conecte-se conosco


ELEIÇÃO MUNICIPAL

Pesquisa aponta kalil Baracat com 54% e Flávio Frical com 27% para prefeito de VG

Publicado

Política

Pesquisa Prefeitura de VG EstimuladaPesquisa Gazeta Dados encomendada pelo jornal A Gazeta em Várzea Grande aponta a eleição de Kalil Baracat (MDB) para a prefeitura do município com 54,24% dos votos válidos.

O emedebista aparece com o dobro de intenção de votos que o segundo colocado, o empresário Flávio Frical (PSB), que alcançou 27,12%.

Bem atrás na terceira colocação está o deputado federal Emanuelzinho (PTB) com 16,95%. E em último lugar, Miltão, do Psol, com 1,69% da preferência do eleitorado.

Para se chegar ao percentual de votos válidos, desconsideram-se os índices de brancos e nulos e os de não sabe e/ou não responderam.

Se forem considerados esses índices, Kalil surge também na liderança com 32%, à frente de Frical, que obteve 16%, Emanuelzinho com 10% e Miltão com 1%. Votos brancos e nulos somaram 8% e quem não soube ou não quis responder, 33%.

O favoritismo de Kalil se repete na modalidade espontânea, quando ele totaliza 25% dos entrevistados, que são provocados a responder em quem votariam sem que seja apresentada a lista dos candidatos.

Veja Também  Pesquisa aponta liderança de Kalil com 54,8% em Várzea Grande

Nesse quesito, Frical é citado por 13% e Emanuelzinho 7%. Miltão não pontuou. Brancos e nulos somam 6% e não sabe e/ou não respondeu 49%.

Rejeição

O Gazeta Dados mediu a rejeição dos 4 postulantes ao comando do Paço Couto Magalhães. O deputado federal Emanuelzinho lidera com 41% das indicações dos entrevistados.

Já os que afirmam que poderiam votar somam 14% e quem não o conhece 5%. Já quem votaria com certeza no petebista foram 7%. Não responderam ou não souberam responder 33%.

Em segundo lugar no ranking de rejeição está Miltão com 35%. Outros 25% disseram que não o conhecem, 6% poderiam votar e 1% votariam com certeza. Quem não respondeu soma 33%.

Flávio Frical possui 29% de rejeição. Já quem diz que poderia votar no empresário são 15% e quem votaria com certeza 14%. Dez por cento não o conhece. Não souberam ou não quiseram responder 32%.

Kalil Baracat é o candidato com menor rejeição em Várzea Grande reunindo 21%. Os entrevistados que poderiam votar no emedebista são 16%. Votariam com certeza 28% e apenas 4% disseram que o não conhece. Não souberam ou não quiseram responder somaram 31%.

Veja Também  Emanuel Pinheiro explica vídeo e ex-assessor denuncia armação do ex-governador Silval

Gazeta Dados

Pesquisa Prefeitura de VG Rejeição

Sobre a pesquisa

O intervalo de confiança é de 95%. Ou seja, se fossem realizadas 100 pesquisas, em 95 delas os resultados estariam iguais a este, dentro da margem de erro estipulada, que é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número MT-06855/2020.

Comentários Facebook

Política

Fávaro quer esconder sua aliança com o PT, afirma Leitão

Kayan Henrique

Publicado

Fávaro quer esconder sua aliança com o PT, afirma Leitão

Candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB) observa a falta de nexo em quem diz apoiar Jair Bolsonaro, mas que vem de um partido cuja principal aliança é o Partido dos Trabalhadores (PT). Amigo íntimo de Lula e de Dilma Rousseff, Gilberto Kassab, fundador e presidente do PSD, apoiou a campanha de Carlos Fávaro ao Senado em 2018 e continua a fazê-lo em 2020. Além disso, a forte ligação entre o partido de esquerda e Fávaro ficou ainda mais evidente ao contratar o ex-ministro de Rousseff, José Eduardo Cardozo, para cassar o mandato de Selma Arruda (na época, do PSL).

A manobra foi liderada por Fávaro, que, nas eleições passadas, tinha ficado em terceiro lugar na disputa pelas duas vagas abertas em 2018. Ao lado de Cardozo, ex-ministro da Justiça e advogado de Dilma durante o processo de impeachment, ele arquitetou a retirada de Selma Arruda do Senado. Nilson aponta o que ajudou a construir sua carreira política, porém reconhece que Carlos Fávaro só tem um lado na política, o dele.

Veja Também  Politec de Água Boa enfrenta dificuldades para execução dos trabalhos

“Para isso, ele faz qualquer tipo de coisa, ele se envolve com qualquer tipo de gente, ele abandona qualquer um para não se sacrificar. Para tentar pegar o cargo, vimos ele contratando um advogado petista a peso de ouro. O único que importa, para ele, é ele mesmo. Eu conheço Carlos Fávaro e a ética não faz parte de seu vocabulário”, ressaltou o tucano.

Outro ponto em comum com os petistas foi revelado quando a esposa de Ivan Guimarães, Márcia Zampiron, foi encontrada trabalhando como assessora no gabinete de Carlos Fávaro. Ela, que tinha sido alvo da Polícia Federal na “Operação E$quema S”, escancarou o elo do parlamentar mato-grossense com o alto escalão do PT. Seu marido, conhecido como “Ivan, O Terrível”, manteve longa amizade com José Dirceu, Delúbio Soares, Patrus Ananias e Waldomiro Diniz. Ele também foi presidente do Banco Popular no governo Lula e membro da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

A pandemia de coronavírus também foi um dos responsáveis pela sobrevida política do substituto. Assim, o senador-tampão coloca em prática, desde então, um projeto de governo que não foi escolhido e aprovado pelo voto popular. “O cargo de Senador é um cargo que ele ocupa de forma ilegítima”, concluiu Leitão.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Pesquisa aponta liderança de Kalil com 54,8% em Várzea Grande

Abdalla Zarour

Publicado

Assessoria

O candidato Kalil Baracat (MDB) lidera a corrida pela Prefeitura de Várzea Grande. Pesquisa do Instituto Avaliar divulgada nesta sexta-feira (30.10) mostra o candidato do MDB com 54,8% dos votos válidos.

Em segundo aparece o candidato Flávio Frical (PSB), com 25,9% dos votos válidos.

Emanuelzinho (PTB) é o terceiro com 15,8% e, Miltão (Psol), tem 3,5%.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes de todos os candidatos são apresentados ao eleitor, Kalil aparece com 37,3% das intenções de voto. Nessa modalidade, Flávio Frical tem 17,6%; Emanuelzinho tem 10,7%; e Miltão tem 2,9%.

Outros 15,3% dos eleitores entrevistados disseram que votariam em branco, nulo ou nenhum; e 16,7% não souberam ou não opinaram.

Espontânea

Kalil também lidera na pesquisa espontânea, quando o entrevistador não apresenta a lista dos candidatos.

Nessa modalidade, Kalil tem 24,5%; Flávil Frical tem 12,6%; Emanuelzinho tem 6,5%; e Miltão tem 1,4%.

Do total de entrevistados, 0,4% disseram que votariam em outros candidatos; 16,3% votariam em nulo, branco ou nenhum; e 38,3% não souberam ou não opinaram.

Veja Também  Pesquisa aponta liderança de Kalil com 54,8% em Várzea Grande

A pesquisa

O Instituto Avaliar entrevistou 680 eleitores em Várzea Grande no período de 26 a 28 de outubro.

A margem de erro é de 3,75 pontos percentuais para mais ou para menos. E o nível de confiança é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número: MT-01549/2020.

Pesquisa Avaliar VG - 301020

Pesquisa Avaliar VG - 301020

Pesquisa Avaliar VG - 301020

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana