conecte-se conosco


Nacional

Mulher que foi estuprada por 12 homens no interior de SP diz ter HIV

Publicado

Nacional


source
Polícia Civil Itatiba
Reprodução/Google Street View

Caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Uma mulher que não teve a identidade revelada foi vítima de um estupro coletivo na madrugada da última sexta-feira (23) na cidade de Itatiba, em São Paulo. Ela foi abusada por 12 homens. À Guarda Municipal, ela contou ter HIV.

Segundo a corporação, a mulher disse ser garota de programa e que foi abordada pelo grupo na rua. Ela foi levada para um local sem movimento e foi abusada. Até o momento, as autoridades não identificaram ou prenderam os criminosos.

Depois do caso, a vítima foi socorrida e levada para a Santa Casa da cidade. Lá, recebeu atendimento para vítimas de estupro. A Polícia Civil irá investigar o caso.

Comentários Facebook
Veja Também  Bolsonaro diz que apagão no Amapá "não tem nada a ver com o governo federal"

Nacional

Mulher perde ticket de bagagem, abandona mala com 70 kg de maconha e acaba presa

Avatar

Publicado


source
Malas continham cerca de 70 kg de maconha contrabandeadas
Divulgação Polícia Federal

Malas continham cerca de 70 kg de maconha contrabandeadas

A Polícia Militar (PM) apreendeu na tarde desta terça-feira (24) cerca de 70 quilos de maconha. De acordo com o boletim de ocorrência, a droga estava distribuída em quatro malas carregadas por duas mulheres que viajavam em um ônibus interestadual, de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, para Belo Horizonte.

Quando chegaram na capital mineira, as passageiras não puderam pegar três bagagens pois tinham perdido o ticket de comprovação de posse. As malas foram levadas para a garagem da empresa na Região Nordeste de Belo Horizonte.

Ao suspeitarem que havia algo legal nas malas, os funcionários acionaram a Polícia Militar, que descobriram se tratar de 70 barras de maconha.

Veja Também  Padre é condenado por guardar e compartilhar imagens de pornografia infantil

Por meio das câmeras de monitoramento, os policiais descobriram que as mulheres embarcaram em ônibus rumo a Timóteo, no Vale do Rio Doce.

Uma das suspeitas foi presa na cidade. A polícia ainda não conseguiu identificar se também havia drogas na mala que elas conseguiram embarcar.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Caso João Beto: agente do Carrefour diz que não interferiu por questão de saúde

Avatar

Publicado


source
Adriana Alves Dutra foi afastada do cargo de agente de fiscalização do Carrefour.
Reprodução

Adriana Alves Dutra foi afastada do cargo de agente de fiscalização do Carrefour.

Em depoimento à Polícia Civil de Porto Alegre, a agente de fiscalização Adriana Alves Dutra, que presenciou o assassinato de João Alberto no supermercado Carrefour , alegou que não impediu as agressões porque estava com a “saúde debilitada” . As informações foram dadas pelo jornal O Tempo .

Adriana Dutra , de 51 anos, disse aos investigadores que realizou uma cirurgia recentemente e que, por isso, não interferiu na cena. Ela foi presa temporariamente por trinta dias na última terça-feira (24).

Roberta Bertoldo, delegada responsável pelo caso, informou que “o Departamento de Homicídios entende, a partir das imagens que foram captadas e dos testemunhos colhidos , que Adriana tinha, sim, o poder, naquele momento, de cessar as agressões dos fatos e ser a superior imediata daqueles indivíduos, que exerciam a segurança”.

Veja Também  PM apreende R$ 400 mil em Belo Horizonte do tráfico de drogas

A agente de fiscalização do Carrefour também afirmou, em depoimento, que pediu aos  seguranças que parassem de agredir João Alberto . A Polícia Civil, porém, não encontrou indícios dessa tentativa nas imagens colhidas até o momento .

“Ela está sendo presa, neste momento, para ajudar a investigação criminal. Por que ela está sendo presa? Justamente pelo fato de ter contradições no seu depoimento”, disse Nadine Anflor, chefe da Polícia Civil do Rio Grande do Sul.

A defesa de Adriana afirmou em entrevista à RBS TV que “vai seguir sem se pronunciar por tempo indeterminado”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana