conecte-se conosco


ELEIÇÃO MUNICIPAL

Pesquisa aponta liderança de Kalil com 54,8% em Várzea Grande

Publicado

Política

Assessoria

O candidato Kalil Baracat (MDB) lidera a corrida pela Prefeitura de Várzea Grande. Pesquisa do Instituto Avaliar divulgada nesta sexta-feira (30.10) mostra o candidato do MDB com 54,8% dos votos válidos.

Em segundo aparece o candidato Flávio Frical (PSB), com 25,9% dos votos válidos.

Emanuelzinho (PTB) é o terceiro com 15,8% e, Miltão (Psol), tem 3,5%.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes de todos os candidatos são apresentados ao eleitor, Kalil aparece com 37,3% das intenções de voto. Nessa modalidade, Flávio Frical tem 17,6%; Emanuelzinho tem 10,7%; e Miltão tem 2,9%.

Outros 15,3% dos eleitores entrevistados disseram que votariam em branco, nulo ou nenhum; e 16,7% não souberam ou não opinaram.

Espontânea

Kalil também lidera na pesquisa espontânea, quando o entrevistador não apresenta a lista dos candidatos.

Nessa modalidade, Kalil tem 24,5%; Flávil Frical tem 12,6%; Emanuelzinho tem 6,5%; e Miltão tem 1,4%.

Do total de entrevistados, 0,4% disseram que votariam em outros candidatos; 16,3% votariam em nulo, branco ou nenhum; e 38,3% não souberam ou não opinaram.

Veja Também  Apuração dos votos será transmitida ao vivo pela TVAL

A pesquisa

O Instituto Avaliar entrevistou 680 eleitores em Várzea Grande no período de 26 a 28 de outubro.

A margem de erro é de 3,75 pontos percentuais para mais ou para menos. E o nível de confiança é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número: MT-01549/2020.

Pesquisa Avaliar VG - 301020

Pesquisa Avaliar VG - 301020

Pesquisa Avaliar VG - 301020

 

Comentários Facebook

Política

“A gestão da educação no governo Mauro Mendes é a grande fake news”, diz Lúdio

Avatar

Publicado


Deputado Lúdio convocou o secretário de Educação para audiência na ALMT

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) cobrou, mais uma vez, que o governo de Mato Grosso seja transparente nas medidas que afetam a educação pública, e que responda aos reiterados questionamentos. Ele observou que, como parlamentar, tem obrigação de fiscalizar o Poder Executivo.

“Se existe fake news na educação de Mato Grosso, essa fake news se chama governo Mauro Mendes. Ele está completando dois anos de mandato e, nesses dois anos, a única coisa que ele fez foi desmontar a educação pública de Mato Grosso. A gestão da educação no governo Mauro Mendes é a grande fake news, essa que é a grande verdade”, disse Lúdio.

Ao receber denúncias sobre o fechamento de escolas no estado, Lúdio prontamente convocou o secretário de Educação, Alan Porto, para prestar esclarecimentos. No entanto, durante a audiência realizada na Assembleia Legislativa na quarta-feira (25), o secretário se esquivou de informar objetivamente os planos da Seduc para fechar escolas e cortar custos. Somente depois, ao ser pressionado pela imprensa em entrevista coletiva, é que o secretário citou um número.

Veja Também  JAYME ANUNCIA A LIBERAÇÃO DE R$ 44 MILHÕES EM EMENDAS DE SUA AUTORIA PARA MUNICÍPIOS

“Nas mais de duas horas de questionamentos que fizemos ao secretário, ele sequer respondeu à pergunta mais objetiva de todas, que é quantas e quais escolas o Estado pretende fechar. O governador precisa ter transparência. O problema é que, como eles querem fazer maldade, eles ficam tangenciando. Não abordam de forma objetiva, clara e transparente as questões e vão tomando decisões e criando fatos consumados”, observou Lúdio.

Lúdio afirmou também que o governo precisa dialogar com as comunidades escolares, em vez de simplesmente comunicar por e-mail sobre o fechamento de escolas e silenciosamente tomar medidas que acabam com políticas públicas educacionais. Além disso, medidas como o fim das séries iniciais do ensino fundamental na rede estadual, publicada ontem no Diário Oficial, não foram debatidas com as escolas, nem com os municípios e sequer citadas pelo secretário na audiência.

“A partir de qualquer rumor, qualquer notícia que chega até nós de maldades contra a população, nós, parlamentares, temos o dever de questionar o governador. E foi o que nós fizemos e é o que faremos sempre, doa a quem doer”, concluiu. 

Veja Também  ALMT e OAB-MT selam parceria pela proteção do Pantanal
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Deputado Nininho anuncia o pagamento de emenda parlamentar para saúde

Avatar

Publicado


Emenda do deputado Nininho beneficia a área de saúde de municípios mato-grossenses

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Na quinta-feira (26), o governo do estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, liquidou o pagamento de emendas parlamentares para cinco munícipios mato-grossenses, fechando o valor de R$ 850 mil da dotação do deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, referente ao ano de 2019.

Os municípios contemplados são: Itiquira, Poxoréu, Dom Aquino, Nova Canaã do Norte e Querência. De acordo com o parlamentar, os valores repassados serão suplementados via contrapartida de cada município.

“O governador Mauro Mendes havia feito o compromisso de pagar essa emenda dentro do ano de 2020 assim que as contas estivessem ajustadas, graças ao seu compromisso estamos encerrando o ano de 2020 com mais recursos para a saúde”, destacou o parlamentar.

No mês de agosto, 13 municípios foram contemplados com R$ 150 mil para a compra de novas ambulâncias. “Um ano difícil para todos os municípios, com a pandemia que sacrificou algumas regiões, o recurso para a aquisição de novos veículos chegaram numa boa hora”, pontuou.

Veja Também  Deputados e governo debatem pela segunda vez o PLOA 2021
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana