conecte-se conosco


Policial

Homem que atirou pelas costas da ex-mulher é preso por tentativa de feminicídio

Publicado

Policial


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Porto dos Gaúchos (663 km ao norte de Cuiabá) cumpriu nesta sexta-feira (20) mandado de prisão preventiva contra o homem investigado por tentativa de feminicídio contra a ex-esposa. O crime ocorreu no dia anterior à eleição, em uma propriedade rural de Novo Horizonte do Norte, cidade próxima a Porto dos Gaúchos. Ele foi indiciado por tentativa de feminicídio e o inquérito concluído.

O indiciado, de 60 anos, não aceitava a separação e na manhã do dia 14 de novembro foi até a propriedade onde mora a vítima. Após discutir com a mulher, ele foi até o carro e pegou uma espingarda calibre 28, disparando contra a vítima. Depois do crime, ele fugiu da cidade.

O delegado de Porto dos Gaúchos, João Antônio Ribeiro Torres, explica que a vítima recebeu os disparos pelas costas, que atingiram a nuca, lateral do rosto e ombros. “Felizmente a vítima se encontra fora de perigo. Após os primeiros socorros, ela foi transferida para um hospital em Cuiabá”.

Após diligências da Delegacia de Porto dos Gaúchos para apurar o crime e coletar informações para subsidiar o inquérito instaurado, o delegado representou pela prisão do suspeito. Ele foi preso em Juara, onde está residindo.

Veja Também  Sargento é homenageado depois de 33 dias de internação hospitalar com Covid-19

O inquérito policial concluído nesta quinta-feira. “As investigações foram intensas, contudo exitosas no sentido de ter angariados elementos de informação sobre a autoria e materialidade delitiva” destacou o João Antônio, que agradeceu o apoio da delegacia da equipe e da Delegacia de Juara para o bom andamento da missão.

Após o cumprimento do mandado de prisão, o indiciado foi encaminhado para a unidade prisional de Porto dos Gaúchos, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Operação Omaggio apura crimes tributários cometidos no Acre com ramificação em MT

Avatar

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada de Crimes Fazendários (Defaz), deu apoio à operação Omaggio, deflagrada na quarta-feira (02.12) pela Polícia Civil e Secretaria de Fazenda do Estado do Acre para apurar crimes tributários contra a administração pública acreana. Foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão em cidades do Acre e em Cuiabá.

A operação conjunta também pediu o bloqueio de nove contas bancárias e sequestro e apreensão de 11 veículos. A investigação policial e fiscal durou cerca de 60 dias, quando foi observada a ramificação da ação criminosa em Mato Grosso.

Algumas empresas eram constituídas com endereços fictícios e seus sócios não passavam de pessoas comuns, sem nenhum poder aquisitivo. Os líderes da ação usavam essas empresas para efetuar compras fora do estado com auxílio de um representante comercial de Cuiabá, que faturava a mercadoria em nome dessas empresas como forma de burlar a fiscalização tributária, o que configura a fraude financeira já que a empresa era usada tão somente como “laranja”.

Veja Também  Vítima de possível golpe desconfia de situação e aciona a PM que recupera carreta

O delegado-geral da Polícia Civil do Acre, Josemar Moreira Portes, ressaltou o trabalho desenvolvido pela instituição de forma conjunta com o órgão do governo.

“Estamos cada vez mais nos apropriando da expertise investigativa com a colaboração da Secretaria da Fazenda para enfrentar de maneira firme esse tipo de crime. Toda sociedade requer de nós essa doação e estaremos cada vez mais aptos para inibir e responsabilizar aqueles que escolherem os caminhos a margem da lei”, disse Josemar Portes.

Para Clovis Monteiro, representante da Secretaria da Fazenda Estadual e diretor Administrativo Tributária “todo material apreendido será submetido à análise de peritos fiscais tributários no intuito de identificar ramificações de pessoas que agem na tentativa de burlar a fiscalização tributária do Estado”.

De acordo com coordenador da operação, delegado Pedro Resende, acredita-se que mais pessoas devam ser presas nas próximas horas.

“Teremos, a partir de agora, mais desdobramentos dessa ação policial devido ao material robusto encontrado durante o cumprimento dos mandados. Tudo isso será analisado dando seguimento a investigação criminal e fiscal”, finalizou Resende.

Veja Também  PM identifica bar como ponto de venda de droga em Peixoto de Azevedo

O nome da operação, Omaggio, refere-se à palavra “tributo” em italiano, uma vez que tal cobrança estatal remonta ao antigo Império Romano.

Informações da Agência de Notícias do Governo do Acre 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Sargento é homenageado depois de 33 dias de internação hospitalar com Covid-19

Avatar

Publicado


Depois de 33 dias internado em um hospital de Sorriso com Covid-19, 25 deles em unidade de terapia intensiva, o 2º sargento César Sales, 43, lotado no 13º Batalhão da Polícia Militar em Lucas do Rio Verde(354 km de Cuiabá) ontem (02.12) recebeu alta e retornou para sua residência.

Na chegada a sua casa, na cidade de Lucas do Rio Verde, Sales foi surpreendido pela presença da tropa formada em sua homenagem, de policiais civis, agentes da Guarda Municipal, dezenas de amigos, vizinhos e familiares e um banner de boas-vindas

.

Além de formar uma corrente de fé e oração pelo restabelecimento da saúde do policial, enquanto ele estava internado seus colegas de farda se mobilizaram em apoio a sua família, esposa e filhos. Asseguram, entre outros serviços, meios de transporte entre Lucas e Sorriso para que os familiares pudessem fazer as visitas e acompanhá-lo na recuperação.

À frente da recepção do sargento Sales, o comandante do 13º Batalhão, tenente-coronel Paulo Secci, observou que essa homenagem traduz o respeito e a união das forças de segurança em prol da sociedade e dos agentes públicos do setor.

Veja Também  Policiais encontram droga em motocicleta e carro durante abordagens em Várzea Grande

O sargento Sales, agora em recuperação domiciliar, em breve retomará sua missão de prevenção e repressão à violência nas ruas de Lucas do Rio Verde.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana