conecte-se conosco


Economia

Dólar cai nesta sexta, mas fecha mês valendo R$ 5,737, com alta de 2,17%

Publicado

Economia


source

Agência Brasil

Dólar
O Dia

Dólar chegou a ultrapassar R$ 5,80 nesta sexta

Graças a uma intervenção do Banco Central (BC), o dólar encerrou a sexta-feira (30) em queda, mas acumulou, em outubro, alta pelo terceiro mês seguido. A bolsa de valores caiu pela quarta vez na semana e encerrou o mês com o pior desempenho semanal desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março.

O dólar comercial fechou esta sexta-feira vendido a R$ 5,737, com recuo de R$ 0,027 (-0,47%). A divisa ultrapassou a barreira de R$ 5,80 perto das 12h, forçando o Banco Central (BC) a intervir no câmbio, vendendo US$ 787 milhões das reservas internacionais à vista. Somente por volta das 13h, a cotação passou a cair, passando a operar em baixa no restante do dia.

Apesar da queda nesta sexta-feira, o dólar subiu 1,97% na semana e encerrou outubro com alta de 2,17% . Em 2020, a divisa acumula valorização de 43%.

Veja Também  DOU traz planos para levar energia elétrica ao Amapá

Ações

No mercado de ações , o dia também foi marcado pela cautela. Depois de uma recuperação ontem (29), o índice Ibovespa, da B3, fechou o dia com recuo de 2,72%, aos 93.952 pontos. O indicador acumulou queda de 7,22% na semana, o pior desempenho para uma semana desde março.

O Ibovespa , que vinha numa trajetória de alta e chegou a operar acima dos 100 mil pontos na semana passada, despencou nesta semana, revertendo os ganhos recentes. Em outubro, o índice acumulou queda de 0,69%.

O avanço nos casos de covid-19 na Europa abalou os mercados globais nos últimos dias. A imposição de novas medidas de lockdown em diversos países do continente influenciou as projeções de recuperação da economia europeia.

O mercado também está sendo influenciado pelas tensões com a proximidade das eleições norte-americanas , na próxima terça-feira (3). A indefinição no resultado e a possibilidade de contestação de votos enviados pelos correios tem deixado os investidores nervosos em todo o planeta.

*Com informações da Reuters

Comentários Facebook

Economia

Retrocesso no Plano SP deve reduzir crescimento do comércio em dezembro

Avatar

Publicado


source

Agência Brasil

Comércio Natal
Rovena Rosa/Agência Brasil

Comércio de São Paulo deve ter crescimento de 1%, aponta FecomercioSP

Dezembro deve registrar crescimento de 1% nas vendas do comércio paulista na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo estimativas da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). O estudo considera o retrocesso do estado à fase Amarela do Plano São Paulo, anunciada pelo governo estadual na última segunda-feira (30).

Para a Fecomercio-SP, se o 13º salário seguisse os padrões do ano passado e o auxílio emergencial do governo federal por conta da pandemia se mantivesse com o valor inicial de R$ 600,00, o crescimento das vendas do comércio poderia chegar a 10%.

“Enquanto em 2019 as famílias paulistas gastaram R$ 15,3 bilhões do valor do 13º salário, agora no consumo a previsão é que o montante seja de R$ 10,3 bilhões, ou seja, R$ 4,9 bilhões a menos na economia, o que significa uma redução de 32,4%”, disse a instituição.

Veja Também  DOU traz planos para levar energia elétrica ao Amapá

Destaques positivos e negativos

Segundo a pesquisa, o aumento de 1% nas vendas do comércio paulista no fim deste ano deve ser liderado pelas lojas de materiais de construção (crescimento de 43%) e de autopeças e acessórios para veículos (25%). Os supermercados também devem faturar mais (15%) ante dezembro do ano passado.

Entre os destaques negativos, figuram lojas de roupas e calçados, que vão vender 37% a menos do que em dezembro de 2019, e concessionárias de veículos: queda de 14%.

“A melhora de 1% nas vendas se deve também ao fato de que os preços de produtos geralmente para presentes de Natal cairão 2,48% em 2020. Enquanto itens como computadores (19,7%), jóias (17,01%) e televisores (11,36%) estão mais caros, os artigos de vestuário situam-se 6,81% mais baratos, mesma situação dos brinquedos (-8,14%)”, explicou a entidade.

Com menos dinheiro no mercado, o comércio paulista deve faturar, ao fim do mês, R$ 79,2 bilhões contra R$ 84,2 bilhões de dezembro de 2019.

Veja Também  Retrocesso no Plano SP deve reduzir crescimento do comércio em dezembro

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

ATR 72-600 cargueiro recebe certificação da EASA

Avatar

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Calebe Murilo

ATR 72-600 cargueiro recebe certificação da EASA

A fabricante europeia de aeronaves ATR, líder mundial no seguimento regional, recebeu recentemente da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA), a certificação de seu mais novo modelo, o 72-600F.

O recém-certificado ATR 72-600F, é a primeira aeronave da fabricante a ser exclusivamente projetada em uma configuração de carga. Os demais ATRs cargueiros em atividade hoje, foram todos convertidos a partir de aviões de passageiros.

Em comparação com a versão de passageiros, o modelo cargueiro possui uma porta frontal ampla para facilitar o manuseio de itens volumosos e não possui janelas. Além disso, será capaz de acomodar um volume máximo de 74,6 m³.

Foto: Eurospot

A FedEx Express, maior empresa cargueira e lançadora do modelo, espera receber seu primeiro ATR 72-600F em breve. A companhia norte-americana possui 30 unidades encomendadas, com a possibilidade de ampliar o pedido para mais 20 aeronaves.

Com isso, a companhia aérea cargueira trabalhou junto a ATR para projetar a nova aeronave, garantindo o aumento da eficiência operacional do turboélice. O modelo será utilizado pela FedEx em mercados de pequeno e médio porte.

Veja Também  DOU traz planos para levar energia elétrica ao Amapá

O post ATR 72-600 cargueiro recebe certificação da EASA apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana