conecte-se conosco


Carros

Veja 5 seminovos de presença que vão até R$ 45 mil

Publicado

Carros


source

Segundo o educador financeiro Ricardo Pereira, o brasileiro não é apaixonado por carros, mas sim pelo status. As pessoas estão dispostas a desembolsar tudo que têm – ou não – para ter o automóvel dos sonhos e chamar muita atenção na rua. Não à toa, o endividamento por conta de automóveis saltou 39% em 2018, na comparação com o ano anterior.

Mas quem acha que é preciso gastar muito para ficar “bem na fita” com um carro que chama atenção, está enganado. Partindo disso, a reportagem do iG Carros preparou uma lista com 5 modelos exclusivos, estilosos e baratos que podem ser encontrados no mercado de seminovos . Acompanhe.

1 – Fiat Punto Blackmotion 1.8 2016 – entre R$ 29 mil e R$ 35 mil

Fiat Punto Blackmotion
Divulgação

Fiat Punto Blackmotion fez sucesso entre os mais jovens; destaque para teto-solar e rodas exclusivas

A Fiat investiu pesado na linha Blackmotion na metade da última década. O Punto ganhou uma cara mais sofisticada, com inserções escurecidas por toda a carroceria. Por conta dos para-choques e saias laterais mais protuberantes, o modelo passa a impressão de ser um veículo rebaixado.

Para completar o visual arrojado, o modelo ainda contava com teto-solar elétrico bi-tela nas versões mais caras. O Punto Blackmotion tem motor 1.8 de 132 cv de potência e 18,9 kgfm de torque. Recomendamos a compra do modelo manual, uma vez que o sistema automatizado da Fiat ficava devendo no conforto.

Veja Também  Fugir do local do acidente é crime de trânsito e pode dar prisão, decide STF

2 – VW Fox Pepper 1.6 2017 – a partir de R$ 35 mil

Volkswagen Fox Pepper
Divulgação

Volkswagen Fox Pepper, a versão esportivada com cara de Golf GTI

Enquanto o Punto Blackmotion tem uma pegada mais sofisticada, o Fox Pepper tenta emular um esportivo. Ainda mais se você comprar uma unidade na cor branca, que leva o mesmo detalhe vermelho na grade frontal do Golf GTI.

A Volkswagen recheou o Fox Pepper com detalhes interessantes, como teto-solar elétrico, bancos em couro com costuras vermelhas e revestimento especial nas portas. As versões mais equipadas contam com assistente de partida em rampa, volante multifuncional e controle de estabilidade.

O Fox Pepper ainda traz o motor 1.6 MSI de 120 cv e 16,8 kgfm de torque acoplado ao moderno câmbio manual de seis velocidades. Um hatch estiloso e legal de dirigir.

3 – Ford Fiesta Sedan Titanium Plus 1.6 2016 – a partir de R$ 44 mil 

Ford New Fiesta Sedan
Divulgação

O Ford Fiesta Sedan foi importado do México e era mais sofisticado que o modelo nacional

Quando o Focus Fastback começou a ficar caro, a Ford decidiu dar um “upgrade” no Fiesta Sedan importado do México. O modelo recebeu itens como seis airbags, teto-solar, sensores de estacionamento e chave presencial. À época, o Fiesta Sedan Titanium Plus era caro, e seu valor estava bem próximo de um sedã médio. Com a desvalorização, o sonho é possível em 2020.

Veja Também  Fugir do local do acidente é crime de trânsito e motorista pode ser preso, decide STF

Abaixo do capô, o sedã da Ford ainda contava com o clássico motor 1.6 de 128 cv de potência e 16 kgfm de torque. O câmbio automatizado Powershift, de seis marchas, já havia passado por uma revisão para que os problemas fossem corrigidos. De fato, um sedã interessante. 

4 – Peugeot 208 Griffe 1.6 2016 – entre R$ 40 mil e R$ 45 mil

Peugeot 208
Divulgação

Peugeot 208 foi um dos modelos mais legais de sua época

O francês 208 Griffe é lembrado como um dos carros mais bonitos e sofisticados de sua época. Entre as soluções mais interessantes, destacamos o teto-solar panorâmico, o volante compacto com pegada esportiva e o cockpit que lembra um veículo esportivo.

O acabamento também chama atenção, utilizando plásticos de boa qualidade, imitação de aço escovado e detalhes em preto brilhante. Com certeza, seus passageiros irão elogiar a beleza do painel do 208. Seu motor 1.6 desenvolve 122 cv de potência e 16,4 kgfm de torque, com câmbio automático de quatro marchas.

5 – Hyundai HB20 R-Spec 1.6 2017 – entre R$ 40 mil e R$ 45 mil

Hyundai HB20 R-Spec
Divulgação

Hyundai HB20 R-Spec, o único com a bela tonalidade vermelho Chilli

Em 2017, a Hyundai já estava de olho no desenvolvimento da nova geração do HB20. Quando este momento chega na “vida” de um carro, é normal que a marca foque em equipá-lo ao máximo. Este é o caso do esportivo HB20 R-Spec.

O modelo contava com rodas exclusivas aro 15, pintura na cor vermelho Chilli, bancos de couro e central multimídia com TV digital. Abaixo do capô, encontramos o tradicional 1.6 de 128 cv de potência e 16,5 kgfm de torque, acoplado ao câmbio automático de seis velocidades.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros

Fugir do local do acidente é crime de trânsito e pode dar prisão, decide STF

Avatar

Publicado


source

Carro Esporte Clube

acidente
Thiago Ventura

Fugir do local do acidente é crime de trânsito e motorista pode ser preso, decide STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) reafirmou sua jurisprudência sobre a constitucionalidade do artigo 305 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que tipifica como crime a fuga do local do acidente. O motorista que comete essa infração está sujeito à multa e prisão de seis meses até um ano.

Por maioria de votos, o Plenário, na sessão virtual encerrada em 9/10, julgou procedente a Ação Declaratória de Constitucionalidade (ADC) 35. Prevaleceu o entendimento firmado no julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 971959, com repercussão geral (Tema 907), em que a Corte entendeu que a norma não viola a garantia de não autoincriminação .

Na ação, a Procuradoria-Geral da República (PGR) sustentava que Tribunais de Justiça de São Paulo, do Rio Grande do Sul, de Minas Gerais e de Santa Catarina, assim como o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, têm declarado a inconstitucionalidade do dispositivo, com o entendimento de que, ao tipificar como crime “afastar-se o condutor do veículo do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída”, ele terminaria por impor ao motorista a obrigação de colaborar com a produção de provas contra si, o que ofenderia os princípios constitucionais da ampla defesa e da não autoincriminação (artigo 5º, inciso LXIII, da Constituição Federal).

Veja Também  Fabricante inglesa revela roadster elétrico com design retrô

O ministro Edson Fachin abriu a corrente vencedora no julgamento. A seu ver, a evasão do local do acidente não constitui exercício do direito ao silêncio ou de não produzir prova contra si mesmo, direitos que limitam o Estado de impor a colaboração ativa do condutor do veículo envolvido no acidente para produção de provas que o prejudiquem. Segundo Fachin, a previsão do CTB está em consonância com o escopo da regra convencional de “aumentar a segurança nas rodovias mediante a adoção de regras uniformes de trânsito”.




Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

Nova geração do Citroën C3 aparece em registros no Brasil

Avatar

Publicado


source
Nova geração do CItroën C3
Divulgação

Nova geração do CItroën C3 ganha forma de “crossover”; veja os detalhes

A Citroën registrou a nova geração do C3 no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O modelo é cotado para ser produzido em Porto Real (RJ) sob a nova plataforma CMP, onde poderá originar uma nova família de veículos para a fabricante francesa. Esta é mesma plataforma da nova geração do Peugeot 208, que é feita na Argentina.

Em sua nova geração, o C3 ganha design inspirado no SUV médio C5 Aircross, que também é aguardado no Brasil. Os faróis dianteiros são mais estreitos, divididos em dois lustres, enquanto o destaque da traseira fica por conta das lanternas arredondadas. A mesma linguagem visual estará no facelift do Citroën C4 Cactus, que será lançado em meados de 2021.

O interior segue o mesmo design do SUV compacto, com central multimídia posicionada abaixo das saídas centrais do ar-condicionado. Ao menos na Europa, a Citroën disponibiliza muitas opções de acabamento interno, recurso que será mais escasso no Brasil.

A valorização do euro na comparação com as principais moedas sul-americanas fez a PSA manter o motor 1.6 aspirado de 116 cv na nova geração do 208. Este também deverá ser o propulsor da nova geração do Citroën C3, uma vez que outro conjunto mecânico mais moderno precisaria ser importado. 

Veja Também  Fabricante inglesa revela roadster elétrico com design retrô
Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana