conecte-se conosco


Esportes

Brasileiro Feminino: Palmeiras vence Santos, e Corinthians agradece

Publicado

Esportes


.

O Corinthians dependia de um tropeço do Santos, nesta quinta-feira (24), para assumir de vez a ponta da Série A1 (primeira divisão) do Brasileiro Feminino. O tropeço veio e, por ironia, com ajuda do maior rival corintiano. Na primeira vez atuando no Allianz Parque, o Palmeiras derrotou as Sereias da Vila por 2 a 1, de virada. Com as santistas estacionadas nos 24 pontos, o Timão (que foi a 27 na quarta-feira, ao superar o Iranduba, em Manaus, por 2 a 0) é o novo líder da competição.

O Santos abriu o placar aos 38 minutos, em penalidade cobrada pela atacante Larissa. Na etapa final, a centroavante Carla Nunes dominou na entrada da área, pela esquerda, cortou para dentro e bateu no ângulo, deixando tudo igual, aos 10 minutos. A virada veio aos 25, com Bianca. A atacante foi lançada na área, fez o giro e soltou a bomba, definindo a vitória das alviverdes, agora com 20 pontos em quinto lugar.

No outro clássico desta quinta-feira, o Internacional levou a melhor sobre o Grêmio, em Gravataí (RS). O gol da vitória por 1 a 0 saiu aos 10 minutos do primeiro tempo com a atacante Rafa Travalão. Ela aproveitou lançamento na pequena área e bateu na saída da goleira gremista. As Gurias Coloradas foram a 21 pontos, na terceira posição. As tricolores, paradas nos 18 pontos, caíram para sétimo.

Em Campinas (SP), o Avaí/Kindermann derrotou a Ponte Preta por 3 a 0. A atacante Catyellen, com uma bomba de fora da área, colocou as catarinenses em vantagem aos 42 minutos. Três minutos depois, após cobrança de escanteio, a atacante Lelê cabeceou no travessão, a bola rebateu na meia Tauane, na zagueira da Ponte, entrando no gol. Nos acréscimos do segundo tempo, a meia Suzana definiu o placar, que levou as visitantes aos mesmos 20 pontos do Palmeiras, ficando à frente pelo saldo de gols (22 a 10). A Ponte, zerada, é a lanterna.

Veja Também  Grêmio estreia na Copa do Brasil com pé direito e vence do Juventude

Confira a classificação da Série A1 do Brasileiro Feminino.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook

Esportes

Pedro do Flamengo e Brenner do São Paulo são os jogadores mais eficientes do Brasil

Avatar

Publicado


Brenner, do São Paulo, e Pedro, do Flamengo, são líder e vice-líder, respectivamente, no quesito. O atacante do Tricolor paulista tem 13 gols na temporada e precisa de 89 minutos para fazer um gol. O flamenguista, por sua vez, tem 17 gols e precisa de 100 minutos para marcar.

1 de 1
Pedro, do Flamengo, e Brenner, do São Paulo — Foto: Editoria de arte

Quem mais se aproxima da dupla é Zé Love. O atacante do Brasiliense tem 14 gols no ano e precisa de 106 minutos em campo para fazer um gol.

Veja o top 10 do Brasil na tabela abaixo:

Jogadores mais efetivos de 2020 no futebol brasileiro

Jogador Gols em 2020 Jogos em 2020 Minutos * Minutos/gol
Brenner (São Paulo) 13 22 1159 89
Pedro (Flamengo) 17 34 1701 100
Zé Love (Brasiliense) 14 21 1479 106
Marinho (Santos) 16 23 1790 112
Paulo Sérgio (CSA) 20 29 2246 112
Thiago Orobó (Ponte Preta) 15 30 1701 113
Nunes (Gama) 18 24 2065 115
Galhardo (Internacional) 20 37 2309 115
Edu (Brusque) 12 17 1436 120
Guerrero (Internacional) 10 15 1267 127

  Líder do Campeonato Brasileiro faz treino intenso para confronto contra Vasco

Veja Também  Grêmio estreia na Copa do Brasil com pé direito e vence do Juventude

Brenner, 20 anos, e Pedro, 23 anos, vivem momentos muito parecidos na temporada. Os jovens atacantes se tornaram os pilares de suas equipes e comandam o setor ofensivo mesmo com a pouca idade.

Nos últimos dez jogos da dupla, eles mantêm uma boa média de gols. O jogador do São Paulo fez nove gols no período. Já o atacante do Flamengo deixou sua marca em oito ocasiões.

Outra semelhança entre os jogadores diz respeito à condição de titular. Tanto Brenner quanto Pedro não iniciaram a temporada na equipe principal e conquistaram a condição recentemente.

O são-paulino, por exemplo, passou a ser nome certo na escalação de Fernando Diniz há sete partidas. Antes disso, ele entrava no segundo tempo como a esperança de um gol salvador, geralmente. E correspondia.

Já Pedro conquistou de vez a vaga no ataque titular do Flamengo há 11 jogos, após a lesão no tornozelo de Gabigol. No Campeonato Carioca, ele recebeu oportunidades como titular e também correspondeu.

  Equipe que tem o melhor ataque e a que tem a 2ª melhor defesa se confrontam nesta quarta

Veja Também  Palmeiras vence o Bragantino de 3 a 1 na primeira etapa da Copa do Brasil

No domingo, Brenner e Pedro esperam aumentar suas médias de gols por minuto para ajudar suas equipes na briga pela liderança do Brasileirão. Com 35 pontos, o Flamengo é o vice-líder, empatado com o líder Internacional (perde no saldo de gols: 15 a 11). O São Paulo é o quinto, com 27 pontos ganhos, mas com três jogos a menos.

 

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Luiz Felipe supera lesões e tem nova chance de recuperar espaço no Santos

Avatar

Publicado


Luiz Felipe entrou no segundo tempo do empate em 0 a 0 com o Ceará, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, por causa da expulsão de Lucas Veríssimo.

Agora, o zagueiro deve ser utilizado novamente contra o Bahia, domingo, às 18h15 (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro, e na partida de volta diante do Ceará, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na próxima quarta.

Diante do Bahia, o técnico Cuca não contará com Luan Peres, punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Já contra o Ceará, Lucas Veríssimo não estará à disposição por causa da expulsão no jogo de ida. Por isso, Luiz Felipe tem espaço para voltar a chamar atenção no Santos em 2020.

Na atual temporada, o zagueiro entrou em campo 13 vezes, mas uma grave lesão muscular atrapalhou os planos nos últimos meses. No início de agosto, Luiz Felipe teve uma avulsão do tendão do adutor esquerdo – quando o músculo solta do osso.

  Santos vence Delfin de 2 a 1 e segue líder do Grupo G

Veja Também  Flamengo encerra preparação para pegar o Athletico

O problema muscular fez Luiz Felipe ficar fora de combate até o início de outubro, quando entrou em campo contra o Corinthians, fora de casa.

Depois, com a chegada de Laércio, Luiz Felipe perdeu espaço e deixou de ser a substituição imediata na zaga do Santos. Como o recém-contratado não pode entrar em campo na Copa do Brasil, por já ter defendido o Caxias, porém, o zagueiro voltou a ganhar espaço com Cuca.

Agora, nos próximos dias, Luiz Felipe pode voltar a ter uma sequência de três jogos em campo, o que só aconteceu no início de 2020, quando atuou em oito partidas seguidas. Depois, o máximo que teve foram duas.

2 de 2
— Foto: Divulgação

 

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana