conecte-se conosco


Mato Grosso

Municípios do Nortão sofrem com quedas de energia elétrica em meio à onda de calor, Candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB), em viagem pelo interior do estado, observou que o principal fator responsável pelo problema é que a produção local não consegue suprir a alta demanda.  

Publicado

Cuiabá

Municípios do Nortão sofrem com quedas de energia elétrica em meio à onda de calor

 

Em meio à onda de calor histórica, municípios do Norte de Mato Grosso sofrem, nos últimos dias, com a queda de energia constante, o que atrapalha desde tarefas simples até o fornecimento de água. Candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB), em viagem pelo interior do estado, observou que o principal fator responsável pelo problema é que a produção local não consegue suprir a alta demanda.

 


De acordo com Nilson, os dois combustíveis essenciais no desenvolvimento de um país são a indústria e a agricultura. Para dar conta da produção, no entanto, é necessário contar com um sistema que distribua a energia elétrica com eficácia. Ele relembra que até o começo do século Mato Grosso sofria com a falta de abastecimento energético, e, apesar dos grandes investimentos, ainda é preciso tratar a questão com prioridade.

 

“O Nortão nasceu sem energia, sofreu sem energia até praticamente o ano de 2000, quando Dante de Oliveira complementou o trabalho que Jayme Campos iniciou. Aqui a energia era obtida por gerador, muito precária, até a chegada da Usina do Manso. Mas o problema é que ela só leva a energia para fora. A energia que produzimos aqui não fica aqui, os royalties não ficam aqui. Ela é gerada, mas vai para o sudeste. O lucro disso é muito pouco e precisamos inverter isso”, afirma.

Veja Também  Dívidas devem aumentar com encarecimento de gás e energia, diz estudo

 

Segundo Leitão, a qualidade da energia é comprometida devido ao desenvolvimento do estado. “São mais indústrias abrindo, a tecnologia no campo aumenta, precisamos cada vez mais de energia, de quantidade, para poder fazer funcionar tudo isso. Essa é a grande necessidade e estamos na região mais rica para produzir energia limpa, porque o Mato Grosso é o segundo estado mais rico hidricamente. Com mais quantidade de água, de rios, de todo o Brasil”, diz.

 

Para o candidato, a saída é manter o alto nível no fornecimento de energia elétrica. “Mato Grosso já foi importador de energia e hoje é exportador, graças aos investimentos realizados. O que precisamos é não deixar cair a qualidade”, finaliza.

Comentários Facebook

Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá faz concessão de terreno para construção da nova sede da AACC

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro assinou, na tarde desta segunda-feira (21), a concessão de um terreno para a construção da nova sede da Associação de Amigos da Criança com Câncer de Mato Grosso (AACC). As melhores condições no atendimento das crianças com câncer é uma causa defendida pela primeira-dama, Márcia Pinheiro. A área concedida é de 4.475 m² e fica no bairro Centro América. O prazo de validade da concessão é de 20 anos, prorrogáveis por igual período. Atualmente, a AACC atende cerca de 450 crianças por mês vindas de várias cidades do estado e de outros países.

“Este é o documento que assino com a maior convicção que estamos fazendo o bem e cuidando de quem não tem condições. É um ato marcante para a solidariedade com as pessoas que estão passando por um momento tão difícil com seus filhos”, enfatizou o prefeito. A primeira-dama,  Márcia Pinheiro, ressaltou a preocupação da gestão no cuidar das pessoas. “Trabalhamos pautados pela humanização. É uma administração que trabalha para salvar e proteger vidas, que tem como marcas o carinho e o respeito aos cidadãos”, definiu.

Veja Também  O que se sabe sobre o paradeiro de Carlos Wizard, investigado pela CPI da Covid

O presidente da AACC, Claudemir Ferreira da Silva, disse que com a nova sede, a capacidade de atendimento vai duplicar, além de construir espaços que hoje não é possível ter na unidade, por falta de espaço.

“Esse terreno é um novo marco para a instituição. É uma luta de 15 nos. Serão novos desafios, mas são desafios que trarão muitos benefícios para nossas crianças. Poderemos ampliar o atendimento e os serviços que são oferecidos à comunidade. É uma área ampla onde a gente vai poder contemplar outros departamentos que hoje não temos a oferecer dentro da instituição”, destacou o presidente.

Ainda segundo Claudemir, além dos pacientes vindos de vários municípios do estado, a unidade recebe também pessoas vindas de outros países, a exemplo da Bolívia e Paraguai.

“Hoje temos 10 apartamentos e comportamos 20 famílias, o paciente com seu acompanhante. O nosso objetivo é dobrar a capacidade, ou seja, serão 20 famílias, no total de 40 pessoas. Hoje não temos ala de isolamento, área verde, auditório, espaço lúdico, dentre outros, que são ambientes importantes para as famílias afim de tirar o foco da doença. Mas com esta nova sede, vamos contemplar estes espaços”, frisou.

Veja Também  Câmara aprova 17 emendas do Senado à MP da Eletrobras; acompanhe

A assinatura do termo de concessão foi realizada na sede do Palácio Alencastro e contou com a presença do deputado federal, Carlos Bezerra, o secretário-adjunto de Governo, Wilton Coelho e dos vereadores, Mário Nadaf e Marcrean dos Santos.

A lei que concedeu a área para a AACC é a de Nº 6.684, de 10 junho de 2021. Após a publicação, que deve ser feita nesta terça-feira (22), no Diário Oficial dos Municípios, a direção da instituição dará início ao projeto de edificação.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Após recebimento de nova remessa, Cuiabá retoma vacinação da segunda dose da Coronavac

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

A segunda dose da vacina Coronavac começou a ser aplicada nesta segunda-feira (21), em Cuiabá. A aplicação do imunizante estava suspensa por atraso no envio pelo Governo Federal. A população cuiabana, que tomou a primeira dose da Coronavac, já pode verificar o cadastro no site Vacina Cuiabá, pois os agendamentos com o dia, local e horário que devem comparecer para serem imunizados, já foram gerados.

Na capital, são cinco polos de vacinação, Senai Porto, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Sesi Papa, Sesc Balneário e Assembleia Legislativa. As pessoas devem imprimir o QR Code da segunda dose e levar quando forem se vacinar.

Em Cuiabá, até o momento, já foram aplicadas 257.239 mil doses, sendo 193.760 mil de primeira dose e 63.79 mil de segunda dose. Os dados são do Localiza Sus, sistema do Governo Federal que contabiliza as imunizações realizada em todo o país.

A Prefeitura de Cuiabá abriu na última quarta-feira (16), o cadastro na campanha Vacina Cuiabá para pessoas sem comorbidades de 50, 51 e 52 anos. Também foi aberto o cadastro para pessoas de 53 e 54 anos, além de grávidas e puérperas sem comorbidades (com encaminhamento médico), a partir de 18 anos, que já começaram a ser imunizadas.

Cadastro

Para se cadastrar, é necessário entrar no site vacina.cuiaba.mt.gov.br e preencher todos os campos obrigatórios. Deste modo, a pessoa entrará em uma fila de espera virtual.  Quando ela for agendada, o sistema do site enviará uma mensagem de WhatsApp automática e/ou um e-mail para a pessoa informando que ela já está confirmada para ir tomar sua vacina. No dia da vacinação, a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá. A pessoa também deve estar com o cartão do SUS atualizado.

 

Comentários Facebook
Veja Também  Lira nega que haja "jabutis" na MP da Eletrobras
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana