conecte-se conosco


Nacional

Bolsonaro pede que votem em Carlos: “Para continuar me ajudando em Brasília”

Publicado

Nacional


source
Bolsonaro fez campanha para seu filho na live de quinta-feira (29)
Reprodução/Facebook

Bolsonaro fez campanha para seu filho na live de quinta-feira (29)

Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a fazer lobby, na live de hoje (29), pela reeleição de seu filho, Carlos Bolsonaro (Republicanos), atual vereador do Rio de Janeiro.

“Você votaria nele se fosse eleitora no Rio?”, questionou o presidente, se dirigindo à ministra da Agricultura, Tereza Cristina. “Trabalha igual um condenado nas mídias sociais, é meu filho, né? Sou suspeito para falar dele. Quem puder colaborar, não tem candidato ainda, ajude Carlos Bolsonaro a ser reeleito, porque vai continuar me ajudando bastante em Brasília.”

Vale lembrar, porém, que a abrangência do cargo de vereador é municipal , e, portanto, compete a Carlos Bolsonaro legislar e representar a câmara dos vereadores apenas da cidade para a qual foi eleito, o Rio de Janeiro (RJ).

Veja Também  Caso João Alberto: polícia pede prorrogação das investigações

Outros candidatos também receberam o apoio do presidente, incluindo Celso Russomanno e Marcelo Crivella, candidatos à prefeitura de São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente. Os dois são filiados ao Republicanos, mesmo partido do filho.

Comentários Facebook

Nacional

TSE garante que sistema eleitoral está seguro e preparado para o segundo turno

Avatar

Publicado


source
Urna eletrônica e leitor biométrico
Antonio Augusto/Ascom/TSE

Urna eletrônica e leitor biométrico

Tribunal Superior Eleitoral (TSE ) garantiu nesta quinta-feira (26) que o sistema eleitoral está pronto para a realização da votação do segundo turno das eleições 2020.

Em nota, o órgão disse qu e foram realizados testes no computador do TSE e no sistema de totalização dos votos e na divulgação de resultados ao redor do país. No comunicado, a Secretaria de Tecnologia de Informação do TSE diz informa que “o sistema está devidamente preparado para a realização exitosa do segundo turno”.

As ações foram realizadas nos dias 24 e 25 de novembro e tiveram a participação de cartórios eleitorais de 24 estados, com o objetivo de validar o desempenho e eficácia dos sistemas de transmissão e recebimento dos arquivos das urnas eletrônicas, além da totalização e divulgação dos resultados.

Veja Também  Eleições em SP: veja as principais propostas de Covas e Boulos para a saúde

No primeiro turno das eleições municipais,  um componente do sistema do TSE apresentou falhas que culminaram no atraso de mais de duas horas na divulgação dos resultados das eleições.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Bolsonaro diz que nunca chamou Covid-19 de gripezinha; vídeo prova o contrário

Avatar

Publicado


source
Bolsonaro mentiu dizendo que nunca chamou Covid-19 de gripezinha
Facebook/Reprodução

Bolsonaro mentiu dizendo que nunca chamou Covid-19 de gripezinha

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje (26), durante live no Facebook, que não há vídeo ou áudio em que ele tenha chamado a Covid-19 de “gripezinha”.

“Falei lá atrás que, no meu caso, pelo meu passado de atleta — eu não generalizei — se pegasse o Covid, não sentiria quase nada. Foi o que eu falei. Então, o pessoal da mídia, a grande mídia, falando que eu chamei de ‘gripezinha’ a questão do Covid. Não existe um vídeo ou um áudio meu falando dessa forma. E eu falei pelo meu estado atlético, minha vida pregressa, tá? Que eu sempre cuidei do meu corpo. Sempre gostei de praticar esporte.”

Em 20 de março deste ano, porém, em entrevista no Palácio do Planalto, Bolsonaro afirmou que, depois da facada que sofreu em 2018, durante a campanha eleitoral, não seria uma “gripezinha” que iria derrubá-lo.

Veja Também  Fachin determina que governo do Rio justifique operações policiais em favelas

“Depois da facada, não vai ser uma gripezinha que vai me derrubar não, tá ok? Se o médico ou o ministro da Saúde me recomendar um novo exame, eu farei. Caso contrário, me comportarei como qualquer um de vocês aqui presentes”

No dia 24 de março, em pronunciamento, Bolsonaro voltou a chamar a doença de “gripezinha”. Veja no vídeo abaixo. (a partir de 3min20s)

“No meu caso particular, pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado com o vírus, não precisaria me preocupar. Nada sentiria ou seria, quando muito, acometido de uma gripezinha ou resfriadinho, como disse aquele famoso médico daquela famosa televisão. Enquanto estou falando, o mundo busca um tratamento para a doença”

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana