conecte-se conosco


Nacional

Pantanal: chuvas na região ajudam a diminuir focos de incêndio

Publicado

Nacional


source
pantanal
Reprodução

Pantanal: chuvas na região ajudam a diminuir focos de incêndio

A volta das chuvas na região do Pantanal está ajudando a diminuir os focos de incêndio na região, que há meses sofria por conta dos recordes históricos de queimadas. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a chuva contribuiu para a redução de 48,5% nos focos de calor na última semana.

As queimadas no Pantanal de Mato Grosso devastaram 2.215.000 hectares até o último domingo (11), conforme dados do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) em parceria com o Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais (LASA/UFRJ).

Com a volta das chuvas na região, brigadistas e bombeiros ganharam um importante aliado na luta para que as chamas não voltem a castigar a região.

Segundo os bombeiros, as mudanças climáticas dos últimos dias favoreceram as ações de combate nas regiões pantaneiras, após um longo período de estiagem e baixo nível do Rio Paraguai.

Veja Também  PF faz operação em combate à exploração sexual infantil

A umidade do ar, que ficou vários dias abaixo dos 10%, agora passa dos 60%, considerada ideal.

Comentários Facebook

Nacional

Homem rouba idosa, furta pedalinho, pula no lago e foge pelo esgoto; assista

Avatar

Publicado


source
Homem furta em idosa, rouba pedalinho e foge pelo esgoto
Reprodução g1

Homem furta em idosa, rouba pedalinho e foge pelo esgoto

Um crime chamou a atenção nesta segunda-feira (2) em Rio Claro (SP). Um homem furtou a bolsa de uma idosa no Parque Municipal do Lago Azul e fugiu pela água, em um pedalinho

Quando a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal apareceram, o ladrão pulou no lago, em cima de um pedalinho, fugindo dos guardas. Em seguida, pulou na água e conseguiu fugir pela tubulação de esgoto.

De acordo com uma testemunha, ele roubou a bolsa da senhora, correu até os entornos do lago e se escondeu no deck dos pedalinhos. Depois, subiu em um deles e, quando a GCM o cercou, o criminoso se jogou na água, nadou até a tubulação e desapareceu.

Até o horário desta publicação, a PM e a GCM seguiam na tentativa de capturá-lo.

Veja Também  Assalto em Cametá: cerca de 150 pessoas foram feitas reféns durante ação

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Ação de bandidos em Cametá pode estar ligada a facção, diz governador do Pará

Avatar

Publicado


source
helder barbalho
Bruno Cetim/Agência Pará

Helder Barbalho, governador do Pará.

Um dia após o ataque em Criciúma , Santa Catarina, outro grupo fortemente armado alastrou terror em uma tentativa de assalto a uma agência do Banco do Brasil em Cametá, a 235 Km de Belém , no Pará .

Desta vez, a ação de um grupo de 20 bandidos, que fizeram moradores de reféns com fuzis e explosivos, acabou em uma morte mas nem um centavo roubado.

Em entrevista ao Globo , o governador do estado, Helder Barbalho (MDB), afirmou que os investigadores já têm pistas sobre a rota de fuga dos criminosos e trabalham com a possibilidade de envolvimento da maior facção do Rio de Janeiro ligada ao tráfico de drogas.

“A nossa principal linha de investigação nos leva a acreditar que os bandidos são de fora do estado”, disse Barbalho.

Veja Também  Ação de bandidos em Cametá pode estar ligada a facção, diz governador do Pará

“Em depoimentos, moradores que foram feitos de reféns pelo grupo citaram sotaques específicos que excluem algumas opções e nos direcionam para outras e já trabalhamos com a possibilidade do ataque ser vinculado com esse bando ligado ao tráfico de drogas no país”, explicou.

Helder Barbalho disse também que “essa suspeita se dá após a análise da câmera de segurança de uma farmácia em Cametá “, onde foi possível identificar um membro conhecido do grupo.

O governador informou que dois veículos utilizados pelos criminosos foram encontrados e que “arquivos de câmeras de monitoramento do banco e de outros estabelecimentos comerciais também foram recolhidos, na tentativa de construir uma fisionomia e localizá-los”.

Além disso, segundo Helder Barbalho , toda a região está em alerta para a possibilidade de uma nova incursão do grupo após a tentativa frustrada em Cametá.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana