conecte-se conosco


Esportes

Grêmio estreia na Copa do Brasil com pé direito e vence do Juventude

Publicado

Esportes


A noite desta quinta-feira, na Arena, o Grêmio venceu o Juventude por 1 a 0, no jogo de ida válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

O primeiro tempo começou favorável para o Tricolor, que logo aos 8 minutos conseguiu abrir o marcador com Isaque. Apesar da pressão inicial, a partir da metade da etapa, o jogo passou a ficar mais equilibrado, com chances de ataque para os dois lados.

O ritmo seguiu o mesmo nos 45 minutos finais, sem mudanças no placar. Com o resultado, o Tricolor construiu uma vantagem para a partida de volta, que acontece no próximo dia 5 de novembro, às 21h30, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

 

Primeiro tempo

A partida iniciou equilibrada e muito disputada no meio-campo. A primeira chegada ao ataque foi gremista e surgiu aos 3 minutos, com uma tabela entre Ferreira e Pepê, mas a defesa acabou cortando. Logo em seguida, foi a vez de Matheus Henrique abrir para Diogo Barbosa, na esquerda, que recebeu e cruzou, mas a bola bateu na rede, pelo lado de fora, depois de um desvio na marcação.

Já aos 8’, pela esquerda, o Juventude chegou com Dalberto, que recebeu e cruzou para Eltinho. A defesa tirou e logo ligou contra-ataque. E foi aí que o Tricolor teve efetividade em uma combinação com Isaque e Pepê. De pé em pé, a bola chegou aos atacantes – Pepê serviu Isaque, que deu um toque de cavadinha na saída do goleiro Marcelo Carné, colocando o Grêmio na frente no marcador.

Aos 11’, quase o segundo gol gremista. Desta vez, Diogo Barbosa fez um lançamento buscando Isaque, que tentou o escorar de cabeça para Pepê, mas o goleiro adversário saiu para afastar de soco. Quatro minutos depois, os visitantes tentaram com Capixaba, que recebeu na meia direita e finalizou – a bola desviou na marcação e saiu a escanteio. Na cobrança, Igor cruzou fechado, Vanderlei segurou, mas Wellington cometeu falta sobre o arqueiro gremista.

  CSA vence o Juventude por 3 a 2 e deixa zona de rebaixamento

Veja Também  Flamengo inicia preparação para o jogo da volta contra o Racing

Com 19’, o Juventude trabalhou bem pela direita. Capixaba rolou para trás, Breno bateu forte, a bola explodiu na marcação e voltou para o atacante que abriu para Dalberto. De primeira, o atacante mandou a gol, mas pegou mal e chutou para fora, para sorte gremista.

Passados 24 minutos, o Grêmio chegou novamente com um cruzamento da esquerda, feito por Diogo Barbosa, mas Marcelo Carné afastou. A bola ainda ficou viva, mas a zaga conseguiu cortar. Cinco minutos depois, de longa distância, Capixaba arrematou, mas mandou à direita da meta defendida por Vanderlei.

O Grêmio tentou criar com Pepê, que fez uma grande jogada individual, foi a linha de fundo e chutou, mas a marcação fez o corte com Bareiro, com 33’ jogados. Em seguida, Ferreira fez um lindo lance, driblando um marcador e cruzou, mas a bola foi forte demais e ficou com o time da serra.

Outra chegada com perigo feita pelo Tricolor saiu novamente dos pés de Ferreira. Ele passou por dois marcadores e chutou, mas Carné saiu bem do gol e fez grande defesa, com 39 minutos disputados.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou igual para a etapa complementar e logo no primeiro minuto levou perigo. Pepê fez uma boa jogada no meio-campo, a bola ficou com Diogo Barbosa, que saiu em velocidade, foi quase a linha de fundo e cruzou, mas Eltinho cortou pela linha de fundo.

Com 7 minutos jogados, o Tricolor chegou com um lance de Ferreira pela direita. Ele acionou mais a frente Victor Ferraz, que foi a linha de fundo e tentou o cruzamento, mas a zaga cortou. Na jogada seguinte, os gremistas tiveram uma falta a seu favor. Da extrema direita, Diogo Barbosa colocou fechado e Marcelo Carné defendeu bem.

  Líder Cuiabá não joga bem e placar termina em 1 a 1 contra o Juventude

Veja Também  Ponte Preta encerra treinos para confronto com CSA

Já aos 15’, Ferreira foi acionado novamente na direita, tentou deslocar a marcação e cruzar, mas a defesa foi bem e bloqueou o atacante. Três minutos depois, o camisa 47 tentou com uma jogada individual, driblando um marcador e finalizando de fora da área, mas a bola saiu.

Aos 21’, depois de uma boa trama gremista, Matheus Henrique fez uma tabela com Pepê, mas não alcançou o último toque e a bola ficou com o goleiro da equipe do Ju.

Quase 30 minutos jogados, foi a vez de Geromel tentar lançar Thaciano, mas a bola saiu pela linha de fundo. Em seguida, Matheus tentou pifar Pepê já dentro da área, mas Marcelo Carné saiu do gol para defender. Já aos 31’, Thaciano fez um lançamento para Diego Souza, que tentou alcançar, mas não chegou na bola e ela ficou com o arqueiro da serra.

Aos 35’, o Juventude teve uma grande chance, quando Rafael Silva fez um cruzamento preciso para Breno, livre, dentro da pequena área. O atacante pegou embaixo da bola e mandou por sobre a meta, perdendo a chance de empatar o jogo. No minuto seguinte, o Grêmio respondeu com um chute forte de Pepê, que obrigou Marcelo a grande defesa.

Na reta final, aos 42’, Eltinho cobrou uma falta, Vanderlei saiu para a defesa e a zaga completou, afastando. Nos acréscimos, Igor cobrou uma falta da intermediária, muito perigosa – a bola bateu na rede, pelo lado de fora, com muito perigo.

Com a vitória por 1 a 0, o Tricolor construiu uma vantagem para a partida de volta, que acontece no próximo dia 5 de novembro, às 21h30, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Comentários Facebook

Esportes

Felipe Santana agradece Chapecoense pela oportunidade de poder jogar

Avatar

Publicado


Após mais de dois anos sem entrar em uma partida oficial, na última terça-feira (24), Felipe Santana completou o segundo jogo com a camisa da Associação Chapecoense de Futebol. Junto com a oportunidade de voltar a jogar, chegou a reponsabilidade de substituir a altura os companheiros da posição. Dona da defesa menos vazada da competição, a equipe demonstra empenho de todos dentro das quatro linhas e a qualificação no setor defensivo. Aos 34 anos de idade, com experiência e rodagem no futebol, desde sua chegada o zagueiro buscou contribuir e repassar seus conhecimentos no dia a dia do clube.

Nesta quarta-feira (25) Felipe participou da entrevista coletiva do dia. Comentou sobre a opção de ficar fora das quatro linhas para recuperação física e demonstrou gratidão a Chape, clube que proporcionou o retorno aos gramados. “Foi uma opção que eu escolhi tomar para minha carreira, sabia que ia ser difícil, mas sou extremamente agradecido a Chapecoense pela oportunidade que me deu e fiquei imensamente feliz por fazer parte de um time que vem se reconstruindo não só como nome, mas também como equipe. Me lembro quando cheguei em junho, a equipe estava sendo desacreditada, não estava indo bem no Campeonato Catarinense, precisou de muito trabalho para que revertesse a situação e tornasse essa situação de título. Isso se transpôs para o Campeonato Brasileiro, quando o atleta tem confiança pra jogar as coisas tendem a fluir, nossa equipe readquiriu confiança, começou a prospectar coisas grandes pro campeonato, minha parcela de contribuição entra no momento em que tem uma mentalidade de campeão, mentalidade vencedora, que sempre tive e por sorte quase todos os clubes onde passei fui campeão”.

  Chapecoense vence de virada e abre dez pontos do vice-líder da Série B

Veja Também  Athletico encerrara preparação para enfrentar o Palmeiras

Foto: Guilherme Griebeler /ACF
Foto: Guilherme Griebeler /ACF

A felicidade em contribuir com o grupo foi destacada pelo zagueiro. “Fico muito feliz em voltar ajudar, voltar a jogar, claro que tive que respeitar um processo, até porque a zaga da Chapecoense vem fazendo um grande campeonato com a defesa menos vazada”.

Após a derrota para o Cruzeiro, na última rodada da Série B, o Verdão iniciou a preparação para enfrentar o Guarani. Por fim, o zagueiro relata aprendizado para o restante do Campeonato Brasileiro. “Futebol tem essas situações, ocorrem de uma hora pra outra, uma vitória ou uma derrota. O Cruzeiro durou por apenas 12 horas, pra nós é claro que a derrota nos machuca assim como vitória nos deixam feliz, mas faz parte do jogo em nenhum momento queríamos perder essa invencibilidade de 19 jogos. Aprendemos com essa partida, assim como a gente aprendeu também na partida contra o Sampaio Corrêa, onde iniciamos perdendo a partida e corremos atrás. Infelizmente contra o Cruzeiro isso não conseguiu se realizar, mas faz parte do futebol, bola pra frente”.

  Chapecoense e Oeste empatam pela 20ª rodada da Série B

Veja Também  Técnico Cuca retorna a sua função no Santos após Covid-19

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Ponte Preta encerra treinos para confronto com CSA

Avatar

Publicado


A Ponte Preta treinou na quinta e já segue para Alagoas, onde enfrentará no sábado o CSA – na sexta-feira, o elenco fará o último treinamento na cidade de Maceió. A um ponto do G4 e invicta há cinco partidas, a Macaca tem chance de, como fez no primeiro turno, engatar uma nova boa sequência de vitórias (na ocasião, a Ponte venceu Oeste, CSA e Sampaio Correia). A tarefa, porém, não é simples, como alerta o atacante Bruno Rodrigues.

“Esperamos mais uma partida difícil, até porque não tem jogo fácil no campeonato. Eles buscam se aproximar da zona de acesso e a gente quer entrar no G4 o quanto antes, então acredito que vai ser um confronto bem aberto, com oportunidades para os dois lados. Temos que aproveitar o máximo que a gente criar pra sair com o resultado positivo fora de casa”, afirma.

O atacante comenta ainda o resultado da última rodada, na qual, apesar de não ter balançado as redes, mais uma vez o jogador participou da jogada que gerou o gol, anotado pelo lateral Apodi, que garantiu a vitória no Majestoso.

  Ponte Preta e Osman cancelam contrato amigavelmente

Veja Também  Felipe Santana agradece Chapecoense pela oportunidade de poder jogar

“Apesar do Oeste não estar tão bem na Série B, sabíamos que seria uma partida complicada, porque eles vinham de vitória e nós estávamos buscando retomar esse caminho também. Graças a Deus pude ajudar a equipe com a assistência, mas o mais importante foram os três pontos conquistados e seguir na briga pelo G4. Temos que manter esse foco pra continuar na parte de cima da tabela”, finaliza.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana