conecte-se conosco


Esportes

Bayern de Munique conquista Supercopa da Europa

Publicado

Esportes


.

O Bayern de Munique (Alemanha) conquistou a Supercopa da Europa nesta quinta (24) após derrotar o Sevilla (Espanha) por 2 a 1 em partida realizada na Puskas Arena, em Budapeste (Hungria).

A competição, que coloca frente a frente o campeão da Liga dos Campeões (Bayern) e o vencedor da Liga Europa (Sevilla) foi o primeiro evento esportivo organizado pela Uefa desde o início da pandemia do novo coronavírus (covid-19) que contou com a presença de público.

Segundo a Uefa, a presença de torcedores foi limitada a 30% da capacidade do estádio, ou seja, pouco mais de 20 mil pessoas. Assim, o jogo funcionou como teste para a entidade, que tenta viabilizar a volta do público aos torneios por ela realizados.

Empate nos 90 minutos

O jogo começou com as equipes se estudando muito. O Bayern mantinha mais a posse de bola, enquanto o Sevilla se fechava bem atrás, obrigando a equipe alemã a arriscar lançamentos longos.

A partida começou a ficar mais animada aos 10 minutos, quando o meia croata Ivan Rakitic (que reestreava na equipe espanhola após longa passagem pelo Barcelona) foi derrubado dentro da área por Alaba. Pênalti, que o argentino Lucas Ocampos cobrou, com categoria, para abrir o marcador.

A partir daí o time alemão assume o controle da partida, e começa a bombardear a meta adversária em busca do gol do empate. E, de tanto tentar, consegue aos 33 minutos, quando Müller manda de trivela para Lewandowski, que faz o pivô para o meia Goretzka chegar batendo de primeira.

Na etapa final a dinâmica permaneceu muito parecida, o Sevilla se fechava atrás, enquanto o Bayern esperava as melhores oportunidades para chegar ao gol da vitória.

Veja Também  Botafogo segue a procura de um novo treinador e reforços de jogadores

O time alemão chegou a marcar com o polonês Lewandowski, aos 5, e com o alemão Sané, aos 17, mas os dois gols foram anulados por irregularidades.

Já a equipe espanhola se dedicou à defesa, tendo uma chance cristalina aos 41 minutos, quando o marroquino En-Nesyri aproveita vacilo dos jogadores do Bayern para avançar sozinho, em contra-ataque, e finalizar com liberdade. Porém, o goleiro alemão Neuer faz grande defesa para segurar a igualdade até o final dos 90 minutos, o que levou a partida para o tempo extra.

Gol decisivo na prorrogação

E logo no primeiro minuto da prorrogação Neuer volta a aparecer novamente com uma grande defesa, quando En-Nesyri puxa contra-ataque, chuta e o goleiro alemão defende com o pé para evitar o gol.

Porém, foi apenas um susto, pois o Bayern conseguiu garantir a vitória aos 13 minutos do primeiro tempo da prorrogação. Alaba chuta para defesa parcial do goleiro Bono, e o espanhol Javi Martínez cabeceia com categoria para fazer 2 a 1.

Com esta conquista, o Bayern vence pela segunda vez a Supercopa da Europa, após o triunfo de 2013.

Veja Também  Grêmio estreia na Copa do Brasil com pé direito e vence do Juventude

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook

Esportes

Pedro do Flamengo e Brenner do São Paulo são os jogadores mais eficientes do Brasil

Avatar

Publicado


Brenner, do São Paulo, e Pedro, do Flamengo, são líder e vice-líder, respectivamente, no quesito. O atacante do Tricolor paulista tem 13 gols na temporada e precisa de 89 minutos para fazer um gol. O flamenguista, por sua vez, tem 17 gols e precisa de 100 minutos para marcar.

1 de 1
Pedro, do Flamengo, e Brenner, do São Paulo — Foto: Editoria de arte

Quem mais se aproxima da dupla é Zé Love. O atacante do Brasiliense tem 14 gols no ano e precisa de 106 minutos em campo para fazer um gol.

Veja o top 10 do Brasil na tabela abaixo:

Jogadores mais efetivos de 2020 no futebol brasileiro

Jogador Gols em 2020 Jogos em 2020 Minutos * Minutos/gol
Brenner (São Paulo) 13 22 1159 89
Pedro (Flamengo) 17 34 1701 100
Zé Love (Brasiliense) 14 21 1479 106
Marinho (Santos) 16 23 1790 112
Paulo Sérgio (CSA) 20 29 2246 112
Thiago Orobó (Ponte Preta) 15 30 1701 113
Nunes (Gama) 18 24 2065 115
Galhardo (Internacional) 20 37 2309 115
Edu (Brusque) 12 17 1436 120
Guerrero (Internacional) 10 15 1267 127

  Líder do Campeonato Brasileiro faz treino intenso para confronto contra Vasco

Veja Também  Botafogo segue a procura de um novo treinador e reforços de jogadores

Brenner, 20 anos, e Pedro, 23 anos, vivem momentos muito parecidos na temporada. Os jovens atacantes se tornaram os pilares de suas equipes e comandam o setor ofensivo mesmo com a pouca idade.

Nos últimos dez jogos da dupla, eles mantêm uma boa média de gols. O jogador do São Paulo fez nove gols no período. Já o atacante do Flamengo deixou sua marca em oito ocasiões.

Outra semelhança entre os jogadores diz respeito à condição de titular. Tanto Brenner quanto Pedro não iniciaram a temporada na equipe principal e conquistaram a condição recentemente.

O são-paulino, por exemplo, passou a ser nome certo na escalação de Fernando Diniz há sete partidas. Antes disso, ele entrava no segundo tempo como a esperança de um gol salvador, geralmente. E correspondia.

Já Pedro conquistou de vez a vaga no ataque titular do Flamengo há 11 jogos, após a lesão no tornozelo de Gabigol. No Campeonato Carioca, ele recebeu oportunidades como titular e também correspondeu.

  Equipe que tem o melhor ataque e a que tem a 2ª melhor defesa se confrontam nesta quarta

Veja Também  Cogitado a ser principal defesa do Corinthians, Jemerson não joga desde janeiro

No domingo, Brenner e Pedro esperam aumentar suas médias de gols por minuto para ajudar suas equipes na briga pela liderança do Brasileirão. Com 35 pontos, o Flamengo é o vice-líder, empatado com o líder Internacional (perde no saldo de gols: 15 a 11). O São Paulo é o quinto, com 27 pontos ganhos, mas com três jogos a menos.

 

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Luiz Felipe supera lesões e tem nova chance de recuperar espaço no Santos

Avatar

Publicado


Luiz Felipe entrou no segundo tempo do empate em 0 a 0 com o Ceará, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, por causa da expulsão de Lucas Veríssimo.

Agora, o zagueiro deve ser utilizado novamente contra o Bahia, domingo, às 18h15 (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro, e na partida de volta diante do Ceará, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na próxima quarta.

Diante do Bahia, o técnico Cuca não contará com Luan Peres, punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Já contra o Ceará, Lucas Veríssimo não estará à disposição por causa da expulsão no jogo de ida. Por isso, Luiz Felipe tem espaço para voltar a chamar atenção no Santos em 2020.

Na atual temporada, o zagueiro entrou em campo 13 vezes, mas uma grave lesão muscular atrapalhou os planos nos últimos meses. No início de agosto, Luiz Felipe teve uma avulsão do tendão do adutor esquerdo – quando o músculo solta do osso.

  Santos vence Delfin de 2 a 1 e segue líder do Grupo G

Veja Também  Felipão comanda seu primeiro treino pelo Cruzeiro

O problema muscular fez Luiz Felipe ficar fora de combate até o início de outubro, quando entrou em campo contra o Corinthians, fora de casa.

Depois, com a chegada de Laércio, Luiz Felipe perdeu espaço e deixou de ser a substituição imediata na zaga do Santos. Como o recém-contratado não pode entrar em campo na Copa do Brasil, por já ter defendido o Caxias, porém, o zagueiro voltou a ganhar espaço com Cuca.

Agora, nos próximos dias, Luiz Felipe pode voltar a ter uma sequência de três jogos em campo, o que só aconteceu no início de 2020, quando atuou em oito partidas seguidas. Depois, o máximo que teve foram duas.

2 de 2
— Foto: Divulgação

 

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana