conecte-se conosco


Internacional

Portugal amplia medidas até meados de outubro para combater covid-19

Publicado

Internacional


.

Portugal ampliou as medidas para conter a pandemia do novo coronavírus no mínimo até meados de outubro, anunciou o governo nessa quinta-feira (24), no momento em que um aumento do número de casos diários continua a preocupar autoridades.

No dia 15 de setembro, todo o país foi submetido a um estado de contingência que vigorará até 14 de outubro, o que significa que as reuniões continuam a ser limitadas a dez pessoas, e os estabelecimentos comerciais precisam fechar entre as 20h e as 23h.

Portugal, que já registrou 71.156 casos até agora, foi elogiado inicialmente por sua reação à pandemia. Agora os casos voltaram a subir, e a autoridade de saúde relatou 802 casos na quarta-feira (23), um dos piores dias desde o início da pandemia.

“O número de casos vem crescendo há cerca de cinco semanas”, disse a titular da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva, em entrevista coletiva coletiva, acrescentando que o governo reavaliará a situação em duas semanas.

O governo também decidiu ampliar a proibição de festivais e eventos semelhantes até o fim do ano.

Veja Também  EUA: debate mais moderado revela diferentes visões do mundo

O aumentos dos casos do novo coronavírus em Portugal, uma nação de pouco mais de 10 milhões de habitantes, levou vários países europeus a estabelecer restrições de viagem e alertas que prejudicam a economia, dependente do turismo.

Ainda nessa quinta-feira, a Alemanha acrescentou a grande Lisboa, que concentra a maioria dos casos de covid-19, a uma lista de destinos para os quais desaconselhou viagens.

Comentários Facebook

Internacional

Europa se torna segunda região a ter 250 mil mortes por covid-19

Avatar

Publicado


A Europa se tornou a segunda região do mundo, depois da América Latina, a superar a marca de 250 mil mortos pela covid-19 neste sábado (24), de acordo com uma contagem da Reuters, com números recordes de infecções pela doença sendo registrados nas últimas duas semanas.

A Europa registrou 200 mil infecções diárias pela primeira vez na quinta-feira (22), com muitos países do sul do continente registrando nesta semana seus maiores números de casos diários.

A Europa responde por quase 19% das mortes por covid-19 em todo o mundo e por cerca de 22% do número de casos, de acordo com a contagem da Reuters.

Reino Unido, Itália, França, Rússia, Bélgica e Espanha respondem por quase dois terços das cerca de 250 mil mortes registradas até agora de um total de 8 milhões de casos em toda a Europa.

O Reino Unido lidera o continente em número de mortes pela doença com 45 mil, seguido de Itália, Espanha, França e Rússia. Na quinta-feira (22) o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que seu país não pode depender de uma vacina e que terá de adotar outras medidas para frear a pandemia.

Veja Também  Anticorpos contra covid-19 duram pelo menos sete meses, mostra estudo

Comentários Facebook
Continue lendo

Internacional

Trump vota na Flórida e Biden vai à Pensilvânia

Avatar

Publicado


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, votou em seu novo domicílio eleitoral na Flórida neste sábado (24) antes de novamente sair em campanha para comícios em três estados cruciais na eleição presidencial norte-americana, e se juntou a mais de 54 milhões de norte-americanos que votaram antecipadamente, um recorde antes do pleito de 3 de novembro.

Trump votou em uma biblioteca em West Palm Beach, perto de sua propriedade em Mar-a-Lago, depois de alterar sua residência permanente e domicílio eleitoral no ano passado de Nova York para a Flórida, um estado no qual ele precisa vencer para conseguir a reeleição.

“Eu votei em um cara chamado Trump”, disse ele a jornalistas após depositar seu voto na urna.

Seu rival na disputa, o democrata Joe Biden, e sua esposa, Jill, também saíram em campanha neste sábado (24), viajando para o estado-chave da Pensilvânia para dois eventos. 

O ex-presidente Barack Obama fará campanha para Biden na Flórida, fazendo sua segunda aparição pública na campanha de seu ex-vice-presidente depois de uma parada na Pensilvânia na quarta-feira (22).

Veja Também  Anticorpos contra covid-19 duram pelo menos sete meses, mostra estudo

A 10 dias da eleição, cerca de 54,2 milhões de norte-americanos já votaram, número que pode levar ao maior comparecimento às urnas em mais de um século, de acordo com dados do U.S. Elections Project.

A pressa em votar aponta para um grande interesse na disputa entre Biden e Trump e também para preocupações em evitar locais de votações lotados no dia da eleição e reduzir o risco de exposição ao coronavírus, que já matou mais de 224 mil pessoas nos EUA.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana