conecte-se conosco


Mato Grosso

Filhote de veado-catingueiro é levado para Santuário de Elefantes após tratamento no PAEAS

Publicado

Mato Grosso


Um filhote de veado-catingueiro que estava em tratamento no Posto de Atendimento Emergencial de Animais Silvestres (PAEAS) do Pantanal, com ferimentos graves na boca, está recuperado e foi encaminhado ao Santuário de Elefantes, em Chapada dos Guimarães.

O filhote foi encontrado em uma estrada próximo a um assentamento rural de Rosário do Oeste, sem a mãe e com abscesso na região oral. O animal foi entregue às autoridades competentes e encaminhado ao PAEAS para ser atendido por veterinários locais. O bicho não foi uma das vítimas das queimadas.

Participou da ação de resgate e transporte do veado-catingueiro até o Santuário de Elefantes, que o recebeu por meio de um Termo de Guarda, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Militar e Polícia Militar de Proteção Ambiental

Até o momento, o Posto de Atendimento Emergencial de Animais Silvestres já atendeu 182 animais silvestres.

Toda vida importa

O PAEAS Pantanal está em atividade desde o dia 30 de agosto é um dos instrumentos de resposta aos incêndios florestais e integra as ações do Centro Integrado Multiagências (Ciman).

Veja Também  Com simulação de conflitos reais, agentes se capacitam para operar no Sistema Socioeducativo

A força-tarefa para atendimento aos animais reúne esforços de órgãos do Governo de Mato Grosso, Governo Federal, entidades de classe, terceiro setor e instituições privadas e já distribuiu até o momento mais de 7 milhões de litros de água e 68 toneladas de alimentos em mais de 16 mil pontos estratégicos.  

O grupo é coordenado pelo Comitê Estadual de Gestão do Fogo e é formado pelas secretarias de Meio Ambiente e Segurança Pública, BPMPA, Batalhão de Emergências Ambientais do Corpo de Bombeiros Militar, Programa REM-MT, Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) e Marinha do Brasil. 

Assembleia Legislativa, Prefeitura de Poconé, Juizado Volante Ambiental e Ibama também estão presentes. A UFMT atua por meio do Hospital Veterinário, Centro Acadêmico de Medicina Veterinária e Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres. O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) também apoia as ações.

O Conselho Regional de Medicina Veterinária e a Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso compõem o grupo. Do terceiro setor, a Ampara Silvestre, Associação de Defesa do Pantanal (Adepan), Instituto Mata Ciliar, Ecotrópica, É o Bicho MT, Instituto Luísa Mell, Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD), Reprocon e SOS Pantanal somam esforços. Já da iniciativa privada apoiam a ação a Integral Pet, laboratório VET Vida, Vivet, Clínica Anjo da Guarda e Pantaneiro Clínica Veterinária.

Veja Também  Parque Mãe Bonifácia é reaberto com blitz educativa e fiscalização reforçada
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Equipe do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso vence competição de natação

Avatar

Publicado


A equipe de atletas militares do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso (CBM-MT) venceu a prova de natação da Maratona Aquática de nado livre organizado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc-MT), neste sábado (28.11), em Cuiabá. 

Nesta edição, a equipe Tubarões de Fogo levou 33 atletas que foram inscritos na competição. Os militares do CBM-MT disputaram a prova que contou com participação de atletas de outras duas instituições: equipes do Raia Rápida representante do Sesc Mato Grosso e o time Motivação da Polícia Militar.

O evento esportivo aconteceu durante quatro sábados consecutivos. Em cada dia, as equipes tiveram 50 minutos para nadar o máximo de quilômetros em menor tempo possível. Ao final da competição, a soma da contagem geral de metros nadados mostrou que o primeiro lugar no pódio foi da equipe do CBMT-MT que nadou 63.575m.

O segundo lugar ficou com o time da PM que nadou 60.325m. Já o terceiro lugar da classificação ficou com o time do Sesc que nadou 41.450m. 

A solenidade de premiação foi realizada na arquibancada do polo aquático do Sesc-MT. Os campeões do primeiro lugar receberam medalhas e um grande troféu. 

Veja Também  Equipe do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso vence competição de natação

Um dos objetivos do campeonato é promover a interação entre as pessoas por meio do esporte, incentivando a prática de atividades físicas que resulta em diversos benefícios, qualidade de vida pessoal e profissional.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Mato Grosso tem sete dos municípios com maior dinamismo no mercado de trabalho do país

Avatar

Publicado


Mato Grosso tem sete municípios na lista dos 100 com maior dinamismo no mercado de trabalho do país. O levantamento foi realizado pela Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a pedido do jornal Estadão, e mostra que as cidades ligadas ao agronegócio ampliaram a quantidade de empregos formais em 2020.

Campo Verde, Querência, Mirassol D’Oeste, Nova Mutum, Sapezal, Sorriso e Barra do Bugres são os representantes estaduais na lista, respectivamente, em 22º, 60º, 67º, 69º, 77º, 95º e 100º lugar. O economista chefe da CNC, Fabio Bentes, responsável pelo estudo, explica que quando é feita a pesquisa pelo crescimento proporcional de emprego estes municípios se destacam.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda, para além de bons resultados no campo, o agronegócio também gera emprego e renda nos municípios mato-grossenses. “Os números cada vez mais mostram que há este movimento de mais e melhores empregos nas cidades agropecuárias. E o Governo do Estado investe para melhorar ainda mais, focando em agroindustrialização, em trazer empreendimentos e mais riquezas para todos os cidadãos que vivem nas cidades”, afirma.

Veja Também  Corpo de Bombeiros recebe cão para auxiliar nas ocorrências de busca, resgate e salvamento

Exemplo de que o agronegócio é sólido em Mato Grosso foi a pandemia da Covid-19, que pouco afetou o setor. A safra estadual de soja no ciclo 2019/2020 teve produção de 35 milhões de toneladas. Demanda chinesa e outros países asiáticos, preços internacionais em alta e desvalorização do câmbio foram fatores que levaram ao bom resultado.

Dos sete municípios na lista da CNC, cinco são destaque na produção de soja: Sorriso é o primeiro produtor, com 2,2 milhões de toneladas nesta safra; Nova Mutum produziu 1,4 milhão de toneladas; Sapezal produziu 1,2 milhão de toneladas, Querência, 1,1 milhão de toneladas e Campo Verde, que produz 753 mil toneladas. Mirassol D’Oeste é um município com aptidão para pecuária e Barra do Bugres tem produção de cana-de-açúcar e usina.

Para o economista Fabio Bentes, o agronegócio tem investido fortemente em tecnologia e isso, teoricamente, deveria torna-lo um setor poupador de mão de obra. “Os números mostram que, mesmo com a tecnologia, o setor tem contratado mão de obra em um esforço para o aumento da produtividade”, afirma.

Veja Também  Seduc investe R$ 649 mil em nova quadra poliesportiva para escola de Várzea Grande

O levantamento considerou o estoque de emprego formal dos municípios pela Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério da Economia, e cruzou essas informações com os micro dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) até setembro. Foram excluídos municípios com menos de 5 mil postos formais de trabalho no fim de 2019.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana