várzea Grande
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana