conecte-se conosco


Policial

Policiais militares resgatam cadela e prende mulher por maus- tratos aos animais

Publicado

Policial


.

Em Barra do Garças, a Polícia Militar prendeu na manhã desta quinta-feira (24.09) uma mulher de 46 anos por maus-tratos a um filhote de cachorro. Após ser denunciada, a suspeita confessou que a cadelinha estava doente e que tentou asfixiar o animal com uma enxada para matá-lo. A cadela foi resgatada e está sob cuidados veterinários. 

Por volta das 9h30, a polícia foi chamada via 190 por moradores do bairro Jardim Pitaluga, que denunciaram que uma vizinha estava maltratando uma cadela. Os policiais foram até o local e os denunciantes contaram que ouviram gritos de um cachorro sendo maltratado, que a situação vem sendo constante na residência da suspeita e que na data de hoje, flagrou a mulher tentando asfixiar o filhote de cadela com uma enxada sem cabo em cima de um sofá. A testemunha filmou o ato praticado de maus-tratos pela moradora e entregou os vídeos à polícia. 

A PM foi até a residência denunciada e encontrou a cadela visivelmente em estado ruim de saúde. A mulher foi presa e alegou que teria praticado tal ato porque o animal está doente e que sua família já teria gasto muito dinheiro na tentativa de recuperá-la, então ela mesma resolver por conta própria dar fim a vida do animal.

Veja Também  Dois suspeitos são presos em flagrante por homicídio ocorrido em zona rural de Jangada

A suspeita foi conduzida à delegacia. Os policiais militares encaminharam a filhote para uma clínica veterinária. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Policial

Policiais civis femininas participam de treinamento Prevenção e Reação à Violência Urbana

Avatar

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Seis policiais civis mulheres latadas em unidades da Capital participaram nesta semana de treinamento de Prevenção e Reação a Violência Urbana, ministrado pela equipe da Gerência de Operações Especiais (GOE). As policiais destacaram a importância da atuação da mulher na área de segurança, assim como prestigiaram a Campanha de prevenção ao câncer de mama Outubro Rosa.

A capacitação foi realizada com 20 horas/aula foi realizada na segunda e terça-feira (19.20) contando com a participação das policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, Gerência Estadual de Polinter e Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

O curso de Prevenção e Reação a Violência Urbana, ministrado pela GOE, tem como objetivo alertar os policiais para os riscos quando estão descaracterizados, seja nos momentos de folga ou até mesmo em serviço. Com ações voltadas à precaução e prudência, visando evitar o perigo e resguardar a integridade física do profissional.

Uma das propostas trabalhadas é o desenvolvimento e aprimoramento da postura preventiva do policial contra a violência urbana. Além de aperfeiçoar as técnicas de tiro policial, focadas no combate aproximado nessas situações em que o policial estiver portando sua arma de forma velada.

Veja Também  Dupla é rendida quando abria rede de pesca predatória em Cuiabá

Como força de alertar as mulheres para a Campanha Outubro Rosa, as policiais vestiram a camisa rosa durante o treinamento.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Força Tática recaptura casal foragido da justiça em General Carneiro

Avatar

Publicado


Na segunda- feira (19), policiais da Força Tática recapturaram duas pessoas foragidas da justiça, em General Carneiro. Durante a abordagem, a PM constatou que a suspeita portava um  documento de identificação falso. 

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais receberam informações de que havia um carro Corolla em atitude suspeita saindo da cidade de Novo São Joaquim com destino a Barra do Garças.   

Equipes da Força Tática foram mobilizadas para checar a denúncia. Durante a diligência, os policiais identificaram o referido veículo nas proximidades do município General Carneiro. 

A polícia abordou o  homem de 33 anos e a mulher (28)  e foi constatado que a suspeita  portava um documento de identidade falso, em seu nome verdadeiro possui um mandado de prisão pelo crime de homicídio, artigo 121 do Código Penal. O homem possui contra ele um mandado de prisão expedido pela Comarca de Porto Alegre do Norte pelo crime de tráfico.

Os dois acusados foram levados para Polícia Civil de Barra do Garças.

Veja Também  Vigilante rende suspeito durante tentativa de furto a salão de beleza e aciona a PM

Serviço  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes

 
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana